quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Festa do Anodaê









SALVE DEUS!
Iª FESTA DO ANODAÊ DO TEMPLO TANOR DO AMANHECER DE JUIZ DE FORA.
DIA- 30 DE OUTUBRO DE 2011
HORÁRIO- APÓS O ENCERRAMENTO DOS TRABALHOS ( MAIS OU MENOS 20 HORAS)
VENHA COMEMORAR CONOSCO O ANIVERSÁRIO DE TIA NEIVA E O DIA DO APARÁ!
INFORMAÇÕES- (32) 3225-5979 _ Alice
                                (32) 3231-2812_ Jurema



terça-feira, 27 de setembro de 2011

A consulta.: como ser um bom médium.







Elegante dama entrou num Grupo espírita e pediu uma consulta ao orientador:
_ Venho pedir-lhe ajuda pois minha vida está transtornada. ontem sonhei que o meu falecido marido veio à nossa casa e falou comigo. Acordei repentinamente e ainda pude ver-lhe o rosto. Fiz-lhe algumas perguntas, e, com assombro, ouvi-lhe a voz, dizendo-me que a morte não existe, que a vida continua alem do sepulcro. O que o senhor supõe que venha a ser isto?
   _ Mediunidade, minha senhora- comentou o orientador, calmo e paciente.
   _ Ah, sim!- continuou, exaltada, a senhora- muitas pessoas já me disseram que sou médium... Desde criança vejo coisas, antes do sono, mesmo com os olhos fechados. Vejo pessoas em torno do meu leito, velando por mim. Como interpretar essas visões?
   _ são fenômenos da sua mediunidade- respondeu o ponderado orientador.
   - Sim, sim- falava a nervosa senhora. ocorreram outras coisas que me espantaram. Quando converso com minhas amigas, vejo objetos se moverem, ouço ruídos, pancadas nos móveis, como se pessoas invisíveis desejassem desejassem conversar conosco. já cheguei mesmo a ver bonitas mãos se movimentarem.Como classificar esses casos, senhor?
  - Mediunidade, minha irmã...
  - Muitas vezes sinto angústia. Ouço vozes, sinto um arrepio a correr pelos braços e espinha. Como definir essa impressão, meu amigo- Minha irmã, tudo isto é mediunidade- esclareceu o orientador, seguro de si. A senhora tem sensibilidade, e as pessoas que a possuem, sente a presença das entidades espirituais.
   - Mas, como vou resolver este problema
  - A solução do problema está com a senhora. estude e trabalhe. Pelo estudo apriorará a sua personalidade, compreendendo a vida com mais largueza. Pelo trabalho semeará o bem, atraindo cooperadores.esforço persistente no bem, meditação sadia e renovação mental. Disciplinar as emoções.
Quando a irrequieta senhora ouviu falar em estudo, trabalho, renovação, disciplina, esforço e caridade, ficou desapontada. Aflita, falou:
   _ Pensei qua as coisas fossem mais fáceis...
 _ A senhora será ajudada, a fim de ajudar-se. A mediunidade com Jesus eleva as criaturas. iniciemos, agora nossos estudos, minha irmã.
   _ Hoje não posso-falou a senhora- virei amanhã...
Saiu apressada, sem despedir-se, e nunca mais voltou. Perdeu preciosa oportunidade de colaborar e progredir.
A mediunidade pertence a odas as pessoas, sejam elas católicas, protestantes, espíritas ou materialistas. Mediunidade é a faculdade de comunicar-se com os espíritos.
A mediunidade sempre existiu, desde que o homem passoua a habitar a Terra. A comunicação dos Espíritos é fato natural. Foi por meio dela que  os espíritos se dirigem o nosso planeta puderam interferir no progresso do nosso mundo, orientando-o, guiando-o e protegendo-o.
Os médiuns são pessoas que servem de intermédio entre os espíritos encarnados e os desencarnados. Todas as pessoas são médiuns. Entretanto, comumente só chamamos "médiuns" aos indivíduos que têm a tarefa a desempenhar no "campo mediúnico".
Jesus foi médium perfeito. portador de diversas faculdades mediúnicas, a mediunidade que consagrou foi a de "cura".
 Para ser um bom médium é preciso estudar e trabalhar. Estudar, conhecer os fundamentos da Doutra Espírita, as modalidades mediúnicas e suas formas de desenvolvimentos. Trabalhar na reforma íntima, trocando velhos defeitos por novas virtudes, e dedicar-se ao bem do próximo, praticando a caridade. 
Do Roteiro do Pequeno Pajé.

PALAVRA DE AGANARA_ O canto da Cigana Aganara




 O Canto da cigana Aganara.


Salve Deus, minhas irmãs Aganaras! Salve Deus, Mestres Aganaros! Salve Deus, Grandioso Ministro Aganaro. Benditas sejam as forças do Povo Cigano!
Salve Deus. O canto da Falange  das Ciganas Aganaras, começa com uma advertência não só para nós, pertencentes à Falange, mas, a todo aquele que nos ouve, na emissão de nosso canto.
Não é à toa que a Espiritualidade Maior enviou este mantra, que se inicia com uma advertência para que nós, Ninfas estreitamente ligadas aos Trabalhos de  Libertação dos irmãos encarnados ou do Mundo Invisível, o fizéssemos. Somos NÒS, as Aganaras, as responsáveis por transmitir esta verdade e estas palavras que podem ser apenas uma advertência ou uma condenação, dependendo da evolução espiritual de cada um, salve Deus. Quando falamos, com todo o nosso amor, com toda a conduta doutrinária que nos é exigida: "Meus  reais contemporâneos. Sabemos que a Lei Física que nos chama à Razão é a mesma que nos conduz a Deus." Sim, pois, apesar das irmãs Taganas também terem esta identificação com os Trabalhos de Libertação, o canto das duas Falanges transmitem energias diferentes. Não quero comparar, nem tão pouco dizer que um canto é melhor ou mais bonito do que o outro. Estou Falando de Energia e de herança transcendental. O nosso Canto além desta divina lição, sobre a qual que já nos alertou pai Seta Branca, traz toda a nossa transcendência, nosso caminhar por várias encarnações e, quem ouve nosso Canto percebe, claramente a força da tribo Katshimoshy. Nossas irmãs, tem o Canto voltado para as missões pessoais, se colocando à disposição para trabalhar com uma Nova Era, na Esperança de um mundo melhor, o que é realmente maravilhoso.
Nós, Aganaras,  porém, em nosso Canto, alertamos, reconhecemos a rica e feliz oportunidade concedida por Deus para nos libertarmos e libertarmos nossos irmãos que se acham nossos inimigos. reconhecemos nossa culpa no acrisolamento de nossos cobradores, nos declarando culpadas pelos sofrimentos que causamos pela falta de amor; reconhecemos e declaramos que andamos por este planeta e muito sofremos também por ter deixado de amar.
Entretanto, a parte que é o início do Canto é muito especial por ser um alerta PARA NÓS E NOSSOS CONTEMPORÂNEOS que nos ouvem e devemos ter esta consciência, na hora da Emissão dessas palavras para que a energia de iluminação e e compreensão alcance a todos, através de nossas palavras. Em verdade, acredito que nosso Canto é o único que faz esta "mea culpa", que busca na transcendência não só o reconhecimento dos erros, a certeza do julgamento e da libertação através do Amor e do cumprimento da missão.
Um dia, Jesus também disse algumas palavras que, embora diferentes na forma, eram muito semelhantes ao início do nosso Canto; Jesus disse; "Dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus." E nós emitimos; " A lei física que nos chama à Razão é a mesma que nos coduz à Deus". isto equivale a afirmar que as Leis do Céu e da Terra são, na verdade, uma só.A Lei do Céu não torna sem efeito aLei dos Homens e nem a Lei dos Homens tem o poder de substituir a Lei do Céu, a lei de Deus. Uma é continuação e consequência da outra. 
Minhas irmãs, em meu entendimento, (modesto e insignificante), se não cumprirmos a lei aqui na Terra pagaremos também com a condenação que seu não cumprimento causa no mundo espiritual; ous seja, se não respeitamos a lei física de pagar nossas dívidas certamente arcaremos, também com o ônus que este comportamento trará. Vamos imaginar de forma bem singela, quase infantil que encomendamos um trabalho a alguém e, após o serviço pronto nos recusamos a pagar. Este profissional pode necessitar do dinheiro para alimentar-se, pagar um a dívida ou manter a família. O sofrimento e preocupação que causaremos é o descumprimento de uma lei física mas que nos condenara´por ter trazido ao outro ansiedade, preocupação e, às vezes até necessidade física.
Cézar( es) e o Império Romano usavam o imposto Também par a manter as estradas, construir edifícios, construir aquedutos,etc, e forma que, o não pagamento do imposto acarretaria um ônus também social que os inadimplentes arcariam não só aqui na Terra, com a cobrança forçada pelo Império, bem coo no mundo Espiritual caso houvesse consequências, como doenças por falta de verba para a busca da água, de comida, acidentes nas estradas, etc.   
Assim sendo, amadas irmãs, vamos colocar toda o nosso amor ao pronunciar as palavras: " SABEMOS QUE A LEI FÍSICA QUE NOS  CHAMA A RAZÃO É A MESMA QUE NOS CONDUZ A DEUS", para que haja o esclarecimento aos nossos contemporâneos através do nosso Canto e desta forma estarmos em paz com nossa consciência na certeza de estarmos levando a luz e o esclarecimento aos que precisam. Salve Deus!

HUMARRAN_ SABEDORIA DO VELHO MeSTRE.

Salve Deus, irmãs e irmãos! É sempre bom relembramos as Palavras e ensinamentos do velho mestre Humarran, tão amorosamente transmitiu a Tia Neiva a bagagem necessária para que ela concretizasse, neste Plano, a sua missão:
*A vontade e o sentido moral iniciam sua obra sem a melodia do fracasso.
*Entre o Bem e o Mal, o ocultismo não admite transigência. Custe o que custar, é preciso fazer o Bem e evitar o mal...
*A mente vai até onde a cabeça pode sustentar.
 *O escândalo distancia o missionário de sua missão.
* Não há consciência sem compromisso, como não existe dignidade sem lei.
* Fé sem conhecimento do Bem não evolui a mente.
* Crie esperança e otimismo onde estiveres a favor dos outros, sem pedir remuneração. Auxilie muito e espere pouco ou nada.
* O nosso coração só se cura pelo esclarecimento.


ENCOURAÇADOS: saiba o que é


   Espíritos que chamamos "encouraçados"
  Segundo consta do "Acervo Tumarã", os ENCOURAÇADOS são espíritos milenares, colonizados e que ão aceitam a Escola de Jesus. Estes espíritos infelizes e sofredores segue sua jornada na Velha Estrada, obedecendo a lei Mosaica do "olho por olho e dente por dente" Tem poder de grade impacto para os irmãos Inluz, agindo com o poder e a visão unicamente da justiça, secamente, sem amor. Aceitam e colaboram em muitos trabalhos com os seguidores de Jesus, mas se recusam a aceitar nossas ideias de amor, tolerãncia e humildade.
Com a conjunção dos Dois Planos- o visível e o invisível- o neutrôm está ficando menos denso e dando oportunidade de passagem de um plano para outro, permitindo que espíritos, até então invisíveis, se apresentassem aos seres humanos, não como materializações, mas, sim como são, na realidade, no plano que habitam. Diversos casos tem ocorrido, sendo atribuídas estas aparições a extraterrestres e provocando grande confusões nos meios científicos e de comunicação. Grande parte dos casos é provocada pela aprição dos Encouraçados. Estes fenômenos irão crescendo, ficando fora do controle das autoridades científicas e religiosas, e somente o doutrinador equilibrado, conscientes de suas capacidades mediúnicas, terá condições de desintegrá-los, pela força de uma elevação.
Amados, vejam a seguir o que nos conta Tia Neiva, em mensagem de 15.08.79:
   " Sempre me preocupam as estórias das diversas visões das  de pessoas de diferentes lugares e, também, de aparições, que são as que mais me preocupam. Sim, porque estes espíritos vêm, eu sei, da Mansões dos Encouraçados. Sei que são bons, porém, quem poderia afirmar se já não existem outras Mansões Inluz? Veja, filho o que aconteceu neste diálogo com este meu amigo, que também não me deixou vestígios. E assim, filho, milhares acontecem todos os dias e com todo o mundo. Apenas, pela própria vibração dos mesmos não os notamos. Vem, sim , para assumir um compromisso, por missão. Sim, compromisso de Luz! E não terá alguém por vingança? Salve Deus! Vamos ao caso deste jovem, de mais ou menos trinta anos, sentou-se ao meu lado. Não sei porque não fiquei mais à vontade. Porém, fiquei firme. O cobrador entrou, cobrou de todos nós, e ele fez menção de se levantar. O cobrador não lhe deu atenção. Na primeira parada, uma luz opaca, em forma de charuto, ofuscou a rua. O homem sinistro desceu, desaparecendo no nevoeiro. Quis gritar.. Não era normal!... levantei-me louco, alarmado, quando um forte estampido se fez ouvir. Eram dois carros que se chocaram, matando os dois motoristas. Foi o nevoeiro? Foi o homem? O homem, o nevoeiro... Somente eu havia visto? Passaram-se sete anos. Hoje, estou na mesma situação. Somos irmãos em Cristo e faço,Tia Neiva estas viagens também, Moramos na Mansão dos Encouraçados. Graças a Deus porque cheguei quinze anos antes do tempo! Não quis cumprir minha missão, Salