segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

AS NECESSIDADES DOS MESTRES .História verídica.





Salve Deus. Paz e Luz em nossas vidas e em nossas  consciências.
 
Queridos irmãos. Compartilhei, nesta mesma data, um vídeo do Mestre GUTO, Ajanã esclarecendo as dúvidas mais comuns do Mestre Lua, mestre ou missionária do Amanhecer, sendo que, em determinado momento ele fala que quando aceitamos e assumimos a condição de missionários de Nosso Senhor Jesus Cristo é necessário a compreensão de que esta posição é para servir aos outros e não a nós mesmos. Dá o exemplo do médium que realiza um bonito trabalho, às vezes por horas, dentro do Templo em ao final, antes de se retirar, tira o uniforme e passa como paciente em um trono.
Meus irmãos, quando nos propomos ao trabalho mediúnico, sacrificamos muito de nossa vida pessoal e familiar, dispendemos recursos financeiros, utilizamos  muita energia vital e doamos grande quantidade de ectoplasma para a realização dos Rituais. isso tudo de forma inconsciente, porque, muitas vezes não computamos nem mesmo o dinheiro da passagem ou da gasolina, não anotamos as horas de trabalho incessante. por isto, nada precisamos pedir. tudo nos é concedido, pois nosso Pai e nosso Mestre sabem das nossas necessidades antes mesmo de que nós tenhamos tempo para fazer requerimentos.
Vou contar uma história verídica que aconteceu em um Templo e que lembrei ao assistir esta palestra, Salve Deus.
 
Num dia de trabalho exaustivo em um templo do Amanhecer, após algumas horas de Trabalho no Trono, o Doutrinador estava se preparando para desincorporar o aparelho, quando a Preta Velha, Vovó Catarina de Aruanda, o perguntou se queria falar alguma coisa ou pedir alguma coisa e o mesmo disse que somente gostaria de agradecer a oportunidade de trabalho que lhe fora concedida. A preta velha então lhe disse que sua atitude era muito bonita porque apesar de todos os problemas que estava vivendo, nada desejava para si. Então, Vovó Catarina falou com o Doutrinador que o problema da esposa dele já havia sido manipulado durante o Trabalho e que ele fosse para casa porque tudo estaria solucionado. Sendo que a mulher havia decidido não mais sair de casa e o esperava com carinho, buscando nova oportunidade. O doutrinador caiu em um choro convulsivo, pois não tinha comentado, por vergonha com ninguém este seu problema, tendo-o entregado a Deus  e aos seus Mentores e aos Mentores da esposa que era Ninfa de incorporação da Doutrina. Ele tinha ido naquele  ao Vale do Amanhecer trabalhar para não assistir a saída da esposa do lar do casal, pois ela tinha decidido sair de casa e ir morar  com um filho separando-se do Doutrinador, alegando que a vida do casal estava muito difícil e ela não queria mais ficar casada com o mesmo. Esse Doutrinador não precisou pedir nada à Preta Velha nem se referir ao seu problema, através de seu merecimento as energias foram manipuladas dentro da lei crística e o problema solucionado dentro do amor, tolerância e humildade dos envolvidos.
Quando o aparelho desincorporado olhou para o Doutrinador ele ainda chorava e emocionado, ainda no Trono, contou esta história,
Salve Deus.
 

AS DÚVIDAS MAIS COMUNS DO MESTRE LUA- Vale a pena assistir.


quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Palavra de Aganara: UM DIA DEPOIS DO NATAL...

Salve Deus, irmãos e Mestres. Que Jesus Menino cresça em nossos corações.
 


 
 
Meus queridos (as) somos jaguares.
Ontem foi a noite de Natal neste imenso universo em que a maioria dos seres reverenciaram, ainda que, a grande maioria somente destaca esta única data para voltar seu pensamento ao Cristo de Deus, sendo que os demais dias do ano se esquecem totalmente da essência espiritual que os move. E, na verdade não importa que não seja a data precisa, não importa se o Mestre nasceu em outro dia qualquer, pois para muitos corações humanos o Berço divino está montado, nesta noite, a fim de abrigar a energia Daquele que conhecemos como ' Filho dileto de Deus", "Salvador", "Messias" e que para nós, jaguares, é somente o MESTRE, amado e divino. Aquele que desencarnou em dores atrozes, mas, nos legou a alegria da existência evolutiva, nos ensinou que a verdadeira felicidade é servir ao próximo, que sempre é nosso irmão como nos foi ensinado na Lição crística de Jesus.
Ontem, sinos repicaram em muitas igrejas, hinos, mantras e cântico encheram a atmosfera de paz e harmonia. As luzes do Natal iluminaram os palácios e as choupanas sem distinção de brilho, de encanto. orações e preces, em uníssono, se elevaram as mais altas orbes celestes. abraços, votos e emoções dos encontros esperados ou não. Copos e  pratos  saciaram os corpos, danças e músicas expressaram a alegria dos seres pela comemoração do momento.
Porém, ainda existe um outro Natal que em nada nos lembra o renascimento Daquele que veio conduzir a Humanidade de volta para Deus, irreversivelmente.

Você, meu irmão, minha irmã; pode não ter visto a menina abandonada pela vida se banhando em um bueiro. Um velho num leito de desamparo a relembrar os dias felizes de sua existência. Uma jovem mãe abandonada que, em meio a revolta e a dor, chorava com o filhinho ao colo. O  desespero de uma mulher que reencontrou seu único filho morto no asfalto vítima da violência e do descaminho. O presidiário que esquecido pela sociedade buscava detrás das grades vislumbrar a beleza daquela noite. O  menino e a menina órfãos de pais vivos esquecidos em um abrigo qualquer e que já nem buscam a figura do Papai Noel, porque não sonham mais, não creem mais. acredito que também não viu o homem desempregado ou sem condições financeiras para oferecer á família o básico da sobrevivência. Não viu os leitos de dores dos hospitais onde ricos e pobres materiais sofrem a dor sem sobrenome.
É, meu irmão, minha irmã. protegido pelo aconchego de nossos lares não vemos estes natais tão próximos de nós; não vemos, também, a imensa maioria de seres humanos que, sem corpo visível, gemem e choram acrisolados no ódio, na vingança e na destruição e mesmo nesta noite especial ainda não tem condições evolutivas para através do perdão e do arrependimento (pois todo aquele que deve perdoar, ao mesmo tempo precisa se arrepender da participação direta ou indireta, consciente ou inconsciente que levou o outro à necessidade de ser perdoado), se libertar e comemorar o Natal como verdadeiro filho de Deus, com amor e pelo amos, como deve ser a verdadeira comemoração natalina.

Eu sei que cada verdadeiro jaguar elevou a mente ao Pai e distribuiu as Energias aos mais necessitados. E, se não o fez, vamos nos lembrar que haverá outros natais, novas oportunidades ricas e felizes para servir e oferecer este serviço desinteressado como um modesto presente de aniversário ao mais amado, perfeito e divino aniversariante deste  universo: o querido e amado Mestre Jesus, que se fez pequenininho para caber em todos os corações, sendo que mesmo hoje, dois mil anos depois de sua chegada a este planeta ainda nos faz relembrar desta data e nos concede oportunidade para reflexões como esta e, quem sabe, dia haverá que, após tantos natais somente haja a alegria, a felicidade, a igualdade e o amor sobre a Terra. Salve Deus.
 
FELIZ NATAL,

sábado, 13 de dezembro de 2014

VENCEDORES E DERROTADOS: Lindo texto!

SALVE DEUS.


Meu irmão, minha irmã; este texto nos traz uma grande oportunidade de reflexão acerca de nossa personalidade, vale a pena ler e tomar consciência da nossa posição diante da vida e dos problemas cotidianos. Boa leitura!
 

 



Quando um VENCEDOR  comete um erro, diz " enganei-me", e aprende a lição.
Quando um DERROTADO comete um erro, diz:" a culpa não foi minha", e responsabiliza terceiros.
Um VENCEDOR sabe que as aversidades é o melhor dos mestres, um DERROTADO sente-se vítima diante de uma adversidade.
Um VENCEDOR sabe que o resultado das coisas depende de si. Um DERROTADO acha-se perseguido pelo azar.
Um VENCEDOR trabalha muito e arranja sempre tempo para si próprio. Um DERROTADO está sempre "muito ocupado" e não tem tempo sequer para os seus.
Um VENCEDOR vence os desafios um a um. Um DERROTADO contorna os desafios e nem se atreve a enfrentá-los.
Um VENCEDOR sempre se compromete, dá sua palavra e cumpre. Um DERROTADO faz promessas, não "mete os pés no caminho" e quando falha só sabe justificar.
Um VENCEDOR diz  sou bom mas posso ser melhor ainda" Um DERROTADO diz " Não sou tão mau assim; há muitos piores do que eu"
Um VENCEDOR ouve, compreende, responde. Um DERROTADO não espera que chegue  sua vez de falar.
Um VENCEDOR respeita os que sabem mais e procura aprender algo com eles. Um DERROTADO resiste a todos os que sabem mais e apenas se fixa em seus defeitos.
Um VENCEDOR sente-se responsável por algo mais que seu trabalho. Um DERROTADO não se compromete nunca e diz: "" faço o meu trabalho e e´quanto basta".
Um VENCEDOR diz:" Deve haver uma melhor forma de o fazer". Um DERROTADO diz: " sempre fizemos assim. Não há outra maneira"
Um VENCEDOR é parte da solução. Um DERROTADO é parte do problema.
Um VENCEDOR consegue ver a parede em sua totalidade. Um DERROTADO fixa no azulejo que está lhe cabe colocar.
Um VENCEDOR, como tu, passa esta mensagem aos amigos. Um DERROTADO lê e a destrói.

JESUS E OS COBRADORES- Mestre Mário Sassi

Salve Deus.
Paz e Luz em nossos corações!






Estes ensinamentos de Mario Sassi, Trino Tumuschy, " Sob os olhos da Clarividente" é muito relevante e pode ser semente que. se cair em corações fecundos, floresce dando bons frutos! Salve Deus.
" Esse problema é tão fundamental em nossa vida, que o Mestre dedicou a ele boa parte da Doutrina. Em Mateus 5 ele nos aconselha a não zombar de nosso próximo e procurar sempre a reconciliação antes de oferecer os serviços a Deus.
Mas, quando ele diz, que não devemos hesitar em fazer a paz com o adversário, enquanto estivermos em caminho com ele, Ele é ctegórico e, em poucas palavras define toda a situação  dos espíritos encarnados na Terra.
O principal objetivo de nossas encarnações são os nossos reajustes. Para que o espírito aceite essas situações desagradáveis, e saiba que, na condição de ser encarnado, ele só compreende o acontecimento se as condições forem semelhantes. Por isso o cobrador é colocado em nosso caminho, para que possamos percorrer com ele a mesma, sentir as mesmas dificuldades, numa espécie de reavivamento de memória do espírito.
Mas, se ele não perceber a situação, não entender que os motivos da cobrança não se referem a essa etapa, mas resultam de males causados anteriormente ao espírito que o persegue, ele pode perder a oportunidade encarnatória e com isso se libertar e seu carma. Essa e a principal preocupação de Jesus ao exortar o reajuste como algo importante de nossas vidas.
Sem dúvida, muita coisa pode ser resolvida, em termos de débitos cármicos, com a nossa "oferenda", isto é, com o nosso trabalho mediúnico, com a prática da caridade e do amor ao próximo. Mas essa oferenda não tem validade para o nosso cobrador. Dele roubamos uma energia específica e ele só se sente "vingado" quando vê o seu devedor "castigado" da mesma forma que ele foi injuriado. Por isso é feita uma encenação semelhante àquelas reconstituições de crimes, que a polícia faz quando quer provar a culpa do criminoso.
É por este prisma que o Médium deverá  entender os fatos atuais que lhe acontecem, apesar de sua dedicação ao trabalho e seu propósito de servir a Deus. A lei terá que ser cumprida até o último centil e Jesus foi muito claro quando disse: " Não julgueis que vim abolir a Leio e os profetas; não os vim abolir mas levar à perfeição; pois em verdade vos digo que enquanto não passarem o céu e a terra, não passará um jota nem um ápice sequer da Lei até que tudo chegue à perfeição". ( Mateus 5, 17-18)
Com isso nós temos a garantia de que enquanto existir uma conta a ser acertada, existirão o céu e a terra para proporcionar condições para esse acerto. Por outro lado, à adesão à Escola do Caminho não isenta o aluno do cumprimento daquilo que é fundamental, seu reajuste com a Lei so carma."

MENSAGEM PR O FINAL DE ANO.


PAZ E LUZ EM NOSSOS CORAÇÕES. QUE JESUS REINE ENTRE NÓS!





Um novo dia amanhece
e de nada valerá a luz do sol
se você buscar a escuridão.
Não verás o caminho
nem a beleza das flores
nem o milagre da Vida
Apenas vislumbrarás
o negror do teu próprio coração.

Se não decidir levantar-se junto com os pássaros
junto com o renascer diário de toda a natureza
com esta renascer a cada amanhecer
jamais poderá ser um novo ser
a cada dia...
Saiba que Deus
que é todo Poder e Bondade
não fez os dias e noites por capricho
Mas, na sua zelosa paternidade
os fez como um divino sinal
que é hora de recomeçar
E neste recomeço contínuo
que fazes junto com todo o universo
o Homem saberá que sempre é possível fazer novamente
consertando erros, perdoar ofensas, construir...
Enfim, a cada novo dia em que vives sobre a Terra
uma nova oportunidade
sempre há de surgir!

IRmão jacó- psicografia de Jurema Maria.

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

O QUE É SER MÉDIUM- Suely Caldas Shubert








você se indaga, às vezes, se as sensações que tem sentido são realmente de carátermediúnico ou apenas estados emocionais ou, ainda, se certos acontecimentos não seriam meras fantasias ou suposições erradas, por ficar impressionado em demasia com tudo o que lhe ocorre.

Porém como saber? Afinal, o que é ser médium?
Usualmente, denomina-se médium aquele em quem a faculdade mediúnica se mostra de forma ostensiva. Entretanto é bom saber que todos os seres humanos têm mediunidade em estado latente, como um princípio, uma semente, que poderá ou não desabrochar no curso da existência terrena.
Allan Kardec, o Codificador do Espiritismo, explica que todos os indivíduos são mais ou menos médiuns, no sentido de que somos influenciáveis pelas sugestões alheias, podendo estas partir de espíritodesencarnados que nos desejam influenciar. Isto se dá através da sintonia mental, de forma espontânea e natural, surgindo na mente doindivíduo como uma idéia, um pressentimento, que são também chamados de “intuição”. Isto pode estar sendo lançado por um espírito desencarnado, e a pessoa aceitará a idéia ou não, dependendo do seu livre arbítrio.
Voltemos ao termo “médium”. É importante saber que esta palavra significa “aquilo que está no meio”. Allan Kardec propôs esta terminologia, inclusive as palavras “Espiritismo”, “espírita”, etc. Para designar coisas novas trazidas pelos Espíritos Superiores à Humanidade.
Assim, médium é o intermediário, aquele que intermedia a comunicação de um espírito com as demais pessoas.
A eclosão da mediunidade não depende de religião, idade, raça ou sexo. Muitas criaturas, não conhecendo nadasobre o assunto, ficam amedrontadas, outras temem as responsabilidades que são inerentes ao exercício mediúnico e recusam-se a conscientizar-se acerca da sua faculdade. Evitam de todas as maneiras qualquer conversa ou situação relacionadas com o tema, mas, se os sinais de mediunidade forem muito evidentes, intensos e freqüentes, essas pessoas ficam sujeitas a alguns problemas mais graves decorrentes das presenças espirituais ao seu lado, as quais captam sem saber como se defender ou precaver-se contra assédios negativos.
Mas, afinal, como saber se sou médium ostensivo? É a pergunta que lhe ocorre.
Existem indícios que caracterizam a presença da mediunidade de forma expressiva. O Espiritismo aclara e orienta todo esse processo, auxiliando o médium principiante e possibilitando o exercício da mediunidade de maneira equilibrada e serena, que lhe confere bem-estar e paz interior.
Alguns dos indícios do desabrochar da mediunidade podem ser relacionadas. São eles:
alterações emocionais súbitas;
acentuada sensibilidade emotiva;


necessidade compulsiva e inoportuna de escrever idéias que não lhe são próprias;
calafrios, sensação de formigamento nas mãos e na cabeça;

mal-estar em determinados ambientes ou em presença de certas pessoas;

sensações de enfermidades inexistentes.
Estes sintomas podem surgir de forma associada, com maior ou menor intensidade, prevalecendo um ou outro ou vários, conforme a condição espiritual do indivíduo.
Que fique bem claro que alguns desses sintomas citados podem ocorrer, sem que seja necessariamente um sinal de predisposição mediúnica. Outro ponto que merece ser ressaltado é que mediunidade não é doença. Também não deve ser encarada como um privilégio ou, sob outro aspecto, como uma sobrecarga de responsabilidade de tal teor, que somente uns poucos conseguirão levá-la adiante.
O desabrochar da mediunidade representa para o ser humano um horizonte novo que se abre para ele. É um chamamento, um convite a fim de que se volte para o bem, que desperte para as realidades maiores da vida. É uma responsabilidade sim, mas, sendo vivenciada com seriedade, com amor e disciplina, será sempre fonte de benefícios, em primeiro lugar para o próprio médium.
Às vezes as pessoas têm uma impressão distorcida acerca do Espiritismo pelo que a mídia apresenta, ou seja,pessoas que são médiuns mas que, na verdade, não são espíritas, embora assim se apresentem, e que se utilizam da sua faculdade para aparecerem, para divulgarem suas produções mediúnicas, mas que não têm as características espíritas, cujas orientações são sempre voltadas para fins sérios, altruísticos e renovadores, sem qualquer conotação de rituais ou de lucros materiais.
Se você apresenta as características acima mencionadas, se o que lhe está acontecendo se encaixa nestes pontos relacionados, é provável que a mediunidade lhe esteja sinalizando a busca de uma nova vida, de um caminho novo, espiritualizado, para que você encontre, enfim, o sentido transcendente da vida terrena.



“A mediunidade não veio em minha vida por acaso. É um compromisso que assumi perante a Espiritualidade Maior. É como um convite para reavaliar tudo o que fiz até hoje e recomeçar em bases espiritualizadas e seguras, descobrindo através do intercâmbio com os seres invisíveis um novo caminho para ser feliz.”

transcrito do site "Caminhos de Luz";

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

NA ERA DOS OITO...

 
 
 
Caros irmãos. Jesus nos abençoe, hoje e sempre!
 
A passagem da época da escravidão no Brasil foi uma época de Grandes Libertações, mas, também de enormes endividamento espiritual, pois cada espírito encarnado àquela época, de acordo com sua evolução, agiu de acordo com esta evolução e, assim, de acordo, ou não com o Sistema Crístico.
Também é uma Base da nossa Doutrina com as Histórias trazidas por Tia Neiva, cachoeira do jaguar, por exempo, que nos trouxeram Grandes Mentores que nos ajudam atualmente na Corrente Indiana do espaço, Vale do Amanhecer.
"Para os espíritos missionários, orgulhosos e perdidos em descaminhos da consciência, a escravidão tinha o mais profundo sentido iniciático: não podendo impor as exigências do corpo físico  e de sua alma, o escravo era obrigado a ceder as exigências, matando ou eliminando sua personalidade para dar vazão á sua personalidade.
Neste período de escravatura, de mais ou menos trezentos anos, um grupo de escravos lançou as bases da etapa final da Escola do Caminho, criando as raízes da religiosidade brasileira, com base no africanismo, em busca das condições que permitiram a reabertura da porta fechada, do Oráculo de Ariano .
Desse grupo se destaca dois espíritos de elevada hierarquia, Pai João e Pai é Pedro- a Lei e a Alta Magia- missionários que tiveram duas reencarnações no período colonial brasileiro, liderando aqueles espiritos que no Anjical e na cachoeira dos jaguares, viveram o princípio desta força luminosa- A Corrente do Astral africano no Brasil, que hoje tanto nos assiste em nossa Doutrina.
O médium de incorporação, que sempre existiu sob uma força nativam recebeu, dentro do africanismo, uma nova forma: sua força, com a consagração de Nossa Senhora do Apará
- Nossa Senhora da Conceição- teve a transformação para uma força crística extraordinária, agindo em seu plexo iniciado, com muito maior responsabilidade por ser instrumento da Voz Direta.
Koatay 108, em sua missão de unificar as bases energéticas para formar Raiz do Amanhecer, puxou a energia dos Pretos Velhos, reuniu os Aparás e fez o doutrinador,m coroando de êxito tudo  o quanto nos foi legado pelo africanismo.
Segundo Tia Neiva " era um sacerdócio poderoso, onde o Jomem se concentrava, salientando felicidade, moderação e equilíbrioo perante os momentos menos felizes dos outros. Hoje nós somos os espíritos luminosos no meio desta confusão, como foram os Nagôs e os Enoques, que trouxeram essa força para o Brasil;
 Hoje nós estamos vivendo o Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo. Vimos, até agora, como houve esta grande explosão. como se fexhou esta fase da força do  Céu e da Terra e como essa Luz foi transportada para cá, parcialmente, o que permitiu o nascimento do Doutrinador e do Apará."
E a Doutrina do Amanhecer, dentro do seu dinamismo, tem muitos aspectos interessantes, porque nos ensinam o fantástico leque de forças  de que dispomos, como por exemplo, ação de Cura dessa grandeza, que nos chegou da Àfrica, explicada por Tia Neiva:" quando o anjo Ismael decidiu que o Brasil seria a pátria do Evangelho, vendo a chegada do africanismo, convocou, os cientistas alemães, provocando sua sublimação e pproibindo o curandeirismo. Estabeleceu-se que os médicos de cura desobesessivas baixariam nos aparelhos mediúnicos, enquanto os médicos de curas físicas terrestres atuariam nos médicos profissionais encarnados na Terra" ( Do Acervo da Doutrina)
 
 
 
 
 
 

A DOUTRINA E A VIBRAÇÃO DO JAGUAR.


Salve Deus. Luz Bendita sobre nós!
 
 
Este lindo texto é mais uma grandiosa mensagem de nossa Mãe Mentora, Tia Neiva. devemos meus irmçaos e irmãs, lê-lo e guardá-lo em nossos corações, com muito amor.
 
 
 
             
 
"Meus Filhos Jaguares
Salve Deus
 
Sabemos que a alma tenta fabricar e modificar o organismo através dos séculos. Em geral a sensibilidade fluídica do ser é proporcional qao seu grau de pureza e adiantamento moral.
Nessa regra vivemos no meio de uma multidão invisível que assiste, silenciosa, atenta, às mesquinharias de nossas existências, participam pelo pensamento de nossos trabalhos, de nossas alegrias e  de nossas penas.
Lembre-se Filho, que não é possível animar o corpo se a alma está ausente.
Se a alma busca as coisas distantes de sua Doutrina, não há calor para a Doutrina.
Sim, filho, além do PERISPÍRITO, que vive dentro do nosso corpo (centro nervoso), temos partícula do sistema fluídico, que vivem dentro de nós e que, na realidade, como anti-matéria, sustentam-nos e se transmutam pela alma.
Essas partículas que adquirimos, são a própria vida enos dão todas aa variedades de percepções  sensoriais, calor e frio, se temos muitas partículas, e são também a energia dos rituais.
Contudo, os materialistas grosseiros não acreditam nos mundos anti-matéria. No entanto, até hoje não conseguiram cortar ou queimar coisa alguma das que lhes incomodam.
No entanto, a PRECE, o nosso CANTO, lhe faz sentir ou perceber uma presença explicada mais claramente!...
O Homem vive a buscar a destruição do outro. Falta de visão. A teima em não aceitar, porém, que a sua vida é a sua anti-matéria.
E na busca nuclear está destruindo a sua matéria.
Na realidade, vivemos a nos destruir.
salve Deus!
 
Com carinho a Mãe em Cristo.
Tia Neiva.
Vale do Amanhecer, 14 de agosto de 1981."

ENERGIAS CÁRMICAS- Trino Tumuchy

Salve Deus. Jesus em nossos corações e em nossas mentes!
 
 
"Para que um Espírito possa ocupar um corpo físico  e suarespectiva alma, e com isso formar um Homem, um Ser Humano, entram em jogo múltiplos fatores, alguns dos quais podem ser analisados e compreendidos pela visão científica da vida.
Dois seres humanos se complementam e dão origem a um terceiro. Ambos são portadores de fatores genéticos e, da combinação dos genes fica estabelecida a estrutura fundamental do novo ser.
A partir desse ponto forma-se o feto, cujo sistema nervoso e o cérebro espinhal se  entre o segundo e o terceiro mês de gestação. No terceiro mês o espírito passa habitar naquele corpo.
todo o processo está compreendido nas leis que regem os planos físicos e seus complementares etéricos e astros do planeta, até o momento do espírito aderir ao corpo. Para que isso aconteça entra em jogo um fator extraterreno ou hiperetérico chamado Fagulha Divina, Átomo Cristico, etc.
Se não existisse esse fator extra etérico, o fenômeno da vida seria passível de ser controlado pelos Homens. Sem essa fagulha divina não existe reencarne, não começa a vida humana, a não ser em termos apenas biológicos
 
 
 

sábado, 1 de novembro de 2014

0 QUE É O VALE DO AMANHECER-IV

Salve Deus, meus irmãos e irmãs em Cristo. Que Jesus ilumine nossas mentes e os nossos corações.
O relato que faço é mais um relato para mostrar e demonstar  que realmente tudo nos é concedido para o cumprimento de nossa missão, sendo que, na qualidade de médiuns do Vale do Amanhecer, temos as orientações e auxílio quando temos necessidade. Salve Deus,
Como muitos sabem, para que possamos construir um espaço físico no Vale é muito difícil; a questão financeira precisa ser vencida, uma vez que todos  (ou a maioria) ajuda dentro de limitadas possibilidades, não aceitamos doações de nenhum tipo ou fonte, não há pagamento de taxas... de modo que, sempre recolhemos centavos por centavos para as obras. E, assim, estamos construindo o Pequeno Pajé do Templo Tanor do Amanhecer. Foram muitas rifas, bingos, festas, vendas de guloseimas, barraca de roupas em feira livre... mas, agora, está quase pronto!
Desde o início das obras, tínhamos o sonho de pintar nas paredes a "Aldeia Encantada" e sabia que caberia a mim fazê-lo. Imaginamos uma linda cacdhoeira, as ocas, as árvores e tudo ficvaria muito lindo. Mas, apesar de ser ta,bém professora de crianças, nçao seu desenhar quase nada. Faço um patinho a partir do número 2, uma casinha de figuras geométrica, essas coisas.
Quando chegou a hora de fazer a pintura, me preparei e tirei fotos de paredes pintadas que retratassem pinturas de flores, cachioeiras, montanhas; sò que, um dia antes de começar, sem qualquer motivo, deixei a máquina cair e fiquei sem qualquer modelo ou orientação. Mesmo assim  fomos para o Pequano Pajé que já tinha as paredes previamente preparadas por nós, fizemos uma prece para Vovó Marilu, solicitando seu auxílio para o Trabalho. Iniciei a pintura. Descobri que os moldes que levara de nada servia e, assim, comecei a pintar livremente, com a ajuda do Adjunto Gazano, Mestre Ângelo, meu marido e mestre. No decorrer do trabalho, percebi, muito aborrecida, que não saberia fazer a cachoeira que todos deesejavam ver pintada na parede acima da fonte que foi feita para escoar água durante a Linha de Passe de Vovó Marilu. Comuniquei o fato á Aponara Alice, que disse " Liga não, mãe. Não precisa fazer a cachoeira não. A gente traz o quadro com a oração do Pai Nosso das crianças e coloca no espaço. Já tem a fonte, vai ficar legal". Embora aborrecida, Concordei e seguindo a opinião da Aponara fui preparar a tinta verde para pintar jardim onde seria a cachoeira.
Preparei a tinta verde e quando ia voltando para pintar o espaço branco onde seria pintada a cachoeira, parei, admirada. A cachoeira já estava pintada! O espaço em branco que eu deixara para pintá-la já mostrava uma linda queda d' água, só faltava retocar! Muito feliz, pedi ao Mestre Ângelo para olhar e ver se enxergava também uma cachoeira ou se eu estava imaginando coisa. E ele ficou muito feliz, porque estava inconformado de não pintarmos a cachoeira. Chamei a Aponara que também ficou felicíssima de ver a cachoeira milagrosamente surgida dos borrões de tinta branca e azuis que eram minha tentativa frustrada de pintar a cachoeira. Só foi necessário um pequeno retoque. Fiquei muito feliz; e, neste instante tive a intuição de pintar uma casinha e uma Preta Velha sentada na paisagem e, certamente com a ajuda da Espiritualidade consegui fazer!
Queridos temos sempre a ajuda de nossos Mentores quando trabalhamos com amor; e precisamos acreditar nesta verdade sempre e para sempre. Salve Deus.
Na foto vocês podem ver a pintura e meu netinho Eros Tanor posando para nós.
 
 
 
Deus abençoe a todos!  

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

O Triângulo- o que significa?

Salve Deus. Meus irmãos e meus mestres. Esta postagem é transcrita do livro " Os Símbolos na doutrina do Amanhecer- Sob os olhos da Clarividente, de Carmem  Lúcia Zelaya.
 



 
Triângulo
Para muitos simbolistas, o triãngulo, conforme a tradição cristã, corresponde à Santíssima Trindade. Para nós, representa os três princípios que regem a Doutrina do amanhecer e orientam o Jaguar em sua marcha evolutiva: amor, humildade e tolerância.


 
O vértice superir nos fala da evolução do Homem e de sua conexão com os Planos Espírituais.
O triãngulo identifica ainda o Apará, médium cuja responsabilidade é de transmitir as mensagens que vem do Céu por meio dos abnegados mentores que aqui prestam assistência espiritual. Preenchido com a cor vermelha, esta que, na Doutrina, identifica a cura desobsessiva, comporta, em seu interior, o livro que corresponde ao Santo Evangelho. Acentuando, com isso, a dimensão cristã de nosso Sistema Doutrinário. É importante salientarmos que a Mesa Evangélica, trabalho dedicado á cura desobesessiva, apresenta a forma de um triângulo isósceles.

MÃE TILDES:Você conhece este Espírito?






MÃE TILDES é uma grande missionária, um espírito de Luz que assume a roupagem de simples Preta Velha, na humildade de escrava que foi no "Gongá de Zefa", no sul da Bahia, onde exerceu plenamente as atividades mediúnicas, buscando harmonizar as forças iniciáticas daqueles espíritos já interligados pelas origens de nossa Corrente, que para ali foram atraídos por suas faixas cármicas e por suas Missões.
Foi uma defensora da libertação dos escravos. Para isso teve que usar muitos dos seus conhecimento sobre o transcedental daqueles senhores de engenho e sinhazinhas, buscando aliviar os seus carmas, convencendo-os a se dedicar à Lei do Auxílio.
É considerada a Padroeira do Lar. por seu amor e sábios conselhos para manter a união e a harmonia de casais e da família, nos atendendo em nossas complicações sentimentais e nos ajudando nos momentos difíceis de nossas vidas, cuidadndo com muita ternura, das crianças.
Alma gêmea de Pai João de Enoque, veio com ele em diversas encarnações, especialmente quando do deslocamento das raízes africanas, realizado pelos escravos que vieram para o Brasil Colônia. Muitos Jaguares conviveram com Mãe Tildes na Casa Grande de Angical, na Bahia, daí a origem do nome "Casa Grande", a casa onde viveu Tia Neiva e seus filhos.
 
Interessante:
 
Para que o Pintor Arnaldo pudesse retratar Mãe Tildes, Tia Neiva posou para o artista, vestindo-se a caráter, colocando, inclusive, um turbante na cabeça.
 
O nome de Mãe Tildes é Matildes e no início ela se apresentava para Tia Neiva como Adelina.
 
( Com base no livro " os Símbolos na Doutrina do Vale do Amanhecer- Sob os olhos da Clarividente, de Carmem Lúcia)


segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Um sonho com Tia Neiva!




Me encontrei com Tia Neiva sem maiores percalços, como se isso fosse muito natural, embora há  muito tempo não me lembro de tê-la encontrado. A não ser que não tenha lembrança, embora tenha acontecido, o que é muito comum em pessoas ainda em evolução, simples espírito imperfeito, que não tem grande capacidade mediúnica.
_Salve Deus-, filha- Me disse ela, naturalmente.
_ Salve Deus, Tia.- nestes transportes procuro falar o menos possível e deixar minha mania de falar pelos cotovelos.
- Você quer conversar comigo, não é? Vim justamente para essa conversa. Percebo eu você está andando meio agitada, com um padrão vibratório comprometido pelas interferência que não está conseguindo evitar, por que, filha? Você tem os Mentores, tem minhas palavras, tem instruções, por que tanto desatino?
_ Sabe, Tia- falei. Não sei se a senhora está sabendo de tudo o que tem acontecido com a Doutrina e acho que a situação está interferindo, não só em mim especialmente, mas, nos, jaguares em geral. Muitas situações de desequilíbrios tem acontecido entre nós...
_ Eu sei de tudo o eu acontece no Vale do Amanhecer e também com os meus filhos, que não abandono, assim como Pai Seta Branca. Porque vocês não acreditam? Tudo já foi dito. Até quando vocês precisam receber mensagens para se equilibrarem, e na maioria das vezes  não querem entender? As consequências são graves para os que teimam em desobedecer as orientações e as Leis do Amanhecer, já expostas e do conhecimento de todos! O seu padrao vibratória é a tua sentença!...
Muitos tem buscado os caminhos do desequilíbrio, nos julgamentos, críticas e nas conversas .sem necessidade, desrespeitando seus Mentores e as armas que usam, sem se preocupação com o preço a pagar. Mas, que ninguém culpe o outro, eu nenhum Jaguar procure colocar a culpa de maus  atos nos irmãos, porque cada um é o responsável pelos próprios atos. Eu caminhei por árduos caminhos, mas, não coloquei minhas dificuldades para ninguém, por isto posso dizer a vocês, meus filhos, que busquem a força de seu Sol Interior e, com dificuldade, siga o seu caminho, mas, prestem atenção: não tragam dificuldade para os outros, entenderam?
Sabe filha, Jesus, Pai Seta Branca e os Mentores respeitam muito, mas repeitam muito mesmo o livre arbítrio de vocês mas, chega um ponto que a ação espiritual tem que ocorrer até mesmo para que o desatino seja menor. Tudo  está dentro do que pode ser aceito. Imagine um  revoado de passarinhos, parece, de repente que cada um voa do jeito que quer e a gente vê uma confusão no céu, cada passarinho indo aonde quer, entendeu? Mas, de repente, por uma força maior ele se juntam e voam em harmonia, juntos e unidos.

Pense num areal sendo que os grãos de areia estão todos juntos até que a ventania espalhe toda a areia por todo lado, mas, do jeito que a areia é espalhada ela se junta novamente, porque é assim que funciona a Lei. Ninguém se preocupa com as aves que voam nem com a areia que espalha, porque vocês se preocupam tanto com o comportamento de seus irmãos, se tudo se ajeita na hora certa? caidade, caridade, caridade, tolerância, humildade e amor, é o que deve ser a preocupação do verdedeiro jaguar!
Salve Deus.
Eu acordei e tratei de anotar o que sonhei.

Juiz de Fora, 20 de agosto de 2014.



COLÔNIAS ESPIRITUAIS Você sabe o que são?


imagem da internet
Muito ouvimos falar das Colônias, através de depoimentos de vários irmaos desencarnados e tantas vezes, nos transportes vamos até alguma Colônia mas, pensamos "ser apenas um sonho". Muitos não tem nenhuma noção clara do que vem a ser uma Colônia. 
No Vale do Amanhecer, denominam-se "Casas Transitórias" porque os Espíritos que ali se abrigam ficam provisoriamente, ou seja até ser encainhado a outra Casa Transitória ou até o encarne. No Kardecismo, a Colônia mais famosa é "Nosso Lar", cujo conhecimento nos chegou através do relato do Espírito André Luiz, na psicografia de Chico Xavier. Além de Nosso Lar, temos informações da existência de "Aurora", "Aruanda", "Moradia" "Alvorada', entre tantas outras, confirmando as Palavras do Mestre Jesus "Na Casa de Meu Pai tem muitas moradas."
Buscando apoio no Acervo doutrinário do Vale do Amanhecer, encontramos o seguinte texto das "Observações Tumarã"
CASAS TRANSITÓRIAS são lugares especiais, no Plano Etérico, para atendimento aos espíritos encarnados na Terra e sua interelação com os desencarnados. Elas projetam os Sandays e são presididas pelos Oráculos. existem vários tipos de casas transitórias, que atendem aos diversos planos vibracionais dos város grupamentos espirituais ministrando instruções, aendimento aos doentes, especialmente mentais, e outros tipos de auxílio. Quando ainda estava no Tibet, Jesus estabeleceu as casas transitórias, verdadeiras estações espaciais que incluem o Canal Vermelho, o primeiro degrau celestial, um mundo estérico que recebe os espíritos da Terra e onde esses espíritos passam por diversos estágios que necessitam para sua progressão,compreendendo as várias fases que vão desde a recepção após deixaram Pedra Branca, quando desencarnaram até
nova programação para seu reencarne, passando pelos muitos estágios de recuperação Para as Casas Transitórias  se deslocam, na maioria dos casos por desdobramento, os espíritos que vão ser atendidos, ou que vão trabalhar, mas geralmente não se guarda nada na memória, ao retornar ao corpo, ficando uma vaga lembraça ou um simples sonho.
Assim podemos constar que a misericória de Deus não tem limites, pois após o desencarne, todos terão um cantinho no Plano Etérico onde se abrigar com todas as condições para continuar a evolução infinita do seu espírito!

domingo, 10 de agosto de 2014

COMO OS ESPIRITOS INFLUENCIAM NOSSOS PENSAMENTOS E NOSSO COMPORTAMENTO.
                         (De acordo com o “Livro dos Espíritos- Allan Kardec)
            



  
A  influência dos Espíritos sobre os encarnados é muito grande, seno que, na maioria das vezes, os desencarnados dirigem a vida dos que vivem na carne. Sempre temos pensamentos que são nossos mas, muitos pensamentos são sugeridos peA lo Mundo Espiritual ( que muitas vezes chamamos de INTUIÇÃO ou PRESSENTIMENTO).Se a pessoa é Médium pode vir a receber uma psicografia, que nem sempre é uma mensagem de um desencarnado para sua família, mas, poder ser uma obra de arte, uma música, um livro, uma ideia para alguma negócio. Também pode ser um aviso para fazer ou deixar de fazer alguma coisa. Se o Espírito é evoluído, age com o Bem, caso contrário, age para o Mal.Sabemos que o pensamento é de um Espírito quando parece uma voz que “nos fala”; os nossos  pensamentos são o primeiros; Entretanto não devemos nos preocupar com isso e sempre agir dentro de nossa consciência, tendo em vista sempre o bom comportamento.
Para distinguir o pensamento que nos foi  por um bom ou mal Espírito é fácil; basta analisarmos a ideia e ver se ela é boa ou má;
, se ajuda ou não as outras pessoas, se nos faz bem ou mal, sempre entendendo que os”maus” Espíritos nos lvam a fazer o mal para que soframos com eles, apesar do nosso sofrimento não lhes servir para nada, agem por inveja de verem pessoas felizes e que crescem espiritualmente.
Muitos se admiram e perguntam porque Deus permite a ação para o Mal dos Espíritos sobre os homens e, isto é fácil de entender, pois Deus deixa a pessoa livre para que ela aja de acordo com sua vontade e estes Espíritos são instrumentos para testar nossa fé e nossa influência em fazer o Bem; devemos saber que atraímos este tipo de influência quando desejamos ou quando temos pensamentos fora da Lei do Amor. Devemos ser fortes e enão escutar a voz dos Espíritos que nos transmitem maus pensamentos, que nos incitam à discórdia e as más paixões, sabendo que eles se aproveitam de situações que vivos ou  provocam situações para agir sobre nós. O perigo da má influência de um mau Espírito é que pode chegar AA obsessão, à possessão, que é quando o Espírito age sobre o corpo de um encarnado como se o corpo fosse dele.

Leia as situações abaixo e diga se o espírito que age é evoluído ou não:

1-      Bethoven, já surdo, acordou uma manhã e correu ao piano, a noite toda ouvira uma linda melodia, que segundo disse, parecia” uma música do Céu”.=, sentou-se ao  piano, e reproduzindo o que ouvira em sonhos, compôs uma linda sinfonia.
2-      Um homem anda pela rua de madrugada e encontra um pacote de dinheiro. Pensa em entregar, mas, uma “voz” lhe diz que “achado não é roubado”.
3-      Quando o avião da TAM caiu matando centenas de pessoas, um rapaz, emocionado, disse que perdeu o avião porque TVE um pressentimento voltou em casa para pegar algo que nem precisava levar na viagem.
4-      Nos EUA, um homem, condenado à Prisão perpétua alegou ao juiz que matou a família porque uma voz lhe dizia, há meses, que sua família seria possuída pelo diabo.
5-      Um rapaz brasileiro, comum, de bom comportamento, matou varas meninas. Ele jura que recebeu orientações para matar as moças porque se morressem virgens, estariam livres do pecado e iriam para o CE.
6-      Uma mulher ia para casa pelo mesmo caminho que fazia todos os dias. Em um dia resolveu usar outro caminho e encontrou um bebê abandonado em uma caçamba de lix0o
7-      Uma mulher teve um pressentimento para ir ao médico. Apesar de nada sentir foi se consultar e descobriu que estava com câncer em fase inicial. Ela foi curada.
8-      Um compositor disse na TV que “letra e música vieram na minha cabeça”, como se alguém cantasse para ele; gravou a música, que é um grande sucesso nacional!
                      
Estas são diversas formas pelas quais os Espíritos interferem em nossas vidas. Infelizmente, muitas vezes, sofremos a influencia dos espíritos in luz, geralmente com trágicas consequências para nós e para outros. É importante vigiar e oara para não cair em tentação, bem como receber as orientações dos Bons mensageiros de Deus.
Salve Deus.



FILHOS PRÒDIGOS: Reflita se você é.

Salve Deus.
Neste dia dos Pais cabe esta reflexão acerca do nosso comportamento como filhos. Seremos tambem filhos pródigos? Como é o nosso comportamentos com os nossos pais? Faça um exame de consciência nesta dia e cresça mais um pouquinho!






        "E caindo em si disse: Quantos jornaleiros de meu Pai
           tem abundância de pão e eu, aqui, pereço de fome"
                                             (Lucas 15:17.)


Examinando-se a figura do filho pródigo, toda a gente idealiza um homem rico, dissipando possibilidades materiais no festins do mundo.
Os filhos pródigos não respiram somente onde se encontra o dinheiro em abundância. Acomodam-se em todos os campos de atividade humana, resvalando-sem em atividades diversas.
Grandes cientistas da Terra são perdulários da inteligência, destilando venenos intelectuais, indignos da concessão de que foram aquinhoados. Artistas preciosos gastam, por vezes, inutilmente, a imaginação e a sensibilidade, através de aventuras mesquinhas, caindo, afinal, nos devãos do relaxamento e do crime.
Em toda a parte, vemos os dissapadores de saber, de tempo, de saúdes, de oportunidades...
São eles que, contemplando os corações simples e humildes, em marcha para Deus, possuídos de verdadeira confiança, experimentam a enorme angústia da inutilidade e, distantes da paz íntima, exclamam desalentados: 
_ "Quantos trabalhadores pequeninos guardam o pão da tranquilidade, enquanto a fome de paz lhe tortura o espírito!"
O mundo permanece repleto de filhos pródigos e, de hora a hora, milhares de vozes proferem aflitivas exclamações iguais a esta.

