terça-feira, 16 de março de 2010

Canto da Cigana Aganara





Salve Deus! 
Meus reais contemporâneos, Sabemos que a Lei física que nos chama a razão é a mesma que nos conduz a Deus. Quis a vontade de Deus nos colocar diante deste Tribunal que o abnegado espírito de Aragana, em sua simplicidade, alcançou a mais grandiosa Graça em Deus Pai Todo Poderoso. Hoje, temos esta rica oportunidade de reencontramos a dor acrisolada no ódio desses que se dizem nossos inimigos, desses que não souberam sair e continuam sendo nossas vítimas do passado. Andamos, sofremos, sofremos por não sabermos amar, hoje voltamos e compreendemos que somente o amor nos traz libertação! Agora, temos a herança do Cavaleiro Verde com suas redes magnéticas e o amor de nossas Guias Missionárias. Temos a certeza da libertação desses que acrisolamos e que há milênios vivem no ódio, na vingança e na destruição. Temos certeza que hoje eles voltarão para Deus! Salve Deus!

SALVE DEUS, ciganas Aganaras! Salve Deus. Vamos lembrar das inúmeras vezes que nós, em nosso espírito ciganos fomos julgadas, às vezes injustamente! Vamos lembrar as palavras de nossa Mãe Clarividente, Koatay 108 "Por acaso tenho o direito de julgar e ser juiz de alguém? Conheço os caminhos cármicos, Mário ? È é lógico que tenho o meu ponto de vista, e graças a Deus, minha formação cristã é no íntimo do meu coração. Porém minha mente preparada compreende e ama a todos os que sofrem".
( do livro " sob os olhos da Clarividente, p.133).

Devemos, também, lembrarmos o Mestre Jesus:" Não julgueis para não serdes julgados".
Devemos irmanarmos nas vibrações do amor incondicional, confiando em nossos Mentores e nas forças Benditas do Astral Superior em prol de nossa Doutrina e em prol de cada uma de nós!
Salve Deus,


Nenhum comentário: