quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

AVISO IMPORTANTE aos seguidores do BLOG " Cigana Aganara"

 
 
AVISO IMPORTANTE!
 
 
 
 
Salve Deus.
Meus irmãos e amigos. A cada dia vejo o número de seguidores diminuindo e fiquei muito preocupada, não pelo fato numérico, mas, pelo compromisso que tenho com esse trabalho.
Fui em busca de explicação e é a seguinte: desde 2012 foi extinto o Google frende connect, na época não cadastrei o Blog para não tirar a lista de seguidores pois me preocupei em não desagradar aos mesmos, alguns no Blog desde as primeiras postagens!Na verdadeo foram mais ou menos 60 seguidores!
Acontece que agora, os que se cadastram pelo sistema antigo estão sendo RETIRADOS  automaticamente da lista de seguidores pelo Google. Isso é constrangedor!
Então, meus irmãos, caso queiram continuar seguido o blog faça NOVO Cadastro agora usando a nova ferramenta do Google, caso não tenham interesse, deus lhe pague pelo tempo que me acompanhou nesta jornada! Mas, não sei se daqui há tempos terei que aderir ao novo sistema!
É certo que não pagarei hospedagem do BLOG então, certamente não poderei manter as fotos de vocês na página! mas, até lá vocês enfeitam e valorizam o Blog "Ciganaaganara" com suas fotos na lista de seguidores!
Paz e Luz.

SER OU NÃO SER. E a história que envolve esta Carta de Tia neiva.






Salve Deus.
 
Um Arcano contou essa história e achei muito interessante e passo a contá-la para vocês, e em seguida transcrevo a cartinha de Tia Neiva que é realmente muito bonita e profunda!
 
Esse Mestre Arcano conta que uma noite chegou na Casa grande, como sempre fazia, para conversar com Tia Neiva. Encontrou-a sentada na cadeira de balanço e logo que a cumprimentou, viu, no chão, um papel dobrado. Mostrou para tia Neiva que disse para pegar o papel e abrir. O Mestre, abriu o papel e disse á Tia que era uma cartinha das que ela sempre escrevi, a que eles chamavam de " Ser ou não Ser". Tia disse, senta aí, meu filho e leia pra mim essa cartinha, que é muito bonita.
O jaguar sentou-se e começou a ler. Minutos depois chegaram 3 ou 4 Arcanos, Adjuntos de Povo  e perguntaram o que estavam fazendo. Tia Neiva convidou-os a sentar e escutar a linda mensagem daquela carta. Mas, tão logo o Mestre reiniciou a leitura da cartinha me dos Arcanos disse á Tia que aquela carta já era "velha", Outro disse que tinha muito tempo que tia não trazia nada de novo e assim cada um foi fazendo suas críticas e, depois foram embora.
O Mestre, então, teve vontade de reagirdiante da expressão do rosto de Tia e do olhar que exprimia a tristeza que sentia naquele momento, mas se conteve.
 
 
Ser ou não ser.
 
 
Salve Deus.
 
meu filho jaguar.
 
No mudo dos espíritos, onde as visões se encontram sem paixões, sem teorias, há uma só filosofia: SER ou NÃO SER.
É o que acontece, meu filho, quando chegamos à nossa realidade. renunciamos ás paixões, nos libertamos dos falsos preconceitos. Sim, porque o que chamamos de "preconceito" é quando num ato impensado ou mesmo jogado pelas forças de nossos destinos cármicos, agimos fora da lei que impera a moral social e ferimos os sentimentos que pensam possuir aqueles que estão seguros pelo orgulho, arraigados em um quadro obsessivo, e que não sabem analisar ou não sabem amar ao próximo como a si mesmo.
Filho, quando te apegares a alguém, não te iludas e enm iludas a ninguém, sentindo-te imortal para anular a personalidade, pensando ter ou ser um amigo eterno. Lembra-te da escada fatal da evolução: o teu amigo ou o teu amor poderá se evoluir primeiro. Quando Deus te colocar diante de um grande amigo ou um grande amor, procura sempre acompanha-lo, para não perder de vista. Um homem só se liga a outro cpmp amigo ou como irmão quando descendem de uma só evolução. Assim, são, também, os casais de amantes e nossos filhos.
 
             Com carinho, a Mãe em Cristo
 
 
                                     Tia Neiva.

pagamento pela mediunidade: Você trabalha realmente de graça?-II- continuação








Salve Deus, jaguares e visitantes.
Paz e Luz em nossos corações. Paz no espírito e luz na mente!
 
 
Meus estimados anterior com o mesmo título, eu relatei um fato que me ocorreu e que fui levada, pela espiritualidade de Luz de Pai Benedito de Aruanda, mentor que sempre se apresenta para minhas orientações, sobre como eu, indiretamente estava me beneficiando indiretamente pela minha mediunidade, sem nem ao menos perceber. Isso porque sempre é fácil esquecer o ensinamento de Jesus " Vigiai e Orai! para não cairdes em tentação". E, Tia Neiva nos alerta que jamais devemos dar um passo sem consultar nossos mentores. O assunto é tão sério que Pai Benedito, espírito altivo e de aparência tão forte, mas, apesar disto tão dócil e agradável se mostrou muito enérgico e autoritário diante de minha falta. então fiquei dias e dias pensando sobre o ocorrido. Já tinha passado por situação semelhante no Astral, durante o sono, onde me ofereceeam muitas tentações e me foi até fácil recusar mas, jamais pensei nos meios que o Vale Negro busca para nos desencaminhar e são realmente muito sutis como disse o Adjunto. A pessoa que oferece algum presentinho ou vantagem também não o faz consciente, são apenas intuídas por Eles e não tem culpa alguma pois acreditam estar apenas cometendo um ato de agradecimento.
Na minha vida material, por um tempo, quando trabalhei junto ao Poder e contra o Poder jamais aceitei presentes nem regalias de qualquer das partes envolvidas, apesar de ter recebido muitos convites e oferecimentos. não recebia ne aceitava por que sabia que eu seria envolvida na corrupção e nas injustiças  meio. jamais imaginei que na vida espiritual fosse tal e qual.
Então, pensando no assunto, cheguei a algumas reflexões e passei a observar os demais médiuns, não para julgá-los, mas para compreender essa dinâmica do pagamento e suas nuances. As conclusões são minhas e não tem valor doutrinário. espero que você leia e faça sua própria reflexão.
Percebi que uma determinada Ninfa que gosta de muito de estar ao lado das pessoas, e, sempre que pode com elas faz amizade, da qual se beneficia de muitas foras: presentes, lanches e passeios. Mesmo sendo uma pessoas sem recursos, sempre "se dá bem".
E o que dizer daquele Doutrinador que é a sombra do Adjunto e faz tudo o que ele manda. Em troca recebe tratamento diferenciado, recebendo os "melhores" comandos, nos dias que se acham mais importantes, geralmente sendo o Orixá do dia?
Tem os médiuns que ganham presentes dos pacientes, agrados, muitos almoçam em casas onde os anfitriões gastam bastante dinheiro para agradá-los.
Outros tem garantida a carona de ida e de volta...
e o que dizer dos que se orgulham dos agradecimentos recebidos pelo seu trabalho.
Tudo é pagamento. Tudo é vantagem...
Isso não quer dizer que devemos jamais receber qualquer coisa ou atitude de outros que frequentam o Vale. Quer apenas dizer que devemos consultar a nossa consciência para percebermos quando podemos estar sendo enganados pelos Espíritos sem luz. Há situações que o presente ou o agrado não está relacionado com a atividade mediúnica, como por exemplo a comemoração de um aniversário, uma troca de presentes de final de ano, um almoço comemorativo de alguma data em que se é convidado ( casamento, batizado, aniversário, etc.)
É também uma situação complexa quando o  mimo vem de um outro médium. Devemos nos lembrar que muitos médiuns são apenas pacientes de uniforme 3, neste caso, se atendido nesta condição, seu presentinho seria uma forma de pagamento.
Lembremos Jesus no deserto. Satanás (denominação bíblica para o espírito do Vale Negro) procurou corrompe-lo de várias maneiras... mas ele não cedeu. Se Ele aceitasse ainda que um pedaço de pão estaria perdida a sua missão.
Consciência e responsabilidade.
Consciência para não agir sem refletir  e responsabilidade para negar o que pode nos fazer perder a nós a à nossa Doutrina, que prima por dar de graça o que de graça recebe.
Paz para todos;--.

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Pagamento pela mediunidade: Você trabalha realmente de graça?



Salve Deus, Meus irmãos

e Meus Mestres!


 
Jesus conosco.
 
 
Meus queridos, as coisas vão surgindo e acontecendo e o nosso espírito começa a vaguear, na tentativa de aprender e apreender, cada vez mais, o que buscamos para a nossa vida missionária e para a nossa evolução como espíritos a caminho de Deus. por isso a cada dia no vale do amanhecer vale como um curso para que aprendamos sempre mais sobre os 'mistérios" desta jornada!
Nossa Mãe mentora, Tia Neiva, sempre nos alertou para que buscássemos nossas próprias conquistas e para que não nos deixássemos enganar por ninguém (e nem por ela própria, se isso fosse possível!). mas, me ocorreu um fato que ficou remexendo em minha cabeça e me valeu uma profunda reflexão sobre o tema " dai de graça o que de graça recebestes". E, meus irmãos, como diria o trino Araken, nós somos "profissionais" e, como profissionais, se incorrermos em erros, não podemos alegar inocência por desconhecimento ou por ignorância!
Pois bem. muitos pacientes gostam muito de passar no Trono de minha Mentora, Vovó Catarina de Aruanda e, muitos confundem a médium com a Entidade, apesar de toda a diferença que existe entre as duas personalidades... mas, o certo é que, alguns querem agradar-me, como se eu tivesse algum mérito no que receberam no trono. Eu sempre brinco que, se dependessem de mim iriamos juntos para o buraco, porque sou meio descompensada e altamente incapacitada para resolver até meus próprios problemas sem a ajuda e orientação de meus mentores. de meu pai Simiromba e de minha Mãe mentora aos quais sempre peço ajuda, filha enjoada que sou, e sempre recebo, graças a deis. Pois bem, certo domingo, uma senhora que sempre conversa com a Vovó, satisfeita pelo que recebeu chegou com um embrulhinho e me entregou. ela me disse: " olha querida, não é presente, não! É que eu me lembrei de voc~e, que tanto me ajuda com sua vovó e comprei para lhe agradecer. olhei dentro do embrulho e eram mais ou menos uns 6 pares de brincos. cada um mais lindo do que o outro. inclusive, um dos brincos, por coincidência, ou não, eu estava namorando a um tempão sem poder comprar. Fiquei muito feliz e agradecida. Guardei os brincos e não pensei amis no assunto. uma outra paciente disse: " Semana que vem também vou lhe trazer um doce delicioso que fiz! Só vou arrumar na vasilha e trazer!" " não precisa, minha irmã. não se preocupe!".
Quando cheguei em casa, arrumei os brincos na caixinha, já me vendo usando-os (cigana aganara, já viu! Não pode ver brinco!).
de madrugada, vi pai Benedito de Aruanda, que chegou todo sorridente.
_ Salve Deus, filha. Que presente lindo você ganhou, hein?!
_ o Senhor viu? Fiquei muito feliz.
_ pois é, tá trabalhando direitinho. Semana passada o paciente lhe pagou um guaraná e semana que vem vai ganhar guloseimas! muito bem... muito bem...
olhei para Pai benedito e já deixei de gostar de tê-lo encontrado... seu olhar esta duro e seu rosto, muito sério apesar do riso que eu via em sua boca...
_ Fia, continua assim... daqui uns dias você vai pò sua banquinha e vai enricar!
_ cruz credo, pai benedito, o que é isso?
_ É assim que começa, fia... um tostão aqui, um tostão ali e o vale da sombra faz o resto.
Me apavorei. Me desesperei. Não pensava que uma simples gentileza dos pacientes eram pagamentos.
_ O que eu faço?
_ Devolve.
_ Meu Deus! Dona Graça vai ficar aborrecida comigo. o que vou fazer, meu Deus!
_ Isso, filha é com você. Você que arrumou o problema, você que conserte!
Passei a semana toda agoniada.
No domingo, arrumei os brincos da melhor maneira possível e levei ao templo. Quando a senhora chegou, chamei-a num cantinho e lhe devolvi os brincos, agradecendo mas disse que não poderia ficar.
Ela não entendeu e ficou muito chateada e achou que era uma desfeita.
_ Olha são bijuterias finas, mas posso trazer um de ouro!
_ Não, Não!!! pelo amor de Deus! não faça isso!!!
- Aceite, é de coração. Sua Vovó resolveu um problema muito grave pra mim, me alertou! Aceite!- falou tentando colocar os brincos na minha mão.
Aí fiquei firme e expliquei que no vale aprendemos que não podemos receber nem " muito obrigada" e que tive ordens para devolver o presente. Disse que se ela estivesse satisfeita com a Vovó que agradecesse a ela ou lhe fizesse uma oração, sei lá, mas, eu não poderia ficar com os brincos.
na confusão o Adjunto veio chegando e eu contei o que aconteceu sem entrar em detalhes e ele explicou para ela que eu estava agindo corretamente. Ela muito aborrecida disse:
_ Então dá pra alguém que você gosta! Dá de presente para outro você pode, não pode?- disse tentando enfiar o embrulho na minha mão;
_ Não senhora, não posso. me desculpa. E me afastei já vendo que pai benedito devia estar se divertindo de mias uma burrada de minha parte!
Depois contei ao adjunto o que sonhei com pai Benedito e disse que eu nunca pensei que isso seria um pagamento. ele me disse que o vale das sombras, o Vale Negro é assim mesmo sagaz e a gente nem percebe suas ações, até ficar todo comprometido!
pensei que aquele episódio foi para mexer com minha ganãncia, minha vaidade e ver que eu posso ganhar algo com meu trabalho espiritual.
Hoje esse post ficou muito extenso mas vou continuar o assunto conforme orientação de Pai benedito, com o mesmo título- parte 2. vale a pena ler... você vai se surpreender!
Paz e Luz.





quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

A história do milho e o Jaguar.

Salve Deus, meus irmãos e meus Mestres,]Deus conosco.
Esta historia foi-me contada há alguns dias e fiquei refletindo como ela retrata, muitas vezes, a nossa vida como missionários. E, meus caros, sugiro que falam também uma profunda reflexão , afinal, todos os meios são formas de repensar nossa prática doutrinária!

 
 
 
 
 
Dois homens vinham caminhando por uma estrada em animada conversa quando se depararam com um grão de milho.
Um dos homens  e disse para o amigo:
_ Olhe este grão de milho. Vamos leva-lo e plantá-lo. Certamente nascerão algumas espigas. Não vamos comer as espigas, Vamos plantá-las e assim teremos mais espigas de milho. vamos plantá-las e teremos mais espigas de milho e logo, logo teremos uma grande plantação de milho que nos dará muito dinheiro!
-Então eu compro um carro conversível e importado!
-Que carro importado! Eu vou comprar é um belo trator!Vou comprar uma caminhonete...
_ Eu vou comprar é uma mansão e você não vai andar no meu carro importado nem hospedar na minha mansão, nem nadar na minha piscina e nem jogar na minha quadra...
- Ah, é? então você não vai entrar na minha fazenda nem andar nos meus cavalos e nem voar no meu jatinho!
E, enquanto discutiam, veio uma galinha e comeu o milho!
 
Assim somos nós, jaguares. Quantas vezes perdemos nossa chance com conversas, sonhos irrealizáveis e falta de responsabilidade?
O nosso milho, seria a nossa doutrina que na verdade é uma riqueza que podemos multiplicar para distribuirmos cada vez mais aos que necessitam; mas, semp estamos em busca "daquele trabalho" " daquele comando" daquele dia especial" "daquele dia propício" e perdemos a oportunidade de plantarmos o que queremos colher, simplesmente desperdiçamos o que temos na nossa frente- às vezes algo que, à primeira vista  pode não parecer muito ,mas, se agirmos na hora certa, se transformará numa verdadeira riqueza...

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo
 
 


quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

PASSAGEIROS (completo - dublado br)- Simplesmente fantástico e surpreendente!


Um Espírito mora num Templo- história verídica!

Salve Deus, irmãs, Mestres e visitantes.
Salve Deus.
Que o Manto do Grande Mestre nos cubra nesta hora.







Por mais estranha que essa história possa parecer posso garantir que é verdadeira e pode acontecer em vários Templos ou mesmo casas religiosas de diversas denominações e por isso vou fazer esta publicação para que sirva de alerta a todos que tiverem acesso a esta postagem.
Evidentemente não tornarei público o nome do templo nem o nome de qualquer pessoa envolvida, nem mesmo nome fictício. espero que todos recebam com amor esta postagem, que é uma alerta e não me julguem, ou me julgando, tenham tolerância com esta irmã. Salve Deus.
Foi-me relatado que num Templo há vários anos existe um espírito perambulando pelo Templo, no seu interior. Esse Espírito é de um rapaz jovem, entre trinta e quarenta anos, muito bonito, vestindo roupas atuais, isto é calça e camisa de pano de manga curta. Mas, sua aparência não é o mais importante. O interessante é que ele parece gostar muito de "viver" dentro do Templo e age como qualquer paciente: passa nos trabalhos ( trono, Cura, Junção) quando está sendo realizado um Trabalho de Trono ele senta nos bancos juntos aos pacientes que esperam e se diverte com o que acontece nos tronos, ri das consultas dos pacientes, ri dos outros espíritos que incorporam para receberem a Doutrina.
durante a mesa Evangélica, ele fica fora do Setor evangélicos e dá boas risadas! Mostra estar se divertindo muito.
 ele só não entra na Linha de Passse dos caboclos. Fica perto, observando. Mas, quando isto acontece sempre ocorre algo diferente no trabalho: uma desarmonia, algum médium passa mal, um paciente de desarmoniza, o comandante esquece 0 comando ou tem o pensamento a vaguear.
esse Espírito não é mal e não tem intenção de fazer maldade, mas faz. Ele se associa a cobradores dos médiuns e os incentiva a provocar desequilíbrio em sua vítima tudo como se fosse uma brincadeira e não raro tem um médium obsediado andando em desatino na área do templo ou dentro dele. Quando isso acontece, o Espírito hóspede fica andando atrás do pobre, se divertindo.
Inclusive, por sua interferência ele consegue causar pequenas desavenças e discussões entre o corpo mediúnico, o que lhe traz muita satisfação. Tudo mostra que ele não tem consciência de como sua atitude é prejudicial.
Adora a palestra e a aula de Desenvolvimento, onde ri e gesticula sem parar.
Não sai do templo, mas, na área externa faz sua "farra" através dos espíritos que consegue manipular e esses, intuídos, agem sobre médiuns e pacientes.
Vez por outra se aquieta e parece que se foi, mas, logo reaparece e faz das suas.
Quando há conversas entre os médiuns ele se junta para ouvir e aproveitar. talvez por isso saiba quando e a quem obsediar através de seu amigos e sócios, que vem e vão.
O curioso é que não gosta de se chegar nos mais antigos de Doutrina, a não ser que esses baixem totalmente a guarda com o esquecimento grave da conduta doutrinária. Prefere os iniciantes ou recém chegados, com poucos anos de doutrina, que esteja realmente com vontade de servir mas, ainda sem a malícia para detectarem sua aproximação. esses são suas vítimas que mais sofrem, pois o comportamento desatinado do obsediado, suas falas sem sentido, suas ilusões é, para ele, um verdadeiro espetáculo.
Durante o tempo em que está "hospedado" no templo, já viu muitos espíritos serem elevados, outros chegam e se não são elevados, aceitam a doutrina e esperam a hora da decisão de irem com os Mentores mas, ele, não se decide;; aliás, parece não ter nenhum interesse em sair dali.
Suas ações são bem humanas, inclusive até reproduzir o som das sinetas ele reproduz Bate e derruba objetos, ás vezes materialmente, ás vezes só no invisível; mas isso também é motivo de sua alegria.
Não sabemos com certeza mas, pode ser que em outros Templos também tenha esse tipo de criatura e até acho que, um dia, de tanto participar dos Trabalhos será doutrinado. porém, quem sabe? O mais sensato é cuidarmos para que não venhamos a cair em suas "brincadeiras" e "farra" por que isso, eu garanto, não é nada divertido!
salve Deus.


A Missão do jaguar- por Jurema Maria Nogueira.





Vivemos neste mundo
do nascimento ao desencarne
na terra
 querendo nossas marcas deixar
e por isso trabalhamos, conquistamos
e ajuntamos
mas, sabemos, que boa lembrança
e boas marcas
que só é possível
se aprendermos a amar.
Em um passado distante
vimos o nosso ódio destruir 
e, agora, rica oportunidade
feliz
concedida pelo mestre Jesus
mais uma vez, voltamos,
com a bênção da mediuidade
para com amor
construir.
Em meio a tantos desatinos
sempre perdendo a missão
De levar o Homem para Deus
e, com amor libertar esse  mundo.
E assim, no Egito
Junto a Rmsés e amon-Rá
junto a bela Nerfetite
construindo um império
de riqueza e ambição
esquecemos o Poder iniciático
e esquecendo de amar.
Esparta, lar distante
matamos e morremos
pela força da bruta espada
entre gemidos e ais
"não" a toda a Lei de amor
de caridade ou compaixão
embrutecidos no ódio
na vingança
no desamor 
e na destruição.
em Roma... meu Deus, em Roma!
como o espírito esquecer
nossa sede de ambição e de poder...
devastamos tantos reinos
matamos e saqueamos
pelos vales e planícies
cobrimos a Terra de sangue
e Levamos o Mestre a morrer!

Em França trouxemos terror
prisão, desigualdade sem fraternidade!
A magia negra nos seduziu
nesta luta pelo poder
na amada Mãe África
colocamos tudo a perder!
Caímos em Angical
pelas bênçãos de Deus
e pelo amor de nosso Senhor.
Arrebanhados pelo Grande Simiromba
chegamos
exausto ao vale do Amanhecer.

Agora, nova era.
"Salve Deus", é o nosso lema
o amor nossa missão
devemos trabalhar sem descanso
Apará e Doutridor
na Luz bendita do Evanvelho
para enfim trazer
libertação a
todos os que acrisolamos
por não sabermos amar
Mão para o alto, jaguares!
"Amor, Razão, Fé e Ciência"
será o seu iluminado farol
que iluminando nossas mentes
iluminará os corações
dos que caminham contigo:
os amigos, os amores
e os que se dizem inimigos.
O jaguar que não merece
nem dó nem piedade
foi abraçado por Tia
que o caminho andou primeiro
nesta estrada tão dolorida
desta vida de sofrimento
pelos carmas e pelas dívidas
andou devagar
para o filho jaguar andar ligeiro!

salve Deus.


quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Trabalhos no Vale do Amanhecer- quantos são?

autor desconhecido



Salve Deus. Você sabe quantos Trabalhos tem nossa Doutrina? Leia esta postagem e confira!


01- Mesa Evangélica
02- Tronos
03- Sanday de tronos
04- Cura Evangélica
05- Cura Iniciática
06- Junção
07-Indução
08- Linha de passes
09-Sudálio
10- Randy
11- Cruz do Caminho
12-Leito Magnético
13- Imantração
14-Imunização
15- Angical
16- Sessão Branca ( Xingu)
17- Libertação Especial na Pira
18- Batizado
19- Casamento
20- Desenvolvimento
21- ritual de Iniciação
22-Ritual de elevação de Espada
23- Consagração de Centúria
24-Classificação e Reclassificação
25- Estrela Candente ( Escalada)
26- Estrela Aspirante
27- Quadrante
28Unificação
29- Anodização
30- Pirâmide
31- Turigano
32- Entrega de Energias
33- Estrela Sublimação ( Nehru)
34- Julgamento (Prisioneiros)
35- Aramê ( prisioneiros-
transmutação de forças
36- Alabá
37- abatá
38- Linha de Passes das crianças
39- Pequeno Pajé
40- Desenvolvimento de Jovens e Adolescentes
41- Bênção de Seta Branca ( Templo Mãe)
42- Bênção dos Ministros ( Templos Externos)
43- Consagração de Falanges Missionárias
44- Consagração de Falange de Mestrado
45- Consagração de Adjunto de Povos
46-  Consagração dia 1º de Maio- Dia do Doutrinador
47- Consagração de Enlevo
48- Consagração de Trino Juremá e Iramar
49- Troca de Rosas
50-Indução Cabalística
51- Contagem
52- Oráculo
53- trono Milenar
54- Cassandra
55- Farol
56- Triada
57= Contagem de sanday
58- Defumação
59- Trabalho Especial
60- Prisão e Libertação das crianças
61- Autorização para o Desenvolvimento ( Dharman Oxinto)
62- Abatá de Ninfas Missionárias
63- Palestra de Desenvolvimento
64- terceiro Sétimo dos Três cavaleiros da Luz.

Essa foi a lista que me foi passada; mas, dei por falta a Reunião de Falanges Missionárias, trabalho de bônus e Corte. Salve Deus. 


Sete lágrimas de Yemanjá- genu Souza Duarte- primeira Agulha Ismênia.





imagem da internet



Dos olhos meigos e mansos
de nossa Mãe Yemanjá,
sete lágrimas rolaram
para as dores aliviar
sete rosas desabrocharam
na Terra de Santa Cruz,
prelúdio de muitas curas
em nome de Cristo Jesus".
As filhas da cachoeira de Pai
Zé Pedro
e Pai João na Era dos Oito
sofrida,
do tempo da Escravidão
eram servos de Jesus
na Terra formar,
com muita dor e tristeza
a raiz do mestre jaguar.
Janaína, sinhazinha, bela flor
que perfumava, dava
assistência
aos negrinhos que na senzala
choravam;
o luxo, a riqueza, não a
fizeram feliz
e abandonou tudo, tudo pra
os pretos velhos seguir.
Jurema e Juremá viviam
grande
aflição pois sentiam todo o
peso dos grilhões da
escravidão. Janaína, janara,
Iracema, Iramar da terra
sofreram
as dores pra sua origem
voltar;
jamais desanimaram, pois
tinham fé no senhor que não deixa
em desamparo o filho que
tem amor
nas noites enluaradas se
reuniam
 a cantar, pedindo a Deus
proteção
pras forças não lhes faltar.
Hoje nos chegam do céu
envoltas
em lindo fulgor e conduzem
com carinho ao Mestre
Doutrinador;
são as princesas das águas
que hoje vem nos guiar;
são as sete gotas caídas
dos olhos de Iemanjá.

Sigamos, pois, meus
irmãos
o exemplo vivo e feliz destes
que nos precederam
 para formar esta raiz.


sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Troca de Adjunto.

Salve Deus.
Jesus sempre!
 
 

 
 
 
"O teu sacerdócio é o teu Oráculo"
 
 
Existem muitos casos de componentes que entram em choque com os seus Adjuntos, por motivos variados que vão desde aspectos materiais até questionamentos sobre o comportamento moral ou a conduta doutrinária do Adjunto. Essa é uma questão muito delicada, porquanto envolve uma série de ligações e ações transcendentais devendo ser muito pesada na consciência e coração do mestre. Fala-se que um médium componente de um Adjunto mude para outra cidade onde existe um templo do Vale do Amanhecer, é obrigado à troca de seu Adjunto. Da mesma forma um médium que venha para um templo Mãe teria que adotar um novo Adjunto. Essa é uma questão muito relativa. Se o médium está satisfeito com o seu Adjunto e, por qualquer motivo tenha se mudado de cidade ficando difícil participar dos Trabalhos de seu templo de origem não fica obrigado à troca de adjunto. A Força decrescente de seu Ministro atua em qualquer em qualquer lugar pois o plano espiritual independe de tempo  e de espalho que são limitações físicas. pode continuar emitindo em seu povo, mesmo distante e pode estar certo que receberá a força que tem direito.
Dependendo de grande incompatibilidade entre componente e Adjunto é melhor que seja feita uma troca do que o médium deixar a Corrente. Tudo isso, claro, considerando o que nos disse Koatay 108.
 
" Quando entra para um Adjunto, tu deposita sua herança transcendental  nas mãos de um Ministro, que passa a te reger. Não deve ser tão fácil tomares daquele Ministro o que depositaste e  dar a outro Ministro. Alguma coisa não fica bem naquela contagem. O Ministro gastou muito contigo ou tu gastaste muito confiando no teu Ministro. Tu te esqueces, porém, o Ministro, Não! Por isso digo a todos, venho de um mundo onde as razões se encontram".

Tia Neiva e as cobras: Você conhece esta história?




Salve Deus, meus irmãos e meus Mestres.
Jesus em nossos corações.
 
 
 
Esta pequena história que vou lhes contar hoje, é encontrada em um dos muitos áudios deixados por Tia Neiva e foi gravado durante uma aula que a mesma ministrou para o corpo mediúnico na década de setenta. E, com sempre, suas palavras representam preciosas orientações aos seus filhos espirituais, os jaguares, Mestres do Vale do Amanhecer, para que a jornada missionária e mesmo a jornada cármica seja menos dolorosa, manos difícil. Preocupação de Mãe amorosa e zelosa de seus filhos!
Na maioria das vezes, sua instruções não cabem interpretações, devem ser seguidas á risca, dentro do que ela fala, pois tudo o que fala foi transmitido dentro de sua clarividência.  Sendo que ela nos alerta em várias ocasiões quando diz; "Minha Palavra é Lei."  E, como sabemos a lei existe não para ser interpretada mas para ser cumprida!Mas, esta história, que na verdade é o relato de um transporte, pode e deve ser interpretado por cada filho, de acordo com seu conhecimento, de sua evolução.
É na verdade um relato curto e simples, pela voz de Yia, mas que nos transmite valiosas aprendizagens, dependendo da reflexão que fizermos.
Vou relatar a história e, em seguida, vou fazer um breve resumo do que refleti. Salve Deus.
Guarde esta história em sua mente e em seu coração, pois vai lhe ser útil quando você se deparar com as "cobras"!
 
Tia Neiva conta que, como era comum quando ela estava recebendo suas lições, ela estava andando com Pai Seta Branca, Pai João de Enoque e outros Mentores. Quando ela observou um ninho de cobras. Então ela estava com uma varinha na mão e já ia mexer nas cobras, quando pai seta Branca a impediu e disse: "Cuidado, filha elas são muitas e pode ser que muitas delas não sejam suas amiga!"; E disse que era assim que Pai Seta branca lhe ensinava- por parábolas.

 



quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

O que é Angical- segundo orientação de Tia Neiva.












Salve Deus.

Meu filho.
Porque se identificar tanto com o corpo material e, falsamente, querer distinguir um plano de outro?
 
Meu filho, vamos procurar a afirmação do extra-sensorial e, para obtermos esta segurança, somente aqueles que se dizem nossos inimigos nos impulsionam à verdade.
Porque, filhos, somente a dor nos redime, nos esclarece do bem e do mal. 
Então eis porque Deus nos confronta frente a frente com as nossas vítimas do  e elas ou por elas , inconscientemente, sentimos na carne o que as fizemos sentir.
Então vem a luz extraída da grande dor refletida. Sim, filhos, temos tudo na nossa vida. Na terra vivemos um ritmo acelerado na esperança de encontrar um porto feliz, para desembarcarmos em paz desta viagem. Porém, nós temos por lei divulgar, nesta viagem, o que nos é direito e o que prometemos do bem e do mal.
Todos desejam triunfar na vida e na morte. Enquanto uns reagem diante do fracasso, outros se deixam abater. Nossos triunfos são medidos pela nossas tendências  em prosseguir na luta e na habilidade, com que somos capazes, quanto ao fracasso, dizemos as nossas inconformações na luta franca, mental,, podemos muito bem dominar nossas paixões, os nossos desejos.
No domínio de nossa inteligência, conseguimos alcançar o que queremos. Não nos expondo ao egoísmo podemos controlar os nossos sentimentos , sofrendo menos, é claro.
Sim, filho, porque em tudo temos uma razão. Vamos neste instante, lembrar de Jurema, a linda crioula que se dispôs á sua missão e, desfazendo-se de sua revolta, assumiu o comando em sua jornada.
Jurema era uma pequena escrava, que Pai joão de Enoque e Pai José Pedro de Enoque incluíram em sua missão e, com ela, também janaína, Iracema, Jandaya Janara, Iramar e Juremá, todos escravos de fazenda vizinhas , exceto Janaína, que era uma sinhazinha.
Foi na era de 1700, as forças se deslocaram, desta vez para o Brasil. Toda a Tribo reencarnou naquela er que nos parece distante e, desta vez prevalece a magia, porém a magia de nosso Senhor Jesus Cristo.
Então as forças se cruzaram e  o espírito a caminho foi se desvirtuando, a ponto de provocar novas dívidas. Outros se iluminaram e outros se descambaram.
Porém o povo dirigido pelos Enoques chegaram até aqui. Pensamos nos reajustes e evolução desses espíritos elítrios, acrisolados em seus próprios destinos de obsessão e,  neste campo de evolução, chegaram até aqui.
Porém, o que mais nos identificou foi a vivência do Angical. Os reajustes se acentuaram naquele pequeno povoado, onde os velhos imperadores voltaram na roupagem de preto- velhos, pequenos fazendeiros, senhores de engenho e demais, quem sabe Deus.
Hoje, no templo do Amanhecer, os mais esclarecidos buscam os que ainda estão nas trevas ou no alcance  de suas cobranças. Agem, se esclarecem, e voltam para Deus. Em busca de suas origens. São espíritos que já sofreram tanto que, às vezes, se evoluem com os primeiros esclarecimentos dos doutrinadores e dos aparás. Sessão de ANGICAL é uma bênçãos de Deus. É suficiente uma camisa xadrez , uma fita e sua identificação ou uma saia de chita e uma blusa preta. esperar que os mentores os tragam até aqui. Desde que se faça a abertura às nove e meia da noite seu encerramento não tem hora determinada. Um apará e um doutrinador, fazendo uma corrente magnética tem a permissão de Deus para retirar um elítrio, conforme o seu merecimento.
Porém, o fato é que há necessidade nos planos espirituais que estes espíritos voltem para Deus, Tudo, sem dúvida, na Lei do Auxílio, que é a única maneira de  chegarmos a Deus.
                  
Com carinho, a Mãe em Cristo,
 
Tia Neiva.
Vale do Amanhecer, 05 de março de 1979.