sexta-feira, 27 de julho de 2012

Festa Julina do templo Tanor


Vale do Amanhecer de Juiz de Fora-MG: Templo Tanor.





"Amigos e irmãos, butemo aqui algumas fotografias prás micês vê que nóis é jeca mais nóis é jóia!"
O arraial foi modesto mas teve comida de montão: bolo de milho, milho cozido, doce de abóbora e de amendoim, quentão (sem álcool!); teve muita alegria e animação!


                                          Entrada do arraiá.


                                         Mestre Ângelo, eu, Eros Tanor e Erick.


                                            Chulinhas de Vovó Marilu: Erick, Júlia e Eros Tanor.
                                 




                                         Adjunto Tanor, Mestre Coleta e Aponara Alice: momento de
                                         descontração!



                                          Aponara Alice e Mestre Gustavo: òia a cobra!


                                         Outros "cumpades" presentes: Gisele,Mestres Coleta e Ângelo,
                                         Alice, eu, Júlia, Ericl, Tanorzinho....


                                          òia, o "cumpade' Vanderlei e a "cumade" Mirtes!

                                                     Casal Jeca chegando pro arrasta-pé!



Campanha de unificação: Eu apoio!

(RE)União entre OSOEC e CGTA





" O Espírito na Terra está sempre indeciso entre as  solicitações de duas potências: SENTIMENTO e RAZÃO.
Para terminar este conflito é preciso que a LUZ SE FAÇA EM NÓS.Sabemos que a alma se revela por seu  pensamento e, também, pelos seus atos.
(Ta Neiva- Carta aberta nº 3)

Salve Deus, Povo de Seta Branca; vamos vibrar pela UNFICAÇÃO, sempre lembrando: somos um só povo, somos irmãos, somos missionários!
Compartilhe, mande mensagens e e-mails, vamos fazer uma grande e luminosa corrente: juntos podemos mais!

terça-feira, 24 de julho de 2012

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Pajezinho: OUTRA HISTÓRIA VERÍDICA!





QUERIDOS IRMÃOS! Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo.

Quando temos a missão de trabalho com crianças, somos testados todos os dias e a cada desafio temos que ter a responsabilidade de levar a luz do esclarecimento aos pequenos e assim evitar que cresçam na superstição ou na incredulidade. Não devemos incentivar a prática da mediunidade precoce, porém, sempre é necessário que as crianças, muitas em contato íntimo com o Mundo Espiritual, cresçam na Doutrina Crística como verdadeiros filhos de Deus e toda as situações devem ser utilizadas para este fim.
Quem leu a postagem " Pajezinho: Uma história verídica", sabe da história de "Branquela".
Pois é, irmãos; a cadela apareceu. E assim aconteceu:
Muitos das depois do desaparecimento do animal, retornamos para mas um mutirão no Templo. Já tardinha, repentinamente, a cadela apareceu pulando, abanando o rabo, como se não tivesse desaparecido por tanto tempo!
E. estava ao meu lado e gritou:
_ A Branquela!
A  mãe de E. espantada, disse:
_ Você não disse que ela morreu?
_ A vovó disse, respondeu o menino- Vai ver que ela viveu de novo!
_ E, você deve falar quando te certeza! Não pode ficar falando o que não sabe.
Passado o tumulto, chamei E. para conversas e ele repetiu a históra da vovó que contou que a cadela morrera.
Deixei ele falar e aí expliquei para ele que existem espíritos que são brincalhões ou mentirosos, por isto não podemos acreditar em tudo que os espíritos nos falam. falei que muitas coisas que Tia Neiva via ou ouvia e na clarividência ela ficava quieta e não contava para ninguém, ela não gostava de previsões por isto.
 Ele me olhou e disse:
_ Os espíritos podem mentir pra nós?
- Podem. Porque nem todos os espíritos são de luz; tem espíritos sofredores, tristes, perdidos e tem uns que podem mentir e tentar nos enganar. Por isto temos que falar muito com Papai do Céu e pedir que Ele nos ajude para não sermos enganados.
_ Ah, tá bom.
-Mas- continuei- você é pequeno, ainda é criança; quando você crescer e for um Mestre do Amanhecer você vai saber direitinho quando um espírito está tentando enganar ou não, tá bom?
Acho que ele entendeu tudo direitinho porque ficou lá, sentadinho, pensando no que aconteceu.


Salve Deus

terça-feira, 17 de julho de 2012

PALAVRA DE AGANARA: POR QUE SOU JAGUAR.




Sempre que estou no Vale do Amanhecer, e até fora das horas do trabalho missionário, me faço a pergunta: porque sou jaguar?
"Sou jaguar porque mutas vezes me perdi nos descaminhos do ódio e como jaguar aprendi a força do amor incondicional; tantas vezes me deixei levar pelo orgulho que corrompe o espírito e como jaguar aprendi que a humildade engrandece e eleva o Homem; inúmeras vezes fui agressivo com os mais fracos e ignorantes que não viam ou entendiam o mundo da forma como eu exigia e como jaguar aprendi que a tolerância me faz ver e entender o mundo de forma mas simples.
Sou jaguar porque aprendi a amar. Amar aos que me são próximos e aos distantes, muitos, do outra lado da "vida"; amar os que me desejam mal, que se dizem meus inimigos, amar anda os que dizem me odiar...
Sou jaguar porque cansei de andar nas sombras; hoje caminho firmemente iluminado por meu Sol Interior. E posso buscar a Luz do Divino Mestre para iluminar muitos caminhos.
Sou jaguar porque cansei de sofrer e de fazer sofrer; hoje, sou instrumento de Deus na distribuição da alegria da partilha e na felicidade da entrega: partilha das Palavras de Jesus e na entrega da esperança e da caridade aos que chegam a mim vendo-me, não como um ser humano qualquer mas, como um missionário em cumprimento de uma missão.
Sou jaguar porque já escalei cordilheiras, já derrame sangue, fiz intrigas, vendi corpos e arruinei espíritos, mas, hoje, como jaguar, busco viver no caminho reto da razão e do conhecimento, resgatando minhas dívidas com compreensão e na busca do perdão, dado e recebido, sem limitações.
Sou jaguar porque aprendi a não julgar, a não destruir a não invalidar porque sei que todo o ser humano encarnado ou desencarnado é ou será um irmão. Sou jaguar porque já tive lágrimas no rosto e sangue nas mãos, construí um ponte de irremediáveis situações por não saber amar e hoje, tenho em meu rosto a verdade, em minhas mãos uma espada resplandecente e posso construir uma ponte entre o céu e a Terra onde podemos, todos trilhar, sem preconceitos, sem temores.
Sou jaguar porque meu coração vibra de fé e de esperança.Sou jaguar porque sei que não estou sozinho, muitos comigo estão, amigos, irmãos, que caminham lado a lado, altaneiros, em verdadeiro exército da Alta espiritualidade a combater o bom e necessário combate. Sou jaguar porque cruzei céu, terra, mares, espaços e vencendo a mim mesmo, graças a Deus cheguei ao Vale do Amanhecer! Salve Deus. 

ENCOURAÇADOS: perguntas e respostas





Salve Deus, vamos falar didaticamente, usando o sistema de perguntas e respostas, sobre um assunto relacionado com o acervo de conhecimento de todo jaguar: os encouraçados!

1- O que são os encouraçados? Resposta- São espíritos milenares, colonizados segundo a "Velha Estrada".

2- O que os Encouraçados não aceitam?
Resposta- Estes espíritos não aceitam a Escola de Jesus, obedecendo a Lei Mosaica do " Olho por olho, dente por dente".

3- Que poder eles tem? 
Resposta- De agir com grande impacto para os irmãos Inluz, agindo com poder e a visão unicamente da Justiça, secamente, sem amor!

4-Eles acetam trabalhar junto aos seguidores de Jesus? Porém, o que negam-se a fazer? 
Resposta-Sim, aceitam e colaboram em mutos trabalhos com os seguidores de Jesus, mas recusam-se a acetar nossas ideias de amor, tolerância e humildade. 

5- Que fenômeno tem ocorrido que possibilita sua apresentação aos seres humanos? 
Resposta- A aproximação da conjunção dos dois planos- o visível e o invisível. 

6- Como tem se dado esta apresentação dos encouraçados aos seres humanos? 
Resposta- Os encouraçados estão se apresentando como são na realidade, no plano em que habitam e não em materializações.

7- Como o homem encarnado tem entendido estas aparições? Resposta- Com grande confusão, seja nos meios científicos, pois estas aparições são atribuídas a extraterrestres.

8- O que tem ocorrido com estes fenômenos?
Resposta- Estão ficando fora do controle das autoridades científicas 

9- Que médium tem condições de desintegrá-los? 
Resposta- Um(a) Doutrinador (a) equilibrado, consciente de suas capacidades mediúnicas, poderá desintegrá-los pela força de uma elevação.
SALVE DEUS!

JAGUAR: RITUAL BÁSICO




O Ritual básico do jaguar é uma série de atos e atitudes que o Mestre Jaguar (feminino e masculino) devem ter quando se propõe a trabalhar mediunicamente no Vale do Amanhecer.
Este Ritual deve ser de conhecimento de cada médium, pois sua realização de forma certa e compromissada torna- o mais capacitado para bem atender àqueles que chegam em busca de alívio para suas dores; também protege o  médium de forças ou energias que possam lhe desarmonizar, comprometendo todo o trabalho a ser realizado. O jaguar é um trabalha dor da Espiritualidade Maior e assim deve-se ver. De forma que, todo trabalhador ao chegar em sua oficina de trabalho se prepara, colocando roupas e equipamentos; buscando instrumentos de trabalho, assim deve ser a atitude do médium ao chegar para o trabalho espiritual: cumprir o Ritual que lhe possibilitará realizar o trabalho em condições favoráveis para s e para os pacientes. Salve Deus.
Use a expressão " Salve Deus"!
a)- Sempre que cruzar com outro Médium, aqui ou fora do Vale;
b)- Quando cruzar o portão do Vale entrando ou saindo.
c)- Ao entrar ou sair do Templo.
Entre no Templo, de preferência, pelo lado esquerdo. Ao atravessar o portal diga:" Salve Deus"! E abra os braços na frente da Pra. Faça o mesmo ao sair, não importa quantas vezes você entrar ou sair.
Não converse a não ser o estritamente necessário, assim mesmo em voz baixa. Procure sair pelo lado esquerdo. A circulação é melhor no sentido dos ponteiros do relógio.
Sempre que você chegar ao Templo, se prepare mentalmente. De preferência ore um " Pai Nosso". Em seguida faça a sua preparação. Nesse  caso existem duas hipóteses: você chegou no horário de abertura ou chegou com os trabalhos em andamento.
No primeiro caso tome seu lugar na fila que se forma em frente à presença divina.
No segundo caso, com os trabalhos já em andamento, aja da mesma forma, porém sem cantar Maianti. De qualquer forma, em conjunto ou só, quando você termina o Ritual de Abertura, isso deve significar que você já deve estar mediunizado(a).
Do Livro "Instruções Práticas"- fascículo 1.

Chico & the Gypsies - Pido Libertad (Tradução): LINDA CANTIGA CIGANA... NÃO DEIXE DE OUVIR!

sábado, 14 de julho de 2012

ANODAÊ E ANODAI: VOCÊ SABE O QUE É?







Amados, sempre ouvimos e pronunciamos estas duas palavrinhas todo o tempo, seja em nossas conversas, mantras  e preces... mas, será que sabemos realmente o que significam?

ANODAÊ:
É o cruzamento das forças de Anoday, a força do Sol, impregnada no sal. O médium tão logo chegue ao Templo, após fazer sua preparação na Pira, deve se dirigir ao Castelo do Silêncio fazer seu Anodaê, para depois de sua concentração estar apto para realzar qualquer trabalho que deseja ou se faça necessário realizar.

ANODAI:
É a força da Lua, diluída no perfume que impregna os chackras da vida e da morte, ativando-os , fazendo com que a percepção e a sensibilidade do médium sejam ampliadas, ativando sua força centrífuga.

ANODAÊ DA LEGIÃO:
Foi o primeiro trabalho de prisão, depos alterado para o sistema atual( ver postagem anteriormente publicada sob o título: trabalho de prisão: como começou.)

Tudo no Vale do Amanhecer tem uma razão de ser, de existir; nada foi inventado. Ainda que nossa evolução não nos permita compreender com claridade a finalidade do gesto, das palavras ou do ritual, ainda assim a atitude do médium deve ser de total respeito e reverência, pois tudo nos foi trazido do Astral Superior, pelos Grandes Iniciados de Deus Pai Todo Poderosos. Salve Deus.

Minha Vida na Outra Vida - Filme Completo_ meus irmãos, este filme trata da Reencarnação de forma clara e objetiva: um ótimo programa para este fim de semana... além de tudo, é lindo!!!

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Espiritismo e Ciência: vale a pena ler!





Esta postagem é um artigo publicado no jornal " O Tempo- Belo horizonte-07-05-2012", escrito pelo Teósofo e biblista, JOSÉ REIS CHAVES e serve de ponto de partida para aqueles que gostam de se instruir e crescer conhecimento ao espírito, afinal, é importante que a evolução se dê, inclusive, no campo do saber.
O que importa nestas postagens que não se relacionam diretamente com a Corrente ( e assim também com as que são do Vale) fazer uma meditação e se perguntar: estou de acordo? Por que concordo ou discordo? O que eu penso sobre o assunto? É assim que nós, seres humanos formamos nosso conhecimento e formamos nossa convicção acerca dos assuntos com os quai nos deparamos, religiosos ou não. Salve Deus.

Abalado está o ateísmo, pois avança com a ciência o espiritismo.




               Não é por acaso que tem surgido tantos ateus fanáticos.







Comparo o espírito com a antimatéria. E o espiritualista é, de certo modo, materialista,, pois aceita igualmente  a realidade da matéria e da energia. mas é capenga o cientista materialista por admitir que só a realidade da matéria, quando o espiritualista admite também o seu oposto. Fica bem aqui o que disse Einstein; " A religião é cega, e a ciência sem a religião é aleijada".
para a física quântica, as coisa invisíveis são mais importantes do que as visíveis. E o espírito é invisível. Enquanto encarnado ele se manifesta através do seu corpo. Desencarnado, ele precisa do corpo de um médium para se comunicar conosco.
Mas o espírito do médium tem que vibrar na sintonia da do espírito comunicante. E os espíritos se atraem reciprocamente por serem semelhantes entre si em evolução. Em outras palavras, são da mesma sintonia.
Na verdade a comunicação é feita de perispírito para perispírito, palavra criada por kardec e que tem similares em todas as culturas da história da humanidade. Orígenes, do terceiro século, denominou-o aura. Sua matéria é a quinta-essência, isto é, muito sutil. São Paulo  o chamou de corpo espiritual . Os cientistas russos descobriram-no em 1945 e denominaram-no corpo bioplasmático. Ele liga o espírito ao corpo. E é o corpo do espírito desencarnado. É  ele que se materializa nos chamados fenômenos de materializações (equitoplasmia), como aconteceu com Jesus após sua morte. E essa materialização de um ser de  matéria quinta- essenciada é diferente da de um ser de matéria comum. Ele para materializar-se, usa o ectoplasma do médium, de outras pessoas, dos elementos da natureza próximos do fenômeno.
O físico inglês Crokes é um dos cientistas mais famosos da história. Mas, justamente por ter sido espírita, ele foi perseguido e tem seu nome ainda desonrado por cientistas materialistas. E pressionaram para que ele não recebesse seus vários títulos honoríficos. Daí uma polêmica se ele ganhou ou não o prêmio Nobel de Física em 1919, ano em que desencarnou. ( Teria conquistado esse prêmio, mas não o recebeu?). Muitos autores afirmam que ele ganhou esse título. Exemplo: Déco Iandoli Jr, em " A Reencarnação  como Lei Biológica", página 20, Editora FE Jornalística, SP, 2005. Décio tem doutorado de medicina em cirurgia e é catedrático da Universidade Federal Paulista (Unfesp-EPM). Mas é aceito sem polêmicas que Crokes ganhou o prêmio Nobel de Química em 1907. E ele pesquisou e comprovou  a realidade dos fenômenos espíritas.
Os cientistas materialistas do passado incomodavam-se muito com a Igreja. Os de hoje se preocupam mais é com o espiritismo, por ser ele uma religião científica. Os espíritas são como os israelenses, que representam um país pequeno em área e população, mas com um invejável avanço tecnológico- científico de Primeiro Mundo. Não é, pois, por acaso, que têm surgido muitos ateus fanáticos contra a Doutrina codificada por Kardec, " o bom senso encarnado". E não é surpreendente que esta coluna, principalmente na Internet, tem incomodado muita gente.
Ela é atacada pelos grupos religiosos tradicionais e pelos cientistas materialistas cujas teses têm-se tornada desacreditadas porque, como disse Huberto Rhoden, o materialismo agoniza por escassez de matéria! 


Contato com o autor:jreischaves@gmail.com


A lustração é da blogger.

PAJEZINHO: um historia verídica!






O texto que você vai ter contato, aconteceu recentemente e comprova que  a mediunidade é espontânea e nasce com o ser humano. O que importa é que cada um saiba como usar este Dom que vem de Deus, se para o Bem ou para o Mal. Também é importante ler este texto para entender porque é tão importante a freguência das crianças ao templo ou pelo menos em contato com a religiosidade para que estes pequenos médiuns não se consumam e se percam por falta de orientação e conhecimento. Salve Deus


Naquele dia chegamos ao Templo para um mutirão para pequenos reparos e pintura. Ao chegarmos, não fomos recebidos com o calor de sempre pelos "moradores": três cães que la apareceram há uns dois anos e foi por ali foram ficando. Branquela, Negrão e Encardido sempre nos recebiam com muita alegria porque sempre trazíamos alimento para eles. Naquela manhã, porém, apenas Negrão e Encardido apareceram, cabisbaixos, abanando a cauda sem entusiamo. Senti falta da Branquela, espécie de "líder" do grupo, que, quando chegávamos, nos recebia com pulos e lambidas; no seu entusiasmo, não raro, me arranhava e tenho até cicatrizes do exagero dos seus carinhos. Passado alguns minutos e vendo que a cadela não aparecia (quando  ela ouvia o barulho do velho fusquinha, estivesse onde estivesse,  vinha em afobada correria), comecei a me preocupar.
_Gente, cadê a Branquela?- Perguntei.
Neste momento, estava perto de mim E.. E. é um menino que nasceu e está crescendo na Doutrina e tem muito amor por tudo o que diz respeito ao Vale do Amanhecer. Era Mago. Mas, certo dia, disse à Mãe que precisava ser Príncipe. Dá gosto vê-lo com a indumentária: a postura, o comportamento!... Nem parece ter apenas seis anos! sabe todos os Mantras e preces e quantas vezes cobra conduta doutrinária das outras crianças! 
Quando fiz a pergunta, E. me olhou e disse:
_ A Branquela morreu. Ela ficou doente e morreu. Está no Céu.
Pensei que  animal estivesse morto por ali e procurei saber mas não havia nem sinal da cadela.
Todos começaram a ficar preocupados com o que  disse o menino: como ele sabia que Branquela morrera?
_ Coisa  de criança!- Disse alguém.
Após este fato, começamos a trabalhar e o assunto foi esquecido.
De minha parte, estava cada vez mais preocupada: os cachorros não quiseram comer; Encardido, visivelmente deprimido não qus comer nem mesmo os pedaços de frango. E. sentado num banco, estava muito quieto, contrariando suas atitudes quando tem mutirão no Templo, pois sempre é muito atuante e alegre nestas ocasiões. Achando tudo muito esquisito, comentei com meu marido que alguma coisa tinha acontecido e ele foi conversar com E. Com muito cuidado, perguntou a E. quem lhe contara da morte da Branquela e o menino repetiu o que já falara:
_ A Branquela morreu. Ela ficou doente e morreu.
_ Mas, você viu ela morta?
_ Não.
_ E quem te falou que ela morreu?
_  A vovó.
E o menino passou o dia num canto, quieto e pensativo, olhando para o nada, como se estivesse observando um mundo invisível para nós. Ã noite, ele já estava na cama, sempre silencioso. Fui conversar com ele; perguntei se podia ver televisão com ele, ao que respondeu afirmativamente. Estava conversando com ele quando, de repente, sem responder à minha pergunta, cobriu a cabeça. Eu também fazia isto quando era criança e via algum desencarnado. Firmei os olhos, nada vi. Perguntei:
_ Você está vendo alguém perto de mim? Pode falar. Eu também cobria minha cabeça quando tinha a sua idade e via  os irmãos desencarnados!
Ele continuou agarrado no cobertor, segurando-o ao redor da cabeça. Fiquei preocupada porque certamente ele não estava vendo um espírito de agradável visão.
_ Olha, eu vou fazer uma prece e ele vai embora; vai para dentro do Templo para ser atendido, tá bom? Na hora que eu acabar pode olhar e ver.
Fiz o Mantra Universal e quando acabei ele descobriu a cabeça e ficou assim até adormecer. Após três dias de mutirao, sem que a animal aparecesse acreditamos no menino: Branquela está morta.
Ontem, voltamos ao Templo para terminar o serviço. E estava novamente alegre e conversador. À tardinha, sentado num banco, percebi novamente que ele não se mexia,  olhava fixamente para a frente, como se visse algo. Fui para perto dele e fiz uma brincadeira com o Encardido ( que já está comendo) e, cantando levei o cão a fazer movimentos como se dançasse. Isto fez E. rir muito, voltando a este Plano. Alguns minutos de brincadeira, perguntei:
_ Querido, a Branquela morreu mesmo?
Ele balançou a cabeça que sim.
_ Mas, ela foi pro Céu?
Novamente balançou a cabeça que sim.
_ Engraçado- disse- Será que ela virou um anjinho peludo?
Ele me olhou e riu.
_ Será que ela vai ter asinhas?
Ele riu muito.
_ Amor, que falou para você que ela morreu?
_ A vovó.
_ Você viu a Vovó?
_ Vi.
_ Como ela se chama? ela te falou o nome?
Ele não respondeu, mas parecia que sim.
Falei o nome de várias vovós, mas ele não quis mais falar, Percebi que ele encerrara o assunto. 
_ Vamos agradecer ao papai do Céu que permitiu que a Vovó falasse prá nós onde está a Branquela, senão a gente ia ficar muito preocupados, não é?
Ele balançou a cabeça. Continuamos brincando com o Encardido. 

segunda-feira, 9 de julho de 2012

MINISTRO PETANARO: Palavras de Luz!.




SALVE DEUS
O MINISTRO PETANARO É UM EXCELSO ESPÍRITO DE ALTA HIERARQUIA  QUE  MILITA AO LADO DE PAI SETA BRANCA JUNTO AO SEU GRANDE POVO, PRESIDIDO PELO ADJUNTO PETANARO, MESTRE MARLIO KLEBER. AS MENSAGENS DESTE GRANDIOSO ESPÍRITO, MINISTRO DE DEUS PAI TODO PODEROSO NOS COMPROVA , ATRAVÉS DE SUAS MENSAGENS, TODA A SUA GRANDIOSIDADE ESPIRITUAL NA CONDUÇÃO DE SEUS FILHOS.
ENTENDENDO QUE SOMOS TODOS IRMÃOS E CRISTO JESUS E EM PAI SIMIROMBA, AS PALAVRAS DESTE GRANDIOSO MINISTRO PODE SERVIR DE NORTE PARA NÓS, JAGUARES DE TODOS OS TEMPLOS, AO REDOR DO PLANETA. SALVE DEUS.

* FIQUEM ATENTOS AOS VALORES DO CÉU POIS DIAS DIFÍCEIS, DIAS DE  GRANDES ATRIBULAÇÕES HÃO DE TIRAR O SOSSEGO DE MUITAS NAÇÕES AO VOSSO REDOR." 01/11/09

*TENHAM CUIDADO, PROCUREM SEGUIR PELA ESTRADA DA VERDADE, ESQUEÇAM AS FALÁCIAS E AS MESQUINHARIAS. 08/12/07

*DIAS CHEGARÃO ONDE A DOR DO SEU IRMÃO SERÁ O TRISTE ESTÍMULOS DE VOSSAS MISSÕES PORQUE QUANDO O HOMEM ENTREGA-SE A FATALIDADE DA IDA SEM PROPÓSITO NÃO ENCONTRA SEGURANÇA EM SEUS CAMINHOS. 07/06/09 

*"A VOSSA LUZ, A LUZ DO VOSSO AMOR É A ÚNICA CAPAZ DE TRANSFORMAR A DOR PORQUE A DOR É MUITO MAIS DO QUE UMA TRISTE PALAVRA"-01/11/09

*"ESQUEÇAM DEFINITIVAMENTE A VELHA ESTRADA; FAÇAM A VOSSA PARTE E NÃO PERMITAM JAMAIS QUE LHES DIGAM O CONTRÁRIO, PORQUE SE ASSIM O FIZEREM ESTARÃO MENTINDO E A MENTIRA NÃO SOBREVIVE, A MENTIRA APENAS SE ALIMENTA DA FRAGILIDADE DO HOMEM E ELA NASCEU PARA MORRER."-01/11/09

*"SAIBAM QUE NÃO IMPORTAM AONDE ESTEJAM, SEJA NUM CASTELO OU NUMA TAPERA, MAS COM SUAS MENTES ELEVADAS AO PROPÓSITO DE VOSSAS MISSÕES, PODERÃO SER O TESTEMUNHO DE GRANDES REALIZAÇÕES, DE GRANDES FENÔMENOS. 08/12/ 07

*" SAIBAS DISTINGUIR CLARAMENTE O QUE DEVEIS CARREGAR EM VOSSA BAGAGEM OU SERÁ QUE PODES CARREGAR EM VOSSAS MÃOS  UMA PEPITA DE OURO E UMA DE BRASA AO MESMO TEMPO?"-07/06/09

*" SOLDADOS DE SETA BRANCA, ERGUEI VOSSOS OLHOS AOS CÉUS, BUSQUEM OS VALORES QUE VOS COMPETEM POIS VÓS ESTAIS EQUIPADOS COM O BEM."-07/06/09

o Templo Petanaro fica na Região Norte de Palmas- TO

O QUE É O VALE DO AMANHECER-V

Você sabe realmente o que é o Vale do Amanhecer? Leia esta postagem e descubra que sempre é possível saber mais um pouquinho! O Texto é parte integrante dos fascículos " Instruções Práticas- Vol. 2)

Add caption
 O VALE DO AMANHECER é uma das escolas da Escola do Caminho, um foco, um ponto de irradiação de seus ensinamentos.Ele foi organizado por um discípulo do Cristo Jesus, um Mestre Planetário que se apresenta sob a roupagem de Seta Branca e cujo polo oposto é conhecido como Mãe Yara. Esses dois Espíritos excelsos chefiam uma falange de 3.000 espíritos mais ou menos, que se especializaram dentro do Sistema Crístico e vem executando missões há mais de 30.000 anos neste Planeta.Como Espíritos e senhores de seu livre arbítrio eles tem passado por todas as provas e reveses do Planeta Terra. Alguns se evoluíram e subiram, outros ainda estão a caminho. A sua linha de trabalho tem sido uma relativa independência e num posicionamento de liderança de povos, sempre estiveram na posição de comando dos movimentos humanos. Eles, na maioria de suas encarnações, ou eram fidalgos ou viviam nas imediações dos nobres, dos guerreiros, dos reis e dos governos. No passado se chamaram Equitumans, Tumuchys e jaguares.
No período do Cristo Jesus eles foram tocados pela Lei do Perdão, da Humildade e do Amor. Alguns encarnaram e viveram no tempo de Jesus, outros de depois de mergulharam nos azares cármicos que seus livres arbítrios lhes permitiu. Próximos ao fim do Primeiro Milênio eles estavam tão embaraçados em suas tramas que a Lei Crística os recolheu ao Etéreo. Eles então passaram por um sono cultural de muitos séculos e foram sendo preparados para o advento do terceiro Milênio.
No início do segundo Milênio vamos encontrá-los, em sua maioria, encarnados como ciganos da Idade Média. Coerentes com seus hábitos espirituais, esses espíritos reencarnaram em meio aos centros de grande decisões do planeta, os reinados, os impérios e os governos Por fim, chegou o século XX, último século do período de Cristo Jesus e a falange de Seta Branca veio para a última etapa da Escola do Caminho. O espírito escolhido para atuar na Terra nesta fase foi o da Clarividente Neiva, devido ao seu preparo milenar. Ela sempre nas suas várias encarnações demonstrou seus poderes de profetisa e clarividente. Ela reencarnou em 1925 e desde o princípio foi preparada para essa Missão. Mais ou menos no mesmo período reencarnaram outros Espíritos da Falange e desde 1957 eles começaram a se reunir em torno de Neiva. Em 1968, ao terem início as atividades neste local, batizado de Vale do Amanhecer começou também o prenúncio do terceiro sétimo da missão. Em 1971, com o início da construção do primeiro templo circular , a missão começou realmente a se efetivar. Em 1976, quando este manual estava sendo escrito, o vale do Amanhecer despertara para a plenitude de sua Missão.

Salve Deus. Graças a Deus

Sob os olhos da Clarividente.

Percurso de uma vida.


Que caminhos percorre um espírito até sua encarnação?
Como tomar decisões corretas dentro da programação cármica?
Onze meses antes da reencarnação o espírito percorre, acompanhado de seu Mentor, o lugar onde viveu suas várias encarnações. Não se trata exatamente de uma viagem topográfica, mas, de certa forma, o itinerário é baseado é baseados nos pontos magnéticos gerados pelas energias cármicas deixadas por ele.
Dentro dessas coordenadas ele escolhe o seu plano encarnatório, a começas pela mãe, o pai, os amigos, e os inimigos que irá ajudá-lo na penosa experiência.
Depois disso ele entra para o chamado sono cultural, enquanto o plano é executado pelos Mentores, entrando no jogo os espíritos encarnados e desencarnados que irão relacionar-se com ele nesta encarnação.
Isto mostra claramente que o livre é que preside todos os atos.Mesmo depois de encarnado quando esquecido da escolha feita, se ele não quiser aceitar as condições que se impôs, ele pode fugir ao cumprimento do programa. Essa fuga entretanto apenas lhe traz mais angústias e transfere os problemas para mais tarde. Mas, o importante é que Deus não tem pressa...
E assim, um Ser Humano nasce em determinado lugar, ele cresce e viaja para outro lugar e pode acabar sua vida em algum lugar bem distante de onde começou. Acaso?
_ Não, não existe acaso na vida humana a não ser na apar~encia sensorial. Atrás de cada acontecimento de nossas vidas, do mais banal ao mais importante, existe sempre um intricado mecanismo cujo funcionamento é mais complicado ainda porque muda a cada momento. essa mudança se opera a cada instante na dependência de nossas decisões. Se a decisão é certa, se está de acordo com o programa traçado pelo nosso espírito, o resultado é bom, nos sentimos em harmonia com o Universo. Se a decisão é errada,, com isso nos contrariamos nosso  destino transcendente, entimos angústia e dor.
O Homem é feliz ou infeliz dependendo de como ive e como estabelece seu sistema de decisões. Naturalmente, a perunta que esta questão suscita de imediato é: como saber o que está certo e o que está errado? mas, este é exatamente o enigma da vida, o desafio evolutivo, o preço da autonomia, do livre arbítrio. Foi talvez essa questão que levou os sábios da remota antiguidade a inscrever nos pés da Esfinge: "Decifra-me ou te devoro" e que levou Francisco de Assis a dizer: " Senhor, dai-me força para tolerar as coisas que não podem ser mudadas; dai-me amor para mudar as coisas que devem ser mudadas e dai-me sabedoria para distinguir umas das outras"
Mas, para sermos bem objetivos, para que posamos realmente saber a decisão certa, a Natureza nos deu um mecanismo de percepção que nos permite saber-qualquer que seja a nossa posição no contexto humano-as coisas da Lei no Plano Físico, as coisas da Lei no Plano Psíquico e as coisas da Lei no Plano Espíritual.
Normalmente, nós estamos habituados a ouvir a voz de nosso corpo e a voz de nossa alma, uma vez que seus reclamos são facilmente discerníveis: eu sei quando tenho fome e sei do que gosto e não gosto. Essas exigências produzem uma pequena dor. Mas temos também que nos acostumar a ouvir a voz de nosso espírito, pois a falta disso nos produz a grande dor. Perder um corpo é um fato natural- não existe corpo eterno; perder a alma também é um fato natural- não existe alma eterna. Mas perder o espírito, tirar a oportunidade de uma encarnação arduamente conquistada é desafiar a Lei em seu aspecto mais amplo, é fato mais grave e mais doído.
Por essa razão que o Grande Mestre Jesus nos deu, de forma clara e adequada, o Sistema Crístico na sua Escola do Caminho, para que pudéssemos ouvir facilmente a voz e nosso espírito.
A propósito é preciso que se diga que o único erro que os exegetas do Cristianismo cometem é de querer interpretar o Evangelho como guia para a alma para o corpo; não Jesus não fala para eles, Jesus fala para o espírito encarnado. O Evangelho tem um aspecto literal, factual e psicológico porque ele é transmitido pelos sentidos, mas o próprio Mestre explicou aos discípulos quando lhe perguntaram: " Mestre, porque é que lhes fala por parábolas?"
Respondeu-lhes Jesus:" A vós é dado compreender os do reino do céu; aos outros porém não é dado. Porque ao que tem dar-se-á, e terá em abundância; mas ao que não tem tirar-se-lhe-á ainda aquilo que possui. Por isso é que lhes falo em forma de parábolas: porque de olhos abertos, não veem e, de ouvidos abertos, não ouvem, nem compreendem.
assim há de se cumprir neles a profecia de Isaías: " Ouvireis e não entendereis; vereis e não compreendereis; por que endurecido está o coração deste povo, tornaram-se moucos os seus ouvidos, e cerraram os olhos; não querem ver com os olhos, nem ouvir com os ouvidos, nem compreender com o coração, nem converter-se de modo que eu os cure"
Ditosos os vossos olhos, porque veem! e os vossos ouvidos porque ouvem! pois em verdade vos digo que muitos profetas e justos desejariam ver o que vós vedes e não viram: ouvir o que vós ouvis e não ouviram".(Mateus13-10/17)

AVISO: MUDANÇA DA DATA DA FESTA JULINA!!!

SALVE DEUS!
POR MOTIVO DE FORÇA MAIOR A TRADICIONAL FESTA JULINA DO TEMPLO TANOR SERÁ REALIZADA DIA 22 DE JULHO, SENDO MANTIDOS OS HORÁRIOS E PROGRAMAÇÃO!
CONTAMOS COM A PRESENÇA DE TODOS!!!

sábado, 7 de julho de 2012

A HISTÓRIA DE PAULO-( HISTÓRIAS DE TIA NEIVA)

SALVE DEUS, MEUS IRMÃOS E IRMÃS.
ESTA EMOCIONANTE HISTÓRIA CONTADA POR TIA NEIVA NOS TRAZ UMA CLARA E AMPLA VISÃO ACERCA DA IMPORTÂNCIA DOS RITUAIS. APÓS A LEITURA, FAÇA UMA CONCENTRAÇÃO E MEDITE SOBRE O ASSUNTO.





Paulo, um jovem médico, perdeu sua filha de oito anos. Vivia pelos cantos, desesperado porque, apesar de ser um jaguar, não acreditava na vida fora da matéria. Sofria terrivelmente a perda de sua filha. Passava horas com sua esposa ou em lugares escuros. Certo dia, uma família espírita na qual Paulo nunca acreditara, ensinou-lhe o que fazer: uma pequena mesa forrada de branco, um copo com água, um pequeno jarro de rosas  (de que a menina tanto gostava) e ali ficaram, à espera do que poderia acontecer. Súbito, ouviu-se um soluço e, logo depois, a vozinha esperada, que disse: "Paizinho, vim buscar meu cordãozinho que o senhor me deu quando nasci!Sim, pai, lhe vejo todos os dias, quando está pensando em mim!..." "Sim, filha!- disse o homem, que até então não acreditava- Vou buscar.Está no cofre..." " Não, pai, já está no meu pescoço. O senhor não encontrará mais! Voltarei, paizinho para este lar tão logo me permitia Deus!" Paulo foi  depressa ao cofre e não encontrou o cordãozinho. Ele sabia que  ninguém poderia abrir o cofre, pois só ele tinha a chave... Quatro anos depois daquele ritual uma linda menina de dois anos de idade lhe perguntava: " papai, onde está o meu cordãozinho?" E, segurando a sua mão, o levou até o cofre. Ela batia as mãozinhas, dizendo: " Abre! Abre!" Paulo abriu o cofre e lá estava o cordãozinho, do mesmo jeito que o deixara, inclusive com um pequeno coração, também de ouro que acompanhava o cordão. Ele conservava a marca do dentinho, mordido que fora pela menina. Enquanto ela gritava:" Dá, dá é meu!", Paulo, trêmulo, beijava a pequerruja, dizendo: " Oh, meu Deus! Devolvestes a minha filha, não tenho dúvidas! Paulo passou o resto de sua vida fazendo rituais para achar e explicar a constituição da consciência. (...) Um ritua pode ser apenas uma mesa com uma toalha branca e pessoas concentrada em Jesus, como pode ser um grande susto ou uma grande dor." Tia Neiva, 09.02.80

Carma- Mensagem do Mestre Tumuchy

Salve Deus! Muitos se preocupam com o destino, com o carma. Alguns acreditam que serão castigados por Deus ou que serão beneficiados por Deus mediante o suporte de algum sacrifício ou o pagamento de algum valor, como se o Grande Criador do Universo fosse um negociante qualquer; por isto a relevância deste ensinamento do Mestre Tumuschy acerca do Carma e os resultados de nossas ações sobre o nosso destino, o que muitas vezes imputamos a Deus. Assim nos di o Mestre Tumuschy:




" Deus não castiga nem premia. Dentro desta vida, nossos atos, são praticados por nós mesmos. Nós nos auto-punimos, nos auto- castigamos, nos auto-elogiamos e nos auto-engrandecemos. É preciso perceber que o orgulho e a vaidade nos levam a nos colocar em posições, às vezes, querendo substituir o próprio Deus. O limite de nossa ação ´a nossa própria vida. Ninguém recebe além daquilo que foi preparado para fazer. Todos nós temos o nosso roteiro de vivência e nada acontece por acaso, senão pela atração do charme e das linhas cármicas. Tudo está programado em nossas vidas. Nada há que nos faça deixar de recorrer a Deus, porque, sem a energia divina,deixaremos de existir. Mas é preciso abrir a oportunidade para que esta energia se manifeste. Se fecharmos os olhos de nossa alma e não estivermos conscientes deste Deus, a energia não penetrará em nós!(...) O que vamos fazer no futuro depende do que estamos fazendo agora. Então a eternidade está sendo vivida neste instante. Tudo o que quiserem, tudo o que desejarem alcançar poderão pedir a Deus neste instante. Vamos, pois, cuidar da nossa vida com esmero. temos um sistema planetário,herança transcendental, coisas verdadeiras trazidas para nós, as quais teremos que corresponder. vamos viver, portanto, com intensidade, porque não poderemos modificar todo o nosso destino, numa concentração dentro de um processo evangélico como, por exemplo, uma contagem. (...) É com o coração que temos que aprender. Não adianta mergulhar mais fundo do que aquilo que podemos ir. Temos que saber qual é o nosso tamanho. E, não esqueçamos, nunca, que enquanto não liquidarmos com as coisas que estão ao nosso alcance, as coisas do nosso carma, não entenderemos a voz de Deus, que nos fala através de mil mensagens a cada dia!"
*Observações Tumarã

quinta-feira, 5 de julho de 2012

ATALAIA: você sabe o que é?- perguntas e respostas

Alguns termos doutrinários são praticamente desconhecidos por muitos jaguares, o que, evidentemente, pode causar dúvidas ou confusões no entendimento de situações ou de interpretação equivocadas de mensagens ou leituras; é o que ocorre com a palavra "ATALAIA"; e para facilitar, vamos entendê-la utilizando do processo de perguntas e respostas, método didático de grande eficiência. Esta postagem é feita de acordo com os registros Tumarã.


1- O que é Atalaia? 
Resposta- É um lugar que situa-se no plano Astral certificando, nas palavras de Tia Neiva que " A obra de Deus é perfeita e não tem mistérios nem subterfúgios". 

2- Onde fica Atalaia?
Resposta- É um ponto muito próximo a Pedra Branca. 3- Para relembrar: o que é Pedra Branca?
Resposta- Pedra Branca é o primeiro ponto de contato dos espíritos desencarnados com o Mundo Espiritual, onde ficam por período equivalente e sete dias terrenos.

3- Que espíritos são conduzidos à Atalaia? 
Resposta- Os espíritos desarmonizados e revoltados. 

4- Porque estes espíritos são levados à Atalaia? 
Resposta- Os espíritos em condição de desarmonia e revolta são levados a Atalaia para que possam rever os pontos obscuros de suas recordações de sua jornada na Terra

.5- Qual a finalidade desta revisão da jornada? 
Resposta- Para que possam compreender e aceitar as condições em que se encontram nos Planos Espirituais. Onde ele sabe que,por sua própria culpa, abandonou sua grande oportunidade.

6-Esses espíritos de incompreendidos são trazidos também à Terra? Resposta- Sim. O Homem desencarnado que se queixa pela fala de comunicação, e um esclarecimento de sua ida religiosa e doutrinária, é levado à Terra onde lhe é mostrada a Grande Atalaia.

7- Segundo Ta Neiva, em que hora acontecem estes fatos? Resposta- Das 17 às 18 horas. 

8- Que mais diz nossa Mãe Clarividente sobre o assunto? 
Resposta- Ela diz" As Amacês fazem por toda a Terra um bale de forças, emitindo a inteligência, a religião e muita energia. É a hora da Vida e da Morte!

SALVE DEUS.

Somente Hoje - CHICO XAVIER- vídeo do youtube- 10 anos sem Chico Xavier! Vamos relembrar palavras edificantes deste nosso irmão. Salve Deus

PALAVRA DE AGANARA: A ARUANDA DE TODOS NÓS.

ARUANDA NÃO É SÓ UMA CASA TRANSITÓRIA: É TAMBÉM UM ESTÁGIO DE NOSSA EVOLUÇÃO!



Meus irmãos e irmãs em Cristo. Na era dos oito à liberdade, muitas crueldades foram praticadas contra os filhos de Deus que aceitaram reencarnar na condição de negros. Olhos furados a ferro quente, línguas cortadas, orelhas decepadas... feridas... chagas... dores! Muitos Espíritos altamente evoluídos também reencarnaram nos "DOIS LADOS" para auxiliar neste período tão difícil da história da humanidade.
os negros desencarnavam em massa e como no Astral os Espíritos mantém seus sentimentos, crenças e preconceitos, os espíritos dos negros que desencarnados na condição de escravos não eram aceitos nas colônias espirituais de espíritos "brancos"; desta forma foi criada no Espaço sobre o Brasil a bendita Colônia Espiritual, ou Casa Transitória de Aruanda, onde os que viveram sob o jugo da escravidão, os que se relacionaram com a escravidão como sinhôzinhos e sinházinhas, feitores e que não se envolveram  na rotina de ódios e crueldade bem como escravagistas se reencontraram em ARUANDA para as atividades que sabemos serem desenvolvidas em uma Casa Transitória no preparo e amparo dos desencarnados.
Hoje, em Aruanda ainda são recebidos os espíritos que desencarnam em decorrência de preconceitos decorrentes do racismo, do gênero, da condição social... seres que sofrem violência e crueldade por serem "diferentes". Em ARUANDA são acolhidos e recebem a bênção de Deus de serem acalentados e com chance de entender o perdão como elemento necessário à evolução espiritual.
ARUANDA é um lugar no Espaço, uma das muitas moradas prometidas por Jesus; mas, é importante que saibamos, meu irmão, minha irmã, que ARUANDA está dentro de nós! Cada ser encarnado neste planeta deve construir dentro de si uma " PEQUENA ARUANDA" onde caiba todos os sentimentos de amor e paz, onde não haja lugar para preconceitos, maldades, crueldades, sentimento de superioridade. ARUANDA em nós é a certeza de que todos os FILHOS DE DEUS são iguais e todos devem ser  livres, felizes e respeitados... quando em cada ser encarnado houver uma ARUANDA reinará no planeta TERRA a Paz e a Solidariedade. Salve Deus. 

FESTA JUNINA NO TEMPLO TANOR!

ARRAIÁ DO TANOR!!! 15/07/12
VENHA PARTICIPAR DE UM VERDADEIRO ARRAIÁ CAIPIRA!





          PROGRAMAÇÃO:


NO PEQUENO PAJÉ:
DANÇA DAS CRIANÇAS
       COMIDAS TÍPICAS
             JOGOS E BRINCADEIRAS
                          PESCARIA
                                 JOGO DA ARGOLA

DEPOIS DOS TRABALHOS MEDIÚNICOS:

MÚSICA
    DANÇA
       CALDOS
          QUENTÃO E SANGRIA (SEM ÁLCOOL)
            BINGO BENEFICENTE
              RIFA DE UM LINDO PRÊMIO

NÃO PERCA! 
RENDA PARA A CONSTRUÇÃO DO PEQUENO PAJÉ!
            
                SALVE DEUS!
   

segunda-feira, 2 de julho de 2012

HOMEM E MULHER: UNIÃO NO PLANO FÍSICO.

ASSISTIMOS, COM GRANDE FREQUÊNCIA, NOS TEMPLOS, O INÍCIO E FIM DE VÁRIOS VÁRIOS RELACIONAMENTOS AMOROSOS. ALGUNS RELACIONAMENTOS PROSPERAM, DÃO FRUTOS E FAZEM OS MÉDIUNS CRESCEREM; OUTROS, INFELIZMENTE, TRAZEM A INFELICIDADE E O DESEQUILÍBRIO E, EM ALGUNS CASOS, PROVOCAM INCLUSIVE O AFASTAMENTO DE UM OU DE AMBOS DA DOUTRINA, COMO SE O PROBLEMA NÃO FOSSE DE RESPONSABILIDADE APENAS DO ENVOLVIDOS. é IMPORTANTE, MEU IRMÃO, MINHA QUERIDA IRMÃ BUSCAR A FELICIDADE PESSOAL, AFETIVA, MAS, É MUITO IMPORTANTE SABER QUE ANTES É NECESSÁRIO QUE HAJA O EQUILÍBRIO PESSOAL, EMOCIONAL PARA QUE POSSA HAVER UMA SÓLIDA CONSTRUÇÃO AFETIVA. NOSSA MÃE NOS DEIXOU ORIENTAÇÕES SOBRE O ASSUNTO, CONSIDERANDO QUE O ENCONTRO DE UM CASAL TEM DESDOBRAMENTOS NO PLANO FÍSICO, MAS, TAMBÉM, NO PLANO ESPIRITUAL:




UM ENCONTRO, UM OLHAR, UM SORRISO. BASTA ISTO, REALMENTE, PARA DESPERTAR UM VERDADEIRO AMOR, ESTE ELO MARAVILHOSO QUE LIGA DUAS PESSOAS E AS ILUMINA E EQUILIBRA EM SUAS JORNADAS. PODE SER, MAS É DIFÍCIL. NORMALMENTE, O QUE ACONTECE É PURA ATRAÇÃO FÍSICA, A PAIXÃO QUE É COMPARADA A UMA CHAMA, A UM SENTIMENTO FORTE, QUE DURA UM POUCO E SE APAGA.
OUTRO FATOR DE LIGAÇÃO, NO CAMPO FÍSICO É O INTERESSE MATERIAL, OU SEJA, UM CONFORTO QUE LHE PODE PROPORCIONAR E VICE-VERSA. GERALMENTE ESTAS UNIÕES DETERMINAM GRANDE ANGÚSTIAS EM QUEM DELAS PARTICIPAM GERANDO, NÃO POUCAS VEZES, DESEQUILÍBRIOS CAUSADORES DE INTERNAÇÕES, CRIMES E SUICÍDIOS. ESTE TIPOS DE UNIÃO, PROVOCADO POR INTERESSES, POR SIMPLES ATRAÇÃO FÍSICA, SOCIAL, MATERIAL OU VAIDADE, PODEM SER DESFEITOS A QUALQUER TEMPO. MESMO QUE SEUS PARTICIPANTES TENHAM RECEBIDO UMA BÊNÇÃO RELIGIOSA, ESTA UNIÃO NÃO FOI CONSUMADA NO PLANO ESPIRITUAL., O QUE SIGNIFICA QUE NÃO FOI FEITA POR DEUS. A ESPIRITUALIDADE NÃO COMPACTUA COM TAI AÇÕES. SURGE ENTÃO SEMPRE UMA DÚVIDA: E O SEXO? SÃO TANTAS AS IDEIAS E PRECONCEITOS QUE RODAM ESTE ASSUNTO QUE, ATÉ O MOMENTO, A MAIOR PARTE DAS PESSOAS NÃO TEM UMA NOÇÃO EXATA DO QUE SIGNIFICA.
SERÁ QUE O SEXO SÓ EXISTE NO PLANO FÍSICO? EM CARTA DATADA DE 25.06.75, NOSSA MÃE CLARIVIDENTE NOS REVELA QUE, NOS MUNDOS ESPIRITUAIS OU NA VIDA FORA DA MATÉRIA, A VIDA SE COMPÕE DE NEGATIVO E POSITIVO, ISTO É, HOMEM E MULHER, NO DESENCARNE OU NO REENCARNE, O EPÍRITO DO HOMEM CONTINUA HOMEM E DA MULHER CONTINUA MULHER, APESAR DA AFIRMAÇÃO DE ALGUNS INICIADOS DE QUE O ESPÍRITO NÃO TEM SEXO.
" OS MEUS OLHOS DE CLARIVIDENTE VEEM O CONTRÁRIO... OS ESPÍRITOS VIVEM EM SUAS DIMENSÕES E SE AMAM COM A TERNURA DOS ANJOS."
O HOMEM E A MULHER EQUILIBRADOS É AQUELE QUE ABE MANIPULAR TODO O POTENCIAL DE ENERGIA A QUE TEM ACESSO. E O SEXO É FANTÁSTICA MANIPULAÇÃO DE ENERGIA, QUANDO EXECUTADO COM AMOR E ENTREGA TOTAL. SE INSTRUMENTO DE VAIDADE, EGOÍSMO, VINGANÇA, É APENAS UMA FORMA DE PROFUNDA AGRESSÃO E, NESTE CASO, EU EFEITO É INTEIRAMENTE CONTRÁRIO. O EXO SEM AMORÉ APENAS UMA FUNÇÃO FÍSICA, QUE CARREGA CONSIGO UMA SERIE DE DESILUSÕES E DESENCONTROS.
*ESTE TEXTO É UM DOS VÁRIOS ESCOLHIDOS PELO MESTRE LACERDA.

A fábula- mito do cuidado

(Fábula de Higino)



Certo dia ao atravessar um rio, Cuidado viu um pedaço de barro. Logo teve uma ideia inspirada. Tomou um pouco de barro e começou a dar- lhe forma. Enquanto contemplava o que havia feito, apareceu Júpiter. Cuidado pediu que soprasse espírito nele,  o que Júpiter fez de bom gosto.
Quando, porém, cuidado quis dar um nome à criatura que havia moldado, Júpiter o proibiu. Exigiu que fosse imposto o seu nome.
Enquanto Júpiter e Cuidado discutiam, surgiu, de repente, a Terra. Quis ela , também, conferir o seu nome à criatura, pois esta fora feita de barro, material do corpo da Terra. Originou-se, então uma discussão generalizada.
De comum acordo, pediram a Saturno que funcionasse como árbitro. Este tomou a seguinte decisão, que pareceu justa:
_ Você, Júpiter, deu-lhe o Espírito, receberá, pois de volta este espírito por ocasião da morte desta criatura.
_ Você, Terra, deu-lhe o corpo; receberá, portanto, também de volta o corpo quando esta criatura morrer.
_Mas como você, Cuidado, foi quem, primeiro moldou o a criatura, esta ficará sob seus cuidados enquanto ela viver.
E como entre vocês há uma acalorada discussão acerca do nome da criatura, esta será chamada " Homem", isto é, feita de húmus, que significa terra fértil.
SALVE DEUS.

A PARÁBOLA DO PASSARINHO: LEIA E CONTE PARA ALGUÉM!!!

Meu querido irmãos e irmãs.
Minha querida vovó Catarina de Aruanda gosta de contar histórias para nos ensinar as lições que precisamos aprender; esta história me foi contada por vovó Catarina e eu quero contá-la para vocês. Esta singela história nos ensina o comportamento do verdadeiro "humilde", aquele que pratica a humildade de forma espontânea como prova de sua evolução espiritual.
Espero que aprendamos e, dentro das possibilidades, no corrijamos, exercendo, cada vez mais este atributo dos verdadeiros seguidores de Cristo. Salve Deus.






Numa grande cidade, havia um enorme terreno devastado pela erosão; cheio de lixo, servia para que as pessoas depositassem ali toda  a sorte de objetos velhos, inúteis ou estragados. O mau cheiro era horrível e o aspecto, pavoroso. Nem mesmo nossos irmãos urubus, e animavam em visitar o lugar.
Certo dia, um passarinho recém-saído do ninho, voava pelo espaço em busca de uma árvore onde pousar e onde tivesse uma frutinha para comer. Sem saber direito onde ia, se dirigiu para os lados  do lixão e ficou sobrevoando-o, consternado. Mas, se enchendo de forças, seguiu sempre em frente, até que enfim encontrou, muito tempo depois, uma linda floresta com enormes árvores que tinham variadas frutas.O bichinho se alimentou com vontade, até se fartar. Antes de ir embora, colocou umas três ou quatro sementinhas no bico e levou-as, com dificuldade e com muito cuidado até o terreno infectado pelo lixo. Lá chegando, teve o cuidado de lançar as sementes, uma a uma, separadamente na direção ao solo.
Alguns anos se passaram e, como todos os dias o passarinho tinha a mesma atitude de carregar e semear sementes sobre o terreno, lentamente as árvores foram brotando até que ali floresceu uma linda floresta, que maravilhava a todos os que ali passavam. Todos queriam saber quem foi o autor de tão grande serviço.
_ Eu fui a responsável pela  floresta- Disse a terra- Afinal, foi eu que fecundei as sementes!
_ Que é isto?!- Respondeu a chuva- Eu molhei as sementes que foram jogadas aqui e e não fosse por mim, elas teriam morrido!
_ Qual!- Gritou o sol_ Por acaso existe vida em que eu participe? Eu sou o responsável por esta enorme floresta!
E nesta confusão, cada um queria ser conhecido como o "autor da obra". Até o Homem apareceu:
_ Deixem de bobagem! Esta floresta só renasceu porque por baixo do lixo que eu joguei haviam sementes e, o lixo que eu depositei neste terreno virou adubo!
Uma árvore, que tudo assitia, vendo no espaço o solitário passarinho carregava mais algumas sementes no bico, perguntou:
_ Passarinho, ô, passarinho!Você não vai dizer que foi você que semeou todas nós? Não vai dizer que por seu trabalho de semear sementes, uma a uma, hoje nós somos esta bela floresta?
O passarinho olhou muito surpreso para a árvore, pois se assustou com aquela pergunta e disse:
_ Você falou a verdade, amiga árvores: eu só semeei as sementes!