quarta-feira, 30 de março de 2011

História de Pai Juvêncio e Zefa: Dai de graça o que de graças recebeis!


  Pagamento por trabalho mediúnico: é preciso muito cuidado!


Considerando o princípio Crístico do "dar de graça o que de graça recebemos" devemos ter todo o cuidade para não transformar em comércio a nossa mediunidade, sob pena de arcarmos com o preço que se paga quando esta triste situação ocorre. para ilustrar, vou transcrever uma pequena história retirada das "Observações  Tumarã" e que nos mostra a seriedade da questão. A História de Pai  Juvêncio e Zefa nos foi contada pela Clarividente, que sempre orientou os Mestres do  Amanhecer a não negociar ou receber qualquer pagamento pelos trabalhos realizados! salve Deus, meus irmãos, vamos aprender um pouquinho mais!





    "Pai Juvêncio e Zefa eram os únicos que tinham coragem de ir até um lugarejo por nome Abóbora. Certa vez, chegando ´na entrada da cidadezinha, encontraram uma menina, meio desacordada nos braços da mãe. Pai Juvêncio chamou Zefa e cochicharam nos ouvidos da menina e a benzeram, retirando aquele espírito, e a menina ficou boa. Tânia, a mãe da menina, deu algumas frutas como pagamento da cura, pedindo desculpas por não ter mais nada. Pai Juvêncio e Zefa comeram as frutas, trataram de negócios em Abóbora e voltaram para fazenda,Felizes, chegaram em casa,  mas, ao atravessarem a sooleira de sua porta suas barrigas começaram a doer, a doer tanto que chamaram Vovó Cambinda da Bahia. Mas anada fazia passar aquela dor. uma porção de conjecturas: seria veneno? As desinterias pioravam e as dores aumentavam."Pobrezinhos_ dizia Pai João_ Resolveram tantas coisas boas para nós! Deve ser alguma provação, Deus testandoo seus corações..." Todos já estavam ao redor da fogueira, aguardando que melhorassem, quando Jurema, que estava ao lado de Pai Zé Pedro, levantou bruscamente.Apontando para os dois, que estavam abaixadinhos na roda da fogueira, gemendo de dor, disse:" Eles comeram prenda ganha pela sua caridade! Pena Branca não quer que a gente ganhe nada em troca do que se faz na Doutrina. Vovô agripino nos disse que a gente só aprende com o espinho fincando na carne. È, Pai João, todos nós temos um espinho na carne!..." " Oh, meu Deus!_ gritaram os dois em uma só voz_ Sim , estamos conscientes!" Vovó Cambinda já estava chegando com uma cuia de chá. Eles tomaram e contaram o que havia se passado em Abóbora. Todso abraçaram os dois por sua ação mas entenderam a lição: Zefa e Juvêncio haviam comido prenda pela caridade que fizeram... Sim, receberam pagamento e Pena Branca não gosta nem de presentes e nem que se cobre pela caridade que se faz! Zefa e Juvêncio passaram mais três dias com dor de barriga. Tudo foi alegre e passou. Eufrásio, que agora era conselheiro do grupo achou muito importante dois fatos: primeiro, Pena Branca não aceitar pagamento pelo trabalho mediúnico e, segundo, a denúncia de Jurema que, em sua clarividência viu o que se passou. O pobre casal fora lesado por suas mentes preguiçosas" ( Tia Neiva, 7.3.80)

Doutrina do Amanhecer: vamos falar mais um pouco?







No domingo passado, uma ninfa  chegou ao Templo contando que encontrou no  caminho uma outra Ninfa que recentemente se afsatou da  Doutrina. A Ninfa estava "apavorada" porque aoutra lhe disse várias coisas que não relatarei neste blog, pois não vem ao caso, mas, que entre outras coisas disse que se afastou porque "não consegiu nada na Doutrina", que "não se realizou". Este problema do afastamento de medfiuns, este "entra e sai" é coum emesmo previsto por Tia Neiva, com os devidos registros. Não devemos desanimar nem nos preocupar com estes fatos, pois estes em nada atingem a Doutrina do Vale do Amanhecer, pois sua essência é Espiritual e nos foi trazida diretamente do Astral Superior, por isto, com as Bênçãos de Deus.
 Podemos e devmos fazer um reflexão sobre este assunto com a leitura das  palavras abaixo transcritas:
 Na Doutrina do Amanhecer  aprendemos a amar ao p´roximo como a nós mesmos, respeitando a vida de cada um, sem julgamentos e sem preconceitos, na certeza de que aquele que umpre suas obrigações com as pessoas que o cercam, que tem um comportamento harmonizado, dentro da conduta doutrinária, com amor em seu coração, se sentirá feliz  e realizado na Doutrina do Amanhecer. Todavia, aquele que não asimila os ensinamentos, vivendo no mau-humor, inconformado e revoltado, mergulhado na inveja eno ciúme, emitindo baixas vibrações, incomodando todos com suas queixas e agressões, certamente não se  realizará nesta Corrente, pois que Doutrina poderá existir nele?
Há muitos anos venho tentando esclarecer o espírito da  Verdade, porém sem qualquer pretensão ou interesse em divulgar o Espiritismo, o Espiritismo tão profanado por todas as Religiões. O espiritismo classificado de Allan Kardec é o único aceito, que ainda se respeita. Não podemos negar que somos baseados nele. Porém, eu, Neiva, antes de chegar até aqui, me comprometi nos planos espirituais impregnar na mente e no coração do Homem uma Doutrina acompanhando o espiritismo, o idenificando como um verdadeiro espiritista, sem se incomodar  que seu vizinho  trabalhe assim ou não. A mente do Homem vazio é ligeira e nada grava, não tendo ectoplasama para registrar suas lições, só entendendo a dor quando, egoísticamente, lhe dói ou é enganado. No entanto, o Homem que já se identificou, com convicção, como espírita, tem base sólida, sua mente é cientifica e dificilmente sofre com a dor. Eu tenho por  missão impregnar no Homem o amor, a tolerãncia e a humildade. O Homem precisa reconhecer que tudo é bom! Em cada pessoa encontramos uma lição e e dela recebemos um carinho quando lhes damos. O Homem convicto de que tudo é bom deixa de ser critaicado pelos outros, pois é evidente que os críticos são os exaltados. Eu sou uma espiritualista, sou clarividente, em nome do Nosso Senhor Jesus Cristo! Tenho o meu ritual de trabalho, que não posso dizer que acompanho Allan Kardec ou que seja umbandista, e nem tão pouco candomblé. Não sou porque amo a  minha corrente, tenho a minha missão. Rcebi, em 1957, a Corrente Mestra do oriente Maior e vibro nela, sem pretensão de ferir ninguém ou fazer os outros passarem para mim senão sou Kardecista, Umbadista do candomblé é apenas porque tenho minha missão.Porém, amo a todos!Sei que vao havr uma unificação entre n[os porém isto é muito delicado, pois não sabemos qual será escolhida por Deus paara unifaicar as outras três, mas, anão me preocupo com isto.( Tia Neva 20.6.75)
    Portanto, meus amados, o que importa é nos conscientizarmos que  as pessoas que não se enquadrarem no ensinamento acima ficará sempre em busca de uma nova doutrina, de uma nova religião, incessantemente, sem perceber que todos os caminhos levam ao pai, que todas as religiões buscam a evoluação do Homem e seu retorno à Pátria Celestial. Porém, àqueles que chegam`ao vale do Amanhecer, sem desenvolver a conduta doutrinária, sem humildade, sem aassimilar os ensinamentos certamente não terá condições para levar adiante sua missão, será como uma folha ao sabor do vento, que vai de um lado a outro, sem destino certo. Salve Deus!

terça-feira, 29 de março de 2011

Missão: Palavras de Aganara

Todos temos Missão na Terra?





 Muitos falam que  não sabem o que vieram fazer neste planeta, não sabem qual a missão que vieram cumprir ne entendem o que Deus espera  deles; Amados, estas  questões não são difíceis de descobrir, sendo que TODOS podem saber qual a sua missão na Terra; não me refiro à Missão Doutrinária, mas, àquele motivopelo qual estamos aqui; embora  este conhecimento não tenha tanta importância porque todos aos atos, atitudes e  ações são "missões" que desempenhamos.
Claro que, cada ser vivente tem uma determinada  missão "maior" que é difícil de ser identificada no meio das " missões menores" das quaisa nos incubimos  dia a dia, mas, com um pouco de meditação e interesse não é impossível descobrir o que veio fazer neste mundo.Geralmente a Missão pode ser ( ou é) considerada pelos outros ou por nós mesmos difícil de ser  realizadae, embora dê alegrias  e até realizações é necessário muita persistência e compromisso para seu cumprimento, pois não raras vezes, tem-se a"tentação" de abandoná-la. A missão pode ser  um trabalho grandioso ou insignificante, pois não se mede a missão pelos padrões humanos e sua classificação depende dos olhos humanos, sempre falhos.
Sob este entendimento podemosbuscar a Missão do Divino a Amado Mestre Jesus que, aos olhos dos da época não passava  de " mais um agitador judeu" tendo sido "tentado"  a abandonar sua Missão; mas, persistiu em seu compromisso e  levando-a até o fim com êxito,  cumprindo-a com amor, tolerância e humildade foi a maior Missão que a humanidade testemunhou em toda a sua História!
Amados, comecei a escrever  sobre este tema ao assistir na televisão a história  de  uma mulher que após ter tido dois lindos e saudáveis filhos, uma filha que aos seis anos e um filho que aos nove anos apresentaram uma doença rara que os transformou, de crianças perfeitas a seres compeltamente incapacitados para asmais simples  atividades da  vida cotidiana. Esta mãe assumiu com mais afinco a criação dos filhos indo muito além do que se espera das atitudes de uma mãe
 assumindo a responsabilidades para  que estes desenvolvam da  melhor maneira possível, indo além do alimentar, vestir e cuidar... transformou-se em apoio e como ela p´ropria afirmou: "  Sou os braços, as pernas e a voz de meus filhos". Esta é a missão desta mulher, percebemos claramente ao apreciar o caso enquanto assistimos á reportagem que, esta mulher compromisssou-se com esta proteção eamparo aos dois seres incapazes que tem sob sua guarda; ela poderia apenas cumprir sua função mas, pelas  atividades que se assume alé do que seria esperado e indo além  do humanamente possível... Isto é missão!
Assim, amados, missão  embora praticandoi o ato que que é comum e corriqueiro se  faz com mais grandiosidade e afinco como se  não só estivesse pagando uma dívida, mas uma dívida  e seus juros!
Podemos observar ao irmos a um hospital ond encontramos dezenas de médicos, todos no exercício da  Medicina mas, em poucos identificamos o cumprimento da Medicina como "Missão", pois poucos são compromissados com o alívio da dor do outro, tendo mais carinho com os pacientes, mais envolvimento com o trabalho, são solícitos e incans[áveis; os que não tem a missão na Medicina, são mais alheios ao sofrimento, trabalham bem, mas com foco no salário e no tempo trabalhado. isto não quer dizer que estes profissionais não tenham missão, certamente  a tem em outro lugar, em outra atividade.  
Outro exemplo: temos muitas escolas que conhecemos, todas com professores que estudaram para exercer o Magistério; estes professores ensinam seus alunos os conhecimentos exigidos nos currículos escolares; poucos tem nomagistério uma missão: estes se  preocupam não só com o ensino de conhecimenos mas, com a formação integral dos alunos, transmitindo valores para a formação do Homem, da iluminação dos espíritos no campo da ética e da Moral
E  assim é com todos os seres humanos: alguns são mais envolvidos em detreminadas  situações do que outros, apesar  destas mesmas  situações trazerem, também, esforço e dificuldades; assim podemos reconhecer a  própria missão. Não vemos porteiros, motoristas, engenheiros advogados que se  destacam em seus trabalhos? não encontramos pessoas "diferentes" em todos os lugares embora em outro lugar, noutro contexto sejam exatamente igual aos demais?
Amados, o que devemos saber é que não importa nossa missão no mundo, uma vez  que devemos realizar todas as nossas responsabilidades da melhor maneira possível, a fima de evitar o contraimento de dívidas s serem saldadas futuramente, neste ou noutro mundo. Também não há grande ou pequena missão, importante ou insignificante; pois como ensina o Espírito Irmão José, a quem muito admiro: "os vermes e os planetas trabalham para um único fim!" Salve Deus!   

quinta-feira, 24 de março de 2011

A FÉ: vale a pena ler!!!







Era uma vez dois ratinhos que à noite em visitaà cozinha caíram num balde de leite.
O primeiro ratinho ao perceber  que caíra naquele liquido branco e vendo que nada podia fazer para se salvar, se entregou e indo ao fundo do balde, se afogou.
O segundo ratinho não gostou da idéia de morrer daquele jeito e ficou se debatebdo, incansavelmente,fazendo tudo o que podia para  se manter à tona. Passado algum tempo, aquela agitação toda fez o leite virar manteiga e ele consegiu pular do tacho, se salvando.

 Esta é a verdadeira fé: não desanimar nunca, apesar de toda evidência de derrota. Muitos brasileiros, servem de exemplo para que sigamos sempre em fé, calcados na fé em Deus, na vida e em nós mesmos, apesar das adversidades: Betinho, o ex presidente Lula, Ronaldinho, o ex vice presidente José Alencar...
E confiar em si, mesmo que apessoa seja descrente é confiar em Deus, que é o autor da vida.e uma música de Raul Seixas: Tente outra vez! Nos traz umalinda mensagem de Fé, conforme podemos ler abaixo:

Veja
Não diga que a canção está perdida
Tenha fé em Deus, tenha fé na vida!
Tente outra vez!
Beba
Pois a água viva ainda está na fonte
Você tem dois pés para cruzar a ponte
Nada acabou, não, não, não...
Tente
Levante sua  sua mão sedenta e recomeçe a andar
Não pense que a cabeça aguenta se você parar
Há uma voz que canta, há uma voz que dança
Há uma voz que gira bailando no ar
Queira
Basta ser  sincero e desejar profundo
Você será capaz de sacudir o mundo
Vai, tente outra vez
Tente
E não diga que a vitória está perdida
Se é de batalhas que se vive a vida
tente outra vez...

Quem é Faustina? A história contada por Tia Neiva

   A história do espírito " Faustina" nos é contada por Tia Neiva e nem todos a conhecem; por sua singeleza é sempre bom deixá-la regiistrada  aqui.





   
Salve Deus!
Faustina era uma senhora   que quando vivia na Terra, não gostava de crianças de jeito nenhum mas,  a despeito dessa menira de viver, conseguiu se libertar  dos seus compromissos cármicos e, ao desencarnar foi se evoluindo... tornou-se uma Entidade de Luz e, particularmente por sua característica severa diante das coisas mal-feitas, recebeu da Vovózinha Marilu, responsabilidades junto ás crianças do Orfanato e do Pajézinho, protegendo mas, também "alertando" quando os meninos s/ão desobedientes com os Pais, falam palavrão, tiram más notas no colégio, se envolvem em coisa errada, então é um problema para Faustina, porque ninguém melhor do que ela para provocar uma "boa" dor de dente, fazer o picolé cair no chão, dar uma "topada" com o dedão, etc...
Criança fez coisa errada?
Então cuidado com a Faustina!

terça-feira, 22 de março de 2011

Pequena mensagem do dia.

Amados, devemos nos lembrar, diariamente, dos ensinamentos que Koatay 108 nos trouxe do Astral Superior; este ensinamento é todo acervo que necessitamos para a nossa evolução! Esta é uma mensagem para este bendito dia! Não deixemos que as dúvidas e incertezas da vida e as dificuldades da Missão nos afastem do que propusemos para esta encarnação! salve Deus! 

sábado, 19 de março de 2011

Minhas Vidas com Shirley Maclaine - Filme Completo - (Vídeo)

Minhas Vidas com Shirley Maclaine - Filme Completo - (Vídeo) Amados, o filme é lindo! Apesar de um pouco longo nos surpreende pelas mensagens que apresenta, muitas tão conhecidas por nós, Mestres do Amanhecer! É só clicar no título ( em negrito) e curtir! Boa diversão!

Festa Cigana.flv

DANÇA CIGANA - CRIANÇAS

A PAZ - MENSAGEM PARA SEU CORAÇÃO

Bandidos do espaço: você sabe quem são?

       



Amados, como aprendemos no Vale do Amanhecer: "assim na Terra como no céu", e sabemos que neste nosso planeta nem todos os encarnados se comprazem em fazer o bem, em auxiliar e praticar a bondade e a honestidade. Também tem muitas pessoas que usam, escravizam o outro a fim de exploração e de escravidão. Essas pessoas, ao desencarnarem, continuam com a sua individualidade voltada para a prática do mal. Assim, como aqui na Terra temos os bandidos, que prejudicam e causam terror, no Céu também os tem.
        Por isto. sabemos que os espíritos  que praticam no Astral o mal através da ação negativa, ação contrária as leis Crísticas de Amor e Caridade formam bandos, à semelhança de quadrilhas aqui na Terra, a fim de fazer as maldades em que encontram tanto prazer! Estes espírtos não seguem as normas dos outros espíritos, não tem uma finalidade específica e seu alvo são os espíritos inseguro, encarnado ou desencarnado que passa a sofrer suas ações perniciosas. Quando capturam um espírito inseguro, frágil por sua frágil crença na Bondade de Deus, o maltratam e depois o vendem a certas falanges que mantém um sistema de escravidão no Espaço, onde estes "escravos" são obrigados as mais diversas ações e atos torpes e condenáveis, sob pena de castigo ainda pior.
      Os bandidos do Espaço são mal vistos entre os demias espíritos  e até pelos grandes chefes de falanges, até do astral inferior, por considerar suas atitudes desppresíveis.
     Uma conhecido bando de bandidos do Espaço são os Murumbus, que são espíritos terríveis  comamndados pelo espírito que foi encarnado como o cardeal Richelieu, na França; agem no Umbral e atacam todos que perambulam pelas regiões sombrias sem se abrigar em um albergue.
     Quando um Murumbu tem um reajuste com um encarnado, em qualquer época, se acrisola tornando-se um elítrio, causando malefícios terríveis.
     Outro exemplo são os Murussangis,  são verdadeiros vampiros que se apresentam como caveiras e comercializam com o vale das Sombras, aplicando a Lei Negra. Em suas cobranças transformam-se em elítrios fixando nas costas de suas vítimas, sugando toda a energia.
     Pelas bênçãos de Deus, estes infelizes espíritos sofredores podem se libertar nos Trabalhos de nossa Doutrina, pelo amor e humildade e tolerância com que  são recebidos! Salve Deus! Louvado Seja Jesus! 

Cigana Aganara: a responsabilidade de sua escolha.( história verídica)





Salve Deus, meus irmãos e meus Mestres. Muito relutei em escrever sobre o assunto uma vez que envolvem Ninfas que conheço e tenho receio de expô-las publicamente; entretanto, vou omitir nomes e locais para que não seja possível a identificação. Essas Ninfas sempre acessam o " Ciganaaganara" e espero em Cristo Jesus que, caso leiam esta postagem não tenham outro entendimento a respeito desta minha atitude, senão o meu interesse de relembrar às irmãs  a responsabilidade no ato de escolha da Falange Missionária.
Nossa amada Koatay 108 nos orientou muito bem como deve ser feita a escolha da Falange e entendo que NENHUMA NINFA pode dar este importante passo doutrinário sem ler a mensagem da Mãe Clarividente que, absolutamente , não pode ser substituida pela orientação da Aponara, nem por um pedido do Adjunto, nem pelo gosto indumentária, nem pelo canto... pois a escolha, queridas irmãs é de grande responsabilidade e pode colocar sob risco a própria missão da ninfa!
Pois bem, conheci três irmãs que vieram, com amor, integrar a messe de Seta Branca e após os primeiros passos iniciáticos, chegaram ao Mestrado.Quan do iniciaram as aulas do Curso de pré-centúria, começaram a se preocupar com a escolha da Falange que integrariam. Duas irmãs, resolveram que seriam aganaras e a terceira, não desejou em momento algum pertencer à gloriosa falange das Ciganas aganaras e preferiu outra Falange, igualmente gloriosa.
As irmãs que pretendiam ser aganaras viviam falando sobre o assunto demonstrando grande interesse pela falange, sua história, canto e obrigações e trabalhos... e assim foi desde a Elevação de Espadas até pouco tempo antes da Centúria.
O entusiamo delas contagiava a todos e todos sabiam que o templo ganharia mais duas ciganas aganaras.
Entretanto, poucos dias antes da Consagração da Centúria, resolveram trocar de falange e assim fizeram. O interessante é que desde o dia em que resolveram "trocar" de falange, tudo começou a dar errado! A terceira ninfa, aquela que seria de outra falange, adoeceu seriamente, ficando adoentada por vários dias, inclusive interna em hospital, estando ainda afastada do Templo, meses depois... Das duas ninfas que seriam aganaras, uma também adoeceu e ficou de cama quase perdendo o curso de pré cenrtúria por faltas. A outra, no dia da Consagração sofreu um acidente que tem reflexos até a data presente!
O certo é que podem ser apenas coincidência como alguns dizem; porém, no vale do Amanhecer, tudo é certeza e manipulação de forças, e a escolha da Falange traz a nós grandes e desconhecidas forças... que podem nos causar mal, assim como nos causam bem! Tudo depende da individualidade e do que nos move dentro da doutrina! Ouvi dizer que escolheram outra falange porque o canto era mais bonito, mais emocionante do que o canto das Aganaras.... Salve Deus, somente uma Cigana Aganara sabe a beleza e a emoção do nosso canto! Somente uma Aganara sabe a Grandeza da emissão do nosso canto que, realmente retrata toda a nossa herança transcedental, na certeza da libertação daqueles que se dizem nossos inimigos.

Abnegadas ciganas aganaras: que a Falange que integramos com tanto amor e humildade não seja a mais numerosa, mas que mais manipula pelo perdão e pela libertação nos trabalhos na Lei do auxílio! Que sejamos numerosas, não em números, mas em força espiritual! Salve Deus!

O pote rachado- leia e conte para quem você quer bem!

 Este conto indiano é para você que duvida de seu valor, que precisa se valorizar ou... valorizar alguém ao seu lado, que acredita não ser importante ou que pensa não fazer algo relevante!







        O pote rachado

   Um carregador de àgua na Índia levava dois potes grandes , ambos pendurados em cada ponta de uma vara que ele carregava apoiada em seu pescoço.
Um dos potes tinha uma rachadura enquanto o outro era perfeito e sempre chegava cheio de àgua no fim da longa estrada entre o poço e a casa do patrão. O pote rachado chegava apenas pela metade. Foi assim por dois anos, diariamente: o carregador entregando um pote e meio de àgua na casa de seu patrão.
O pote perfeito estava orgulhoso porque cumpria seu trabalho corretamente, porém, o pote rachado estava envergonhado de sua imperfeição e sentia-se incapaz por realizar apenas a metade do que havia sido designado a cumprir.
Após esses dois anos sentindo-se amargurado por não conseguir completar corretamente o trabalho, o pote falou para o homem um dia à beira do poço:
   _ Estou envergonhado e quero pedir desculpas.
   _ Por quê?- perguntou o homem._ De que você está envergonhado?
   _ Neses dois anos eu fui capaz  de entregar apenas a metade de minha carga, porque essa rachadura no meu lado faz com que a àgua vaze por todo o caminho até a casa de seu patrão. Por causa do meu defeito, você tem que fazer todo este trabalho e não ganha e não ganha o salário completo pelo serviço- disse o pote.
O homem ficou triste pela situação do velho pote e com compaixão, falou:
   _ Quando retornarmos para a casa do meu patrão, quero que percebas as flores ao longo do caminho.
De fato, à medida que eles subiam a montanha, o velho pote rachado n otou as flores selvagens ao lado do caminho, e isso lhe deu certo ânimo.
   No fim da estrada, o pote ainda se sentia mal porque tinha vazado a metade, e de novo pediu desculpas ao homem por sua falha.
   O homem disse:
  _ Você notou que pelo caminho só havia flores ao seu lado. Eu, ao conhecer o seu defeito, tirei vantagem dele. E lancei sementes de flores no seu lado do caminho, e cada dia, enquanto voltávamos do poço, você regava as sementes, que viraram flores.
  Por dois anos eu pude colher essas lindas flores para ornamentar a mesa do meu patrão. Sem você ser do jeito que você é, ele não poderia ter esta beleza para dar graça à sua mesa.
Cada um tem os seus próprios e únicos defeitos. todos somos potes rachados. Nunca deveríamos ter medo de nossos defeitos. Seos receonhecermos eles poderão causar beleza.

Bônus- A história de Esther

Esta históroa foi contada por Tia Neiva e está registrada no material do Mestre tumarã e nos mostra a importância do Bõnus para os trabalhadores espirituais; nesta postagem, seguirei fielmente o que Tia Neiva, em14.12.82 relatou, apenas usando palavras diferentes e ampliando o texto; mudando a forma, mantendo a essência:





    Havia no Vale do Amanhecer uma Ninfa  bastante jovem que pertencia à Falange Missionária Yurici, cujo nome era Esther. Esther estava prisioneira da Espiritualidade Maior e possuía 684 bônus, sendo que sabemos que  o débito para com a Espiritualidade é de 2.000, variando às vezes no julgamento, a critério do advogado e dos Sentinelas...
Esher, a jovem Yurici, sofreu um acidente e veio a desencarnar, estando prisioneira, como dito acima. Ao chegar no Astral, seu primeiro choque foi a presença de sua guia Missionária Atareza Verde Eska que, antes de qualquer ação puxou Esther para junto de si. Esther, então, foi a juulgamento. E com a quantia de setecentos bônus e teve libertação, sendo que no julgamento não teve problemas com seus cobradores nem desta nem de outras encarnações.
A consciência de Esther, como Doutrinadora e Ninfa Yurici, foi levada para a sua Guia missionária Atareza Verde Eska Disse Tia Neiva que Ester somente sentia saudade do filho que deixou... 


quinta-feira, 17 de março de 2011

A Moral e o medium- mensagem de Francisco de Assis






  Se  desejais ser medium, meu irmão, cultivai em vós a moral pura e elevada. Para dourinar um espírito é necessário ser moralmente superior a ele. Como é sabido, o pensamento e os sentimentos humanos são como livro aberto para às entidades do astral, mesmo que façam parte do astral inferior; e estas rir-se-ão de vossa imodéstia e pretensão em desejar doutrinar, quando vós mesmos estais aquém da moral desejada  para tal. Perguntareis porque certas criaturas então conseguem doutrinar sofredores e até deles obter arrependimento. Responderei com simplicidade que estas  pessoas, embora  não sejam o exemplo de virtudes, cultivaram um sentimento importante do que todos e que consegue superar odos os obstáculos: é o amor. Tudo superam pelo amor e  assim muito conseguem. Digo-vos, porém, que muitos mais conseguireis se cultivardes, junto com o amor, amoral. Sereis respeitado pelos que sofrem e fazem sofrer. Sereis o exemplo daquilo que pregais e  exatamente aí está o segredo do sucesso. A pureza pregada pelo puro, o amor preconizado pelo que ama, o perdão apregoado por quem sabe  perdoar. falareis a língua universal e sereis atendido.
Sede piedoso quando doutrinar, porque ninguém pode mudar a lei mais sábia que deixou Jesus sobre a Terra: a Lei do Amor, única pela qual sereis compreendido e  atendido.
Belos discursos se  perdem nas paredes das  casas de caridade porque faltou a eles a vibração do amor, a unica que realmente comove um sofredor. Fortifiquem-se as correntes magnéticas que  sustentam os trabalhos espirituais pela Lei do Amor e assim estarão servindo ao Altíssimo pela forma puramente cristã e que se faz compreerndida e aceita.
Aprendei, meu irmão, o que é ser médium antes de vos dedicar ao trabalho. Cultivai os mais puros ideais. Colocai  a vaidade, a inveja e o ciúme no mais fundo poço que encontrardes e vinde trabalhar com o Senhor Jesus. O mundo já está saturado de imperfeições. É obrigação de todos procurar evoluir e crescer à sombra da àrvore da verdade.
Conseguindo seguir meus conselhos, tereis colocado em vossas mãos a mais brilhante cruz, a qual fará curvar-se todos aqueles que receber a vossa palavra amiga e cristã. E, isto, ao invés de vos trazer orgulho, vos fará infinitamente ALEGRE POR HAVERDES AUXILIADO UM IRMÃO A SENTIR A VERDADEIRA ALEGRIA.  PREPARAI-VOS PARA SERVIR AO SENHOR COMO ELE MERECE: COM SINCERIDADE, VERDADE, PUREZA E HONESTIDADE.
   É o que vos pede o irmão e amigo Francisco de Assis.

* Do livro" A Liberdade do Espirito".  

Primeira Espírito sofredor a se manifestar-se em Tia Neiva.

Aconteceu no Núcleo Bandeirantes- 1957





   Certo dia Gilberto e Getrudes estavam com "Tia", quando ela repentinamente, foi incorporada por um espírito sofredor. Ao identificar-se,não deixou dúvidas, era o pai dos meninos; seu marido! Seu marido, Raul zelaya Alonso!
   desencarnara sem cumprir seu  tempo na Terra, e fora da matéria fora considerado suicida. Até aquele momento estivera vagando no "espaço"...
A  partir de  então, seria levado há um lugar no Plano espiritual, para tratamento, readquirindo condições de curso compatível... 

Aspecto religioso do espiritismo: A nova Revelação- Conan Doyle





O Espiritismo forma um conjunto de ideias e ensinamentos compatíveis com todas as religiões.  Seus princípios fundamentais são a ontinuidade  da personalidade humana eo poder  de comunicação depois da morte, fatos básicos que tem uma importância primordial no Bramanismo, Maometismo,  Persismo e Cristianismo. Além disto, o espiritismo se avantaja a estas  religiões porque se dirige a todo o mundo. Só existe uma escola para aqual é absolutamente irreconciliável: a escola do materialismo, que tem esgotado o mundo e é causa radical de todos os nossos infortúnios.A compreensão e aceitação do Espiritismo são fatores essenciais para salvação da Humanidade; do contrário, cada vez cairá ela mais baixo dentro campo utilitário e egoísta do Universo.
Perguntar-se-à porque as  antigas religiões não salvam o mundo de sua degradação espiritual. Responderemos: todos intentam fazê-lo, mas todas tema fracassado. As  igrejas que as representam degeneram e se tornaram mundanas e materiais. Perderam todo o contato com a vida do espírito.  e se contentaram com o referir-se aos tempos antigos e entregar-se a umas orações e a um culto externo à base de tão arrevesadas  e inbcríveis teologias, que a ineligência honrada sente náuseas só em pensar nelas. Ninguém há se mostrado tão cetico e incrédulo acerca das manifestações do espiritismo como  o clero, não obstante ostentar uma crença que só se funda em fatos análogos aos nossos, ocorridos outrora: sua absoluta negativa em aceitar agora esses fatos dá a sua medida dasinceridade de suas convicções.
temos procurado demonstrar a existência dos sinais materiais que os governantes invisíveis da  Terra  enviam para satisfazer  a procura  de provas materiais exigidas pela mente da Humanidade atual. Temos demonstrado, mesmo assim, que a esses sinais acompanham mensagens espirituais semelhantes às que receberam as grandes figuras religiosas do mundo primitivo, renovando a fogueira de crenças que hoje está quase convertida em cinzas. Os Homens haviam perdido o contato com as  vastas forças que o rodeiam, o o espiritismo, que é o maior movimento registrado desde há dois mil anos , vem salvar-nos  dessa situação, dissipar as nuvens que os envolvem e mostrar-lhes novos horizonte, dentro em pouco o vale também estará iluminado.

              Amados, este texto nos faz pensar na grandeza desta Doutrina que não pertence ao mundo material imperfeito que viovemos; mas, é uma criação Divina colocada à nossa disposição para nossa evolução e cresciemnto espiritual. estes  textos, escritos pelos primeiros espíritas são verdadeiras jóias lapidadas na fé e na certeza da existência do mundo espiritual, saído das origens, não contaminados pelas vaidades e egocentrismo tão comuns nos meios espíritas atuais. Conan Doyle escreveu este texto que integra  seu livro " História do Espiritismo, surgido,pela primeira vez na Inglaterra em 1926.

quarta-feira, 16 de março de 2011

cigana aganara: como começou?

Como surgiu o ciganaaganara blogspot. com?







    Acho interessante postar a maneira como durgiu a idéia do Blog para  que todos os irmãos saibam que nada partiu de minha própria iniciativa,mas, de uma intuição. Todos que me conhecem sabem que tem coisas  que não gosto: relógio, celular,computador...  e mal sabia usar, quero dizer, usava somente para digitar  alguma coisa no Word.  Devagar, comecei a acessar blogs e sites sobre a nossa Doutrina em busca de mais conhecimento.
  Uma noite, sonhei com "alguém" talvez  um Mentor me pedindo para fazer  um trabalho de divulgação da doutrina de Cristo pela Internet, e neste sonho me foi explicado que os primeiros Cristãos levaram a mensagemn de Jesus da Galiléia para toda a Humanidade, difundindo  o ensinamento Crístico.. e que agora, seria chegada a hora de muitos serem chamados a integrar a " Internet de Luz" *, difundindo as  Mensagens sublimes por toda a Terra, porém, sem as dificuldades e perigos que sofreram os primeiros discípulos de Jesus. Eu relutei em princípio considerando a falta de tempo,pois trabalho fora, sou mãe  de família, tenho minhas obrigações na Lei de Auxílio, além do  meu o  desconhecimento sobre como fazer, uma vez que nem conhecia os programas para iniciar o Blog.
  Comecei com um Blog sobre assuntos relacionados à doutrina Espírita tradicional onde são postados textos sobre Religião, Ètica e Ciência. Mas, percebi que não seria somente isto que deveria fazer; e, assim, intuitivamente soube que teria que preparar um espaço para a difusão da Doutrina de Amanhhecer e que teria que ser outro Blog,  Considerando que tenho muito amor em pertencer à Falange das Ciganas Aganaras,entendi que este seria um excelente "nome"  para o Blog, claro que não foi por acaso, pois acredito que  espiritualidade me ajudou e orientou nesta escolha!
  Foi muito interessante que, na primeira tentativa  consegui fazer  tudo direitinho, dentro das muitas limitações e lá estava, com as bênçãos de Deus o NOSSO blog! No começo foi muito desgastante pois errava demais e às vezes  perdia todo o trabalho, mas, estou aprendendo... estou aprendendo...
 Todos podem notar  que o "Ciganaagarana" não tem os recursos  visuais de outros blogs e nem usa os mecanismos de  divulgação e convencimento de visitantes e seguidores. Peço a Deus que somente tenha acesso ao Blog aqueles que buscam o que o Blog tem a oferecer.
 Amados, considero este trabalho uma missão dentro da Doutrina, nunca  deixo muito tempo sem atualização em respeito aos seguidores, que sempre acessam em busca  de novos assuntos. Também não planejo o que vai ser postado; ao iniciar o  trabalho, faço uma breve oração e deixo que os Mentores me inspirem sobre o que será postado. Devagarzinho, o Blog  está se diferenciando de outros, igualmente abençoados, pois trata de assuntos da Doutrina do Vale do Amanhecer sem expor demais os conteúdos doutrinários, traz sempre questionamentos e assuntos, como é o caso da coluna" palavra de Aganara", que tenta levar o leitor a pensar na própria opinião sobre aquele assunto,  tenta trazer material nem sempre disponível a todos,como as obras de Mário Sassi, as notas do caderninho de Tia Neiva,etc, além de assuntos da Doutrina Espírita tradicional, que tem pertinência com nossa Doutrina  e ainda bons vídeos, filmes e postagens garimpados na Internet.
 Amados, esta missão me foi confiada, não porque sou melhor do que outros ou porque sei mais do que alguém; acredito que me foi confiada porque através das postagens que coloco no Blog tenho muita necessidade de aprender!     Sempre incluo você, meu leitor em minhas orações e nas minhas emissões de enrgia de amor e respeito, porque te considero um amigo de turma nesta escola do crescimento espiritual... estamos caminhando lado a lado rumo á nossa evolução e, de mão dados, sem nos conhecermos pessoalmente, damos a cada dia um novo passo em direção a Jesus, sempre que entramos em sintonia de aprendizagem, postando ou lendo os conteúdos de luz! Salve Deus!
Salve  as forças da Cigana Walquíria!  Salve as  forças da Cigana magnólia do Oriente Maior! Salve Deus! 

aniversário!!!!





Salve Deus, meus amados! Hoje faz 1 ano que estamos nesta caminhada !
Que Deus Pai Todo Poderoso abençõe nossa vontade de aprender e de crescer na Doutrina de Nosso Senhor Jesus Cristo!
São mais de  15000 acessos.
460 postagens.
Que Deus nos permita continuar esta missão que com amor assumimos!

segunda-feira, 14 de março de 2011

Responsabilidade doutrinária: Palavras de Aganara




Meus amados, venho nesta bendita hora, falar de um assunto delicado acerca de  acontecimentos que estão ocorrendo emmuitos Templos  e quemerece  um momento de reflexão, dentro dos preceitos Crísticos: as desarmonias, os conflitos, as competições entre Jaguares.
Dia a dia  está aumentando a nossa responsabilidade doutrinária,Como disse nossa Mãe, Koatay 108, e  devemos ter consciência que a cada dia também aumenta a nossa responsabilidade  mediúnicae, assim, somos obrigados a um comportamento digno das forçasque Jesus nos confiou.
Queridos, devemos seguir o que o Mestre nos disse" mai-vos uns aos outros, sempre confiantes que o Simiromba nos orienta  consoante com o amor, a tolerância e a humildade!
 Devemos saber  que vemos,muitas vezes, naõ é Mestre ensinando Mestre", "Mestre   aporendendo com Mestre". Ensinar é diferente de corrigir. Ensinar é um ato de amor; corrigir é um ato de vaidade, de  querer demonstrar que tem mais conhecimento, que sabe mais, o que nem  sempre é verdade... Quem ensina, também aprende. A corrigir, geralmente o faz com orgulho a fim de causar alguma humilhação. O  ato de ensinar traz  o sentimento de gratidão, o ato  de corrigir, traz mágoa a quem é corrigido.
 Se durante um trabalho mediúnico, há um desequilíbrio de um médium ou uma prática equivocada do ritual, não cabe a ninguém o direito de apontar a falha publicamente, desarmonizando, ainda mais o médium e colocando em risco todo o equilíbrio necessário ao acesso com as Energias Benditas. cabe  ao Adjunto, ao Comandante, ao Orixá do dia as orientações necessárias, quando se fizerem urgentes.Tudo dentro do amor e  da  tolerância. Aquele que, durante um ritual chama  atenção  de seu irmão, na frente de todos, Mediuns e pacientes está tão (ou mais) desarmonizado do que aquele a quem está corrigindo; porque  está agindo fora da Lei Crística, usando orgulho para se mostrar  melhor e supostamente mais evoluido, supostamente mais conhecedor da Doutrina.
 Nossa Mãe Clarividente afirmava que "Jamais chamava a atenção de um Mestre" e Pai Seta Branca quando chama a nossa indivifdualidade é com amor, dentro da nossa consciência.
O orgulho, a vaidade, a prepotência, não devem existir entre os missionários da  Nossa Doutrina, pois nossa Mentora, Koatay 108 foi um mulher simples, humilde, dentro de sua grandiosidade espiritual, o Lema que temos acesso desde os primeiros passos no vale do Amanhecer é " Amor, tolerância  e humildade".
Devemos lembrar  o ensinamento do Mestre Umahã:" Preserva  a tua mente do orgulho, pois o orgulho prov/em somente da  ignorância. O Homem  não tem conhecimento, pensa ser grande, ter feito esta ou aquela grande coisa. No entanto lembra-te que para seres  úteis  à Humanidade, teu pensamento deve  traduzir-se em ação. Lembre-se não julgueis para não serdes julgado!
portanto, amados, sejamos humildes e com humildades olhemos os atos e atitudes de nossos irmãos; não devemos olhar somente os erros e equívoco dos que nos cercam, mas, os acertos, ainda que pequenos. pois cada pequeno ato é o prenúncio de uma grande ação! Salve Deus! 

\

Bônus: vamos entender direitinho?

Muitas vezes ouvimos os Mestres dizerem: "vou fazer este ou aquele trabalho, pois estous precisando de bônus.", " Cuidado para não perder o bônus que você ganhou." " este trabalho vale 1000 bônus. Mas... o que é na realidade o bônus?
Quem assistiu o filme " Nosso Lar" teve um idéia didática do que é o bônus no Mundo Espiritual, lá, em "Nosso Lar" nada se consegue sem uma certa quantidade de BÔNUS: para ter onde morar, vestir, se comunicar com parentes, pedir auxílio para outros, tudo é conseguido mais facilmente por quem tem mais bônus. isto não quer dizer que as " pessoas" que estão na erraticidade ficam desvalidas como aqui na Terra: todos que merecem ou sulpicam o amparo Divino tem o necessário para " viver", mas, pelo trabalho incessante no auxílio ao proximo adquiri-se esta moeda espiritual que demonstra  o interesse em servir e por isto ela é usada em várias transações. O Bônus não é trnsmitido de pessoa para pessoa, sendo que ao reencarnar os bônus de um não pode ser deixado como herança a outro; também não tem como ser furtado ou roubado, uma vez que é conquista pessoal!
Na Doutrina do Amanhecer encontramos ricas informações nas "Observações Tumarã", onde podemos ler para nosso esclarecimento:
   Segundo Mateus ( VI, 19-21), Jesus disse:" não queirais entesourar para vós tesouros na Terra, onde  a ferrugem e a traça não consomem, e onde os ladrões o desenterram e roubam mas entesourai para vós tesouros no Céu, onde nem a ferrugem nem as traças os consomem e onde os ladrões não desenterram nem roubam. Porque onde está o teu tesouro, aí está o teu coração!"" BÔNUS são o nosso tesouro, nossa riqueza que depositamos no Céu. São o resultado dos trabalhos espirituais e, com eles, o médium dá condições aos seus mentores para que estes possam lhe ajudar. Não é um pagamento, na concepção que temos, mas sim algo que nos é dado pelo amor com que nos entregamos às nossas atividades na Lei do Auxílio. A Espiritualidade executa o trabalho por nosso intermédio e nos vai creditando bônus-horas. créditos espirituais que resgatam, em parte ou o todo, as dívidas que temos destas ou de outras encarnações. Os bônus são pequenas células de energia vital que vão se desagregando de um para o outro, fortalecendo o nosso Sol Interior, rejuvenecendo nossa células. Quando um espírito encarnado começa cometer desatinos e a enveredar por tristes caminhos, prejudicando a si mesmo e aqueles que  estão ao seu redor, a espiritualidade faz leilão daquele espírito, isto éele é acolhido pelo irmão (...) que der o maior lance, em bônus, e passa a ser escravo de grandes líderes das Trevas, sendo o seu desencarne provocado antesdo tem po previsto. O bônus entregue em pagamento enfraquecem aquele que o adquiriu e são usados para resgatar outros espíritos que tenham cumpridos suas penas no Vale das Sombras.

sábado, 12 de março de 2011

Acredite, se quiser! ( aconteceu em um Templo do Vale do Amanhecer!!!)

     
     Aconteceu num templo do Amanhecer...




Meus amados, se eu não tivesse presenciado o fato que vou relatar, eu não acreditaria! Mas, a verdade é que eu estava presente e acompanhei tudinho... peço que leiam o relato com o coração aberto e, queridos, sem julgamentos, porque o que eu vi foi realmente interessante. embora não devemos querer atribuir à nossa Doutrina fatos e casos fantásticos e mirabolantes, "milagres" e outros mecanismos que vemos em outras religiões e doutrinas, peço licença a Meus Mentores, ao divino pai Seta Branca e a Mãe Clarividente para relatar o que pretendo, que cada um entenda dentro do amor incondicional, da tolerância e da humildade!
  Era muito cedo e o Templo estava vazio naquele dia de Retiro. quando entrei para me dirigir ao Cstelo do Silêncio e fazer minhas orações, colocar os nomes de amigos e familiares nas Entidades, estas coisas... Ao entrar no templo, me dirigi ao castelo do Silêncio e já tocava no aparelho os Mantras, que tão bem conhecemos, lembro-me que automaticamente comecei a acompanhar o Mantra, reparando que a música parecia um pouco diferente, como se outros instrumentos estivessem acompanhando a voz que tão bem interpretava o mantra, me enchendo de emoção. tenho alguns CD's de mantras, mas, tão bonito como aquele não.  Ao passar pelo radar, olhei para o aparelho, um pequeno Toca CD, que tinha luzes verdes e    lembro-me, também, que pensei em me dirigir à lojinha para adquirir um daquele. também percebi que havia um Mestre, Doutrinador, diante do pai Simiromba, em posição iniciática fazendo suas orações.
 Fiquei alguns minutos dentro do castelo do Silêncio e após me dirigi ao caminheiro, fiz minhas precees e também ao Pai Seta Branca, quando percebi que conhecia o Doutrinador que ali continuava, em oração.
  Vendo que ninguém mais entrava no templo resolvi sair e ir ao banheiro para me colocar no Setor Evangélico, esperando o início dos Trabalhos. saí, ouvindo o Mantra, que neste momento era " Jesus de Amor" e fui cantarolando baixinho até sair. Não me demorei; apenas o tempo necessário e ao voltar, percebi que já não tocava os  Mantras, neste momento pensei:" Se soubesse que tirariam o CD teria ouvido um pouco mais, não teria saído".Meio aborrecida, me dirigi para o Setor Evangélico e ao passar pelo Radar, vi dois Mestres mexendo e remexendo no aparelho de CD. pensei em perguntar-lhes porque pararam a música ;mas nisto ouvi um Mestre dizer ao outro:
_ Mestre, você tem certeza que tinha um CD aqui?
_ Claro, respondeu o outro- pois se tava tocando quando eu entrei!
- Tinha alguém aqui dentro de Templo?- tornou a perguntar o primeiro Mestre.
- Tinha aquele Doutrinador que está lá na frente do pai seta Branca e de lá ele não saiu. De repente, quando eu ia aumentar o volume, o mantra parou de tocar e eu abri o aparelho e olhe, não tem nenhum CD dentro!
- Mas, como podia estar tocando, se não tinha CD?!- retrucou o mestre.
Eu passei bem quieta  e fui na frente do Pai Seta Branca. O Doutrinador continuava lá, impassível.
_ Mestre, Salve Deus, posso fazer uma pergunta?
Ele me olhou, meio aborrecido por minha intromissão e eu aproveitei para fazer a pergunta.
- Você está aqui há tanto tempo, não tinha um mantra tocando?
- Tinha- me respondeu.
- E parou assim, de repente?
- Parece que sim, foi o que os Mestres estão comentando no Radar.
- Viu se alguém mexeu no som?
- Não- Me respondeu ele.
- Viu quem ligou o som?- perguntei.
_ Não vi ninguém. Só vi que o som começou a tocar quando pedi ao Pai Seta Branca um  sinal para uma pergunta que fiz e da qual estou precisando da resposta. -Falou e, se virando, colocou-se em posição iniciática, o que entendi como um sinal para acabar com a conversa.Conheço o Doutrinador. È pessoa de confiança, acima de qualquer suspeita.
Saí do Templo. Os Mestre no Radar ainda não entendiam como o rádio tocara sem CD e eu, mais uma vez, percebi as maravilhas que acontecem no Vale do Amanhecer. Salve Deus.
Quando voltei, algumas pessoas já estavam dentro do Templo e no som tocava o CD de Mantras igualzinho o que eu tenho!

Fui ao carnaval... e agora? : Palavras de Aganara


 FUI AO CARNAVAL... E AGORA?


Amados, uma ninfa me fez esta pergunta, pois estava muito preocupada se tinha saído da "conduta doutrinária"; entendo não ter o direito de exercer o papel de conselheira dos demais integrantes da coutrina, pois apesar do princípio " Mestres ensinando Mestres", há uma hierarquia a ser seguida e devemos saber quando podemos ou não "aconselhar e/ou orientar" os demais sem nos endividarmos esperitualmente, há, nos Templos, Mestres instrutores e os próprios Adjuntos para  esta missão. Porém, o assunto merece um reflexão a que não podemos fugir e aqui no "CIGANA AGANARA", é possível postar a opinião que me cabe dentro da minha evolução e que serve ao objetivo do Blog, pois todos os que lerem a postagem, podem ( e devem) refletir sobre o que está escrito, aceitando ou não a opinião ( dentro da evolução de cada um), entendendo de forma diferente e, até criticando através de comentários, que por respeito a TODOS não são excluídos e nem selecionados. Mas, Amados, temos que entender que vivemos em um mundo cheio de ilusões e tentações mundanas e neste mundo devemos viver da melhor forma possível e, através desta vivência, evoluir. O "velho Homem" ainda existe dentro de nós, e cada um, ser vivente neste planeta, assumindo ou não a missão Crística, ainda leva dentro de si o germe da luxúria, da alegria falsa e desenfreada, da vaidade, de todos aqueles falsos valores, tão verdadeiros aos filhos afastados de Deus! Entretanto, não é pelo simples fatos de sermos jaguares( ou evangélicos ou católicos praticantes, budistas, etc) que nos santificamos a ponto de viver acima dos aconteceres mundanos.
A diferença é que quando nos voltamos para uma missão em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo, já não damos tanto valor às coisas que supervalorizávamos antes, vemos tudo de forma diferente, vemos tudo dentro  do amor incondicional e, por isto acima da luxúria carnavalesca temos que ter amor suficiente para entender que aqueles seres, corpos apenas, expostos, em busca do prazer desenfreado da vaidade, às vezes do uso de àlcool e drogas, sexo irresponsável não são os verdadeiros filhos de Deus, pois os verdadeiros filhos de Deus são seus espíritos que, por causa de suas faixas evolutivas ,ainda não coneheceram o desejo de retornar ao Pai, valorizando ainda mais o mundo material em detrimento do mundo espiritual. também não podemos cair no erro de entender que todos os foliões estão unidos aos baixos sentimentos e licenciosidades carnavalescas, muitos buscam apenas distração e alegria momentânea, não podemos julgar.
Mas, a questão que nos traz a esta reflexão é se nós, jaguares, podemos participar do carnaval. O carnaval, na verdade é uma festa que acompanha a Humanidade deste as eras primárias da origem do homem, derivou-se das festas em homenagens aos deuses gregos e romanos, mais específicamente ao deus Baco. posteriormente passou a ser os dias da irreverência e da igualdade, quando na Idade Média se subvertia a   ordem natural da Sociedade, quando qualquer pessoa do povo podia ser rei ou nobre, se "vingando" a opressão imposta pelos governantes e que as mulheres podiam se vestir de homens " vingando-se da opressão que sofriam". Tais festas eram escapes do povo sofrido daquela época...  Assim, existia além dos cortejos, danças e músicas nas ruas, a escolha do Rei dos bobos; a eleição para o Rei  do Povo, etc, que reinavam naqueles dias de inversão, baixando decretos e leis que valiam durante os festejos e entre os filiões. Com a evolução dos festejos, o carnaval, passou em vários países a ser o dia de festa em que o povo reslmente pode fazer e dizer tudo o que pensa, de forma crítica, sem que isto seja uma ofensa ou crime. Assim, por exemplo pode-se caricaturar um político corrupto e/ou cantar uma marchinha sobre as roubalheiras de outro sem qualquer punição. Nas diversas partes do mundo, o Carnaval é sempre uma festa popular, com características próprias de cada país. No Brasil, o Carnaval, tornou-se uma festa erotizada, com corpos desnudos e músicas maliciosas, muita ingestão de tóxicos e drogas por foliões sem qualquer limite ou limitação. isto nos faz associar o carnaval a um festa do Mal, do Pecado e da Imoralidade. Acontece que nem todo o carnaval é assim. nas pequenas cidades, a festa é engraçada e quase infantil. também as crianças brincam de forma saudável e inocente...
Para nós jaguares, é muito difícil, pelo nosso mediunismo ficarmos junto a energias negativas, que sabemos existir nestes dias, onde vários espíritos desencarnados se associam aos maus foliões, aos que buscam a festa para saciar baixos desejos e atingir perversas sensações, atuando como cobradores e obsessores; há também, profusão de espíritos vampirizados pela farta ingestão de comida, bebida e drogas... Há os espíritos brincalhões que se aproveitam para espalharem as brigas e desentendimentos. Tudo isto torna quase impossível nossa presença neste tipo de comemoração. Mesmo porque, a partir de nossa Iniciação na missão de Jesus, com nossa evolução espiritual, passamos a ver o mundo e suas ilusões com menos avidez, quase indiferença, a não ser para interferir, mediunicamente para o Bem e o Bom.
Então, se alguém fora este tipo de festa, uma vez que ainda sentem necessidade de participar, devemos ter o máximo cuidado com as atitudes e comportamentos, evitando tudo que possa lhe condenar  em posterior e pessoal julgamento. Como já disse um Espírito de luz: " Tudo posso, mas nem tudo devo".
A quem pensa em criticar áqueles, jaguares ou não, que participaram dos festejos de MOMO, devemos lembrar que o Mestre Jesus não veio para os santos e salvos, como Ele mesmo disse, os sãos não precisam de médico e foi muito criticado em sua época por sua convivência com os seres mais inferiorizados espiritualmente. Em Marcos- 2: 16-17)), podemos ler:" Alguns doutores da Lei, que eram fariseus, viram que Jesus estava comendo com pecadores e cobradores de impostos. Eles então perguntaram aos discípulos:" Por que Jesus come e bebe junto com os cobradores de Impostos e pecadores?" Jesus ouviu e respondeu:" As pessoas que têm saúde não precisam de médicos, mas só as que estão doentes. Eu não vim para chamar os justos. mas, somente os pecadores." desta forma, não nos cabe fugir do mundo e da convivência social, pois em todo lugar podemos levar a luz de Jesus, por isto a  nós Missionários do vale do Amanhecer é adequado o trabalho incessante nestes dias e para terminar, faço trasncrever um pequeno parágrafo do "Bhagavad Gita", um dos livros mais antigos da Terra, preferido por Mahatma Gandhi; livro cuja sabedoria foi pensada por sete grandes mestres da Índia:
"Pela prática da abistinência pode alguém amortecer seus sentidos e torná-los insensíveis aos prazeres sensitivos; mas não se torna necessariamente insesível aos desejos dos mesmos; o desejo dos prazeres sensitivos cessa somente quando o Homem entra em contato com o Espírito Supremo dentro dele".


E mais:" Todos os rios desaguam no oceano, mas o oceano não transborda e em suas profundezas reina imperturbável tranquilidade_ assim é o Homem iluminado pelo conhecimento de si mesmo: de todas as partes o invadem as impressões dos sentidos_ e submergem todos no Eu imóvel e impreturbável.
Que cada um se julgue, que cada um julgue suas atitudes nestes dias de carnaval, perto ou longe da folia; e que Deus Pai Todo Poderoso nos dê a compreensão necessária para, após a formulação de um julgamento realmente Justo, nos seja concedido a possibilidade de aceitarmos a sentença que nós mesmos nos daremos. Salve Deus!

sexta-feira, 11 de março de 2011

Justiça. Homicídios e injúrias. Os inimigos: O que jesus nos fala sobre isto?





Amados, nossos estudos sobre o "Sermão da Montanha" continua. Agradeçamos a Deus esta rica oportunidade de pararmos nossa rotina diária para ter o privilégio, como os homens da Galiléia, de ouvir e entender tais mesagens. Que as palavras do Amado Mestre nos tornem seres melhores!

   Justiça.

Porquanto vos digo: Se a vossa Justiça não for maior do que a dos escribas e fariseus, não entrareis no reino dos Céus!

Jesus procurou incluir em seus seguidores a noção da Justiça Divina, sobrepondo-se à justiça dos homens os escribas e os fariseus se prendam às leis e à santidade legal ou exterior e entendiam a Justiça de modo deformado, o que causou muitos diálogos àsperos  entre eles e Jesus, que bscava esclarecer os atos e fatos à luz do Evangelho. Por isto, devemos ter claramente a noção  da Justiça Divina, do Poder Universal, com nossa consciência tranquila porque temos todas as condições de aprender e praticar nossa Doutrina, com tolerância, humildade e amor, sem preceonceitos nem julgamentos, sabendo entender e perdoar, praticando, pois, a justiça de forma superior à dos escribas e fariseus.

Homicídios e injúrias.
  
Ouvistes o que foi dito aos antigos: Não matarás! Quem matar será réu no juízo. Eu, porém, vos digo que todo aqule que irar contra seu irmão será réu n o juízo. E o que disser ao seu irmão: Raca, será réu no conselho. E o que dizer: Louco! Será réu no fogo do inferno! Portanto, ao apresentares a tua oferta ante o altar, te lembrares aí, de que teu irmão tem algo contra ti, deixa aí a tua oferenda ante o altar, e, vai, primeiroreconciliar-te com o teu irmão. E depois  virás fazer a tua oblação.

  Raca é um termo injurioso, que significa vazio de qualidades. pecador. As antigos a lei abrangia somente aqueles que matasse; Jesus acrescentou os que entram em conflito com seus irmãos e os caluniam e desprezam. Como alguém, com seu coração cheio de ódio, emitindo forças negativas, pode fazer uma oferenda a Deus? Não é possível, como também não se pode realizar um trabalho com baixo padrão vibratório. Tudo o que fazemos com amor é uma opferenda a Deus. Mas, só teremos condições de impregar de amor o nosso ectoplasma se tivermos em paz conosco mesmo e com aqueles que se dizem nossos inimigos. Mesmo que estes não queiram se reconciliar conosco, temos o poder do perdão  e de cessar nossas más vibrações. lembramos do que nos dizia Koatay 108, sobre nossa jornada,  nos advertindo para que não seguísssemos deixando alguém chorando ou emitindo uma melodia diferente da nossa- am isericórdiae a harmonia. Com isso, temos como manter nossos Mentores junto a nós, nossa ligação com a Voz Direta e nossa condição de poder fazer nossa oferenda a Deus.

 Inimigos

Entra logo em acordo com o teu inimigo, enquanto estás com ele em caminho, para que não suceda te entregue o adversário ao juiz e o juiz ao teu ministro e sejas lançado ao cárcere. Em verdade vos digo que não sairás de lá até pagares o último centil!

este conselho é vital para o prefeito cumprimento de nossa jornada, pois nos previne sobre a necessidade de nos reajustarmos com aqueles que estão junto a nós antes que sejamos separados pelo desencarne. Enquanto estamos nesta existência terrena temos as condições privilegiadas do espírito encarnado, que tem a assistência de esus Mentores, tem as oportunidades de se aprimorar pelo trabalho na Lei do auxílio e, por consequência, pode influir profundamente nas atuações de seus obssessores e cobradores, aliviando suas cargas pela ação de seu mediunismo. Após o desencarne, o espírito fica entregue a si mesmo, sofrendo sem poder ter atenuadas as influências daqueles espíritos, o que pode gerar situações tristes e de sofrimento. Conscientes de que devemos saldar nossas dívidas, integralmente, com cada um deles, é importante que o façamos enquanto eles estão perto de nós, também encarnados, nos cobrando e nos provocando, mas sensíveis à Doutrina e à ação de nossa conduta doutrinária, ao alcance de nosso ectoplasma. 

retirado das "Observações Tumarã" 

"Não vim destruir a Lei"- Sermão da Montanha na visão do Vale do Amanhecer

Amados, vamos dar continuidade aos nossos e estudos acerca das benditas palavras do Mestre Jesus na passagem bíblica do " Sermão da Montaha". Tais textos aqui postados são os estudos e esclarecimentos do Trino Triada Tumarã sobre as palavras ceísticas, deorrentes de sua convivência com Tia Neiva. Você vai se surpreender com a originalidade esimplicidade dos esclarecimentos, bem de acordo com a Doutrina do Amanhecer. As demis postagens, caso você se interesse em ter acesso foram postadas  nas datas seguintes:: 22/11/10; 23/11/10; 23/12/10; 20/01/11. 



        Não julgueis que vim destruir a Lei ou os profetas. Não vim destruí-los, mas, dar-lhes cumprimento. Porque em verdade, vos digo: Enquanto não passarem o Céu e a Terra, não passará, da Lei, um só "i" ou "til", sem que tudo seja cumprido! Aquele que violar um destes mínimos mandamentos e assim ensinar aos Homens, será tido pelo amor no Reino dos Céus; maso que guardar e ensinar será estimado grande no Reino dos Céus!
De forma clara, Jesus proclama a Verdade da lei e dos profetas, evitando, assim, o possívl conflito com aqueles quepensavam que Ele estava disposto s destruir toda a velha doutrina de Moisés e implantar novidades. Como se pode ver no Velho Testamento, havia a necessidade de atender às condições de consciência e cultura dos povos, e muita coisa foi dada como revelação divina mas, na verdade, era mistificação para atender à estratégia de sacerdotes e governantes. Mas, tudo caminhou para a chegada do Messias, o Salvador, Jesus de Nazareth. Foram estágios vividos pela Humanidade em cada era, an evolução espiritual do Homem na "Terra". Logo, não poderia o Divino eAmado mestre destruir toda a base de revolução de sua Doutrina Crística. Em muitas ocasi~ões Jesus falou do que tinha sido dito aos antigos, mas que agora seria hora de ouvi-lo e entendê-lo sobre o mesmo assunto, sobre a ótica do amor incondicional. Quando contrariou a Lei Mosaica- uma coleção de preceitos horizontais, mais materiais do que espirituais, perdoando a adultera, que deveria ser apedrejada até à morte; ou quando contrariou a Lei de Talião, do "olho por olho, dente por dente", ensinando que devíamos amar nossos inimigos, Jesus estava apenas acrescentando o amor e a consciência universal às leis divinas que regiam os Homens, aperfeiçoando-as, buscando dar a bese de conhecimentos interiores que propiciariam a espírito melhores condições de agir e reagir em jornada, evitando intenções e atitudes geradas pelo mal. Com Jesus, a evolução do espírito humano começou uma nova fase, em que fomos ensinados a sermos bons internamente, aprendendo a força da humildade, da tolerância e do amor. Fica caracterizada a importância e a responsabilidade dos instrutores, para fiel tranmissão do Evangelho e da Doutrina Crística.

sexta-feira, 4 de março de 2011

Mensagem de Aganara para o dia de carnaval

Tudo posso fazer, mas nem tudo devo fazer...
Que a luz de Jesus ilumine o nosso país nestes dias de carnaval e... povo jaguar...vamos trabalhar! Sem julgamentos, sem discussões, sem querer impor nossa ótica... vamos trabalhar!

(vida eterna)
                     

Homem- pássaro e homem- peixe: você sabe o que é?

 Tudo na Doutrina do Amanhecer tem uma explicação lógica que nossa Mãe Koatay nos deixou para que nossa missão tenha as bases sólidas do conhecimento e da compreensão. Este assunto é muito interessante e as explicações são retiradas do " Acervo Tumarã', fonte segura para aplacar nossa sede de saber mais sobre a Doutrina.


Homem-pássaro- Com profundos conhecimento de transmutação eletrônica e nuclear, o equituman Numara confeccionou uma espécie de macacão, ao qual deu o nome de Anodai, todo canalizado, que utilizava a enrgia solar para permitir, a quem o usasse, voar por todas as partes, com base na Ilha de Páscoa- Omeyocan, denominada Rapa-Nui por seus habitantes, onde segundo Tia Neiva ainda existem vários desses macacões,  aqueles jaguares atingiram diversos lugares, que registraram na pedra, suas figuras. considerados como simplesmente figura de deuses, pelos cientistas modernos, tiveram sua imagem totalmente alterada, na Ilha da Páscoa, com uma tradição secular estabelecida pelos nativos da região, que, dão o título nobre de homem-pássaro ao nadador que obtiver primeito, intacto o ovo de um pássaro que, uma vez por ano põe seus ovos unicamente em uma ilha distante, o que exuge muita coragem e força dos guerreiros que enfrentavam o desafio. Com as asas do amor, na força da misericórdia e da sabedoria, no domínio doutrinário dos conheciemntos, o Jaguar se torna o homem pássaro capaz de transpor muitos planos espirituais,
 * " Com a gtaça das amacês, foi tecido um macaão, ao qual se dava o nome de Anodai. Todo canalizado, voava pela energia do Sol e, deixado na cabine de controle ali recebiam, também, sua rota. Menos sofisticado do que hoje, porém muito eficientes. Eram Jaguares destemidos, eram Homens-Pássaros que voavam e se estendiam por toda a párte da América. Em todo o continente estátuas enormes, iluminadas destacava a terra dos Homens-Pássaros". ( Tia Neiva, 21.11.81) 

 Homem-peixe- Trabalhando com o magnético animal da Terra e cruzando forças do plano etéreo espíritos do vale das sombras que vivem nos abismos criaram a química ectoplásmática, com que se alimentam e produzem diversas máquinas e aparelhos sofisticados que influenciam e enganam os homens*. Entre as legiões do vale das Sombras podem ser encontrados os homens- peixes, que vivem sob os mares polares e têm inteligência quase humana, que objetivam derreter as geleiras e inundar a Terra pela elevação do nivel das àguas.
*Leia a postagem " entrevista com as Sombras", sobre como o vale Negro age.

A Parábola do jumentinho: lindíssima!

 Amados, se você gostou da parábola do cavalo ( que teve 2.642 visualizações!) vai amar esta parábola do jumentinho! Conte ou recomende para outros que também possam ouvi-la ou lê-la, beneficiando-se deste ensinamento bendito. Que Deus abençoe. 




Jesus andava pelo solo da Galiléia espalhando a luz e o amor. Junto a Ele ia gente de toda a espécie; ladrões, leprosos, doentes, prostitutas, loucos, doutores, cobradores de impostos, gente do povo...Jesus caminhava e a multidão seguia atrás.
Após algums tempo, Jesus se sentou numa pedra. Olhou tristemente a multidão e como se fizesse uma confidência saída de seu coração, buscando preparar todo aquele povo para uma importante decisão que cada um haveria de tomar brevemente, com voz cheia de doçura, contou esta parábola:
 "Nas terras de Nazaré vivia um meigo e dócil jumentinho que servia a todos, sem distinção. Sem dono e sem pouso, estava sempre á disposição de todos daquele lugar que quisessem usá-lo para todo o tipo de serviço, muitas vezes sem qualquer reconhecimento, nem sequer um gesto de carinho. Na mesma cidade vivia um lindo cavalo de pelo sedoso e crina vistosa, porém muito selvagem; raivoso,  sempre dava prejuízo por onde passava, pois destruía bens, derrubava as mercadorias dos comerciantes, dava coices em quem dele se aproximasse.
  Um dia, decidiu-se que um animal deveria ser sacrificado em praça pública para servir de espetáculo aos seres àvidos de diversão  e perguntou-se ao povo se escolhiam para morrer o jumentinho ou o altivo cavalo. O povo escolheu o jumentinho."
E, com o olhar mais triste,  pela ingratidão que moveu o povo naquela escolha, olhou bem nos olhos de cada um que o ouvia naquele momento e concluiu:
 _ Em verdade, em verdade vos digo: è preciso que o povo escolha, porque ao Homem foi dado por meu Pai Celestial o livre arbítrio, porém o homem quando tem a ingratidão no coração esquece da humildade e se deixa levar pelas trevas da ilusão.
  Dias depois, o povo escolhia Barrabás.

 Amados, esta parábola me foi contada por um Espírito de Luz que a ouviu do próprio Mestre Jesus. Salve Deus!