Do livro: " Pão Nosso", Pelo Espírito Emmanuel.

MENSAGEM AOS PAIS.


Jesus em nossos corações.





Hoje é dia dos pais e cabe uma reflexão sobre o tema, como pais ou como filhos, para que, movidos por este sentimento de ternura que sentimos de nossos pais, encarnados ou desencarnados, pois, certamente, para a nossa evolução, nos foi dado o melhor dos pais, ainda que muitos desacreditem desta verdade.
Paz e Luz para todos, pais e filhos, que trilham esta senda de crescimento,
A postagem a seguir é transcrita do livro " A liberdade do Espírito- Mensagens de Francisco de Assis", p. 71/72.

" Se tendes o tesouro da paternidade, na Terra alegrai vosso espírito. Tendes a vetira de conduzir almas iguais á vossa que no momento estão como vossos filhos. Grande é o tesouro, mas imenso
também é o compromisso que assumistes para com Aquele que vos entregou o tesouro.
Procurai ver em vossos filhos um irmão com os mesmos direitos. Compreendeis que eles, como vós, vieram aqui para crescer e progredir. O auxílio dos pais está em compreender os filhos e ao mesmo tempo se fazer compreendido por eles. Vossa luta é diária, mas poderia ser bem menor e procurásseis ter mais compreensão.
Tanto vos preocupais com a aparência externa desses entes queridos e vos esqueceisde enriquecer o seu interior. Se conseguirdes fazê-los criar a luz interna, esta será o guia inetrno que os conduzirá pelos caminhos da vida, agora e quando artirdes para a verdadeira Pátria, o munro espiritual.
Os costumes passam, no vestuário e nos adornos, e pouca importância tem, na verdade, a aparência externa dos que peregrinam pelos caminhos do mundo. Porém, a luz interna cria o equilíbrio que lhes conduz com segurança em todos os setores da vida. Isto em qualquer tempo ou era, pois ela se agrega ao espírito como vestimenta eterna. Vestimenta de luz.
Fazei de vosso filho um amigo, cuidando hoje do que ele será amanhã. Tentando hoje impor-lhe a vontade com a força da autoridade paterna, amanhã tereis dele o desprezo pela superioridade que terá adqurido como adulto. Compreendeis que todos tem direito de escolha, visto que cada um será  dado de acordo com seu esforço e vontade.
Uma preocupação deveis ter e esta assumiste com o Criador, que é o compromisso de dar a cada um a formação cristã- diretriz de sua alma e escudos que o livrará dos perigos.
Como só podereis ensinar sendo vós exemplo verdadeiro, orai e ensinai orar, praticar a caridade e insinuai que eles a pratiquem. No exemplo está o segredo do sucesso aqueles que ensinam algo. Tudo conseguireis com paciência, amor e perdão, exemplificando vós o que desejais que eles sejam.
Vós que á conheceis o caminho do Bem, da caridade, das coisas de valor, procurai mostrar-lhes este caminho sem fazer por eles as obrigações. Não procureis poupá-los de todos os encargos, pois ao invés de orientá-los estareis criando-os egoístas e dependentes. Quando não mais estiverdes ao seu lado, em quem se apoiarão? Guiar é mostrar o caminho e não carregar às costas o viajante.
Assim, ao chegardes à Pátria Espiritual, estareis tranquilo e com a certeza de haverdes dado o carinho, o amor, o exemplo, o ensino e, principalmente os caminhos da fé e da fraternidade, iluminando-lhes o interior, o que os fará lembrar-se sempre de vós, porque fostes modelo da moral e do amor.
Este é o conselho do irmão Francisco de Assis.

terça-feira, 5 de agosto de 2014

A FILOSOFIA BÁSICA DO VALE ( Do Acervo Doutrinário)






Salve Deus. Que o Divino Mestre Jesus ilumine nossa mente e o nosso coração.

A ideia mais simples e mais de acordo com a realidade que se pode ter do Vale do Amanhecer, e a que se trata de um grupo humano de pessoas comuns, as quais, mercê de suas dores e da busca de um lenitivo para elas, decidiram trabalhar para si e para o seu próximo, baseadas nas exortações do Mestre Jesus, resumidas numa série de conceitos sob o título da " Doutrina do Amanhecer", que é também chamada de " O Evangelho do Vale do Amanhecer".
Para que não haja a mínima dúvida quanto a essa Doutrina, os ensinamentos do Mestre  são colocados de forma acessível a qualquer mente, independente de cultura intelectual ou escolaridade.
A Doutrina do Amanhecer se resume em três propostas básicas de Jesus, o amor, a tolerância e a humildade. Com essas três posições, é possível a qualquer ser humano reformular sua existência e euacionar seus problemas nesta Terra.
Alicerçada neste triângulo, A Escola do Caminho, do Mestre Jessus permite comprender e analisar tudo o que se passa em nosso mundo , e abrir caminho para as soluções da vida. A primeira resultante desta filosofia básica é que a verdade só é percebida individualmente, por cada pessoa. Logo, o mundo não é como é, mas como o vemos.
Por estas duas maneiras de ver, pode-se conceituar as coisas e as pessoas. No primiro caso omundo e o universo estão de acordo com o dimensionamento da consciência do observador, e ele está em paz com o ue o cerca.
 No segundo caso, o homem vive em angústia porque não tem certeza de nada que o cerca e vive em desacordo com a realidade porque supõe que o mundo é algo diferente dauilo que registra. Nessa posição, o homem, o homem é intiramente dependente do que lhe é dito e ensinado. Logo ele não tem individualidade, sendo, apenas, uma parte do coletivo. Na sua mente predomina a personalidade padronizada.
Para que essa posição crística possa ser entendida, sem restar margem a dúvidas, o Vale ensina que o ser huano que o ser humano, o Homem, toma decisões com base nos estímulos, que partem de três diferentes fontes, existentes em si mesmo: a física, a psicológica e a espiritual.
Resumindo: o Homem é composto de corpo, alma e espírito, separando objetivamente a ideia de alma ( psique) da ideia de espírito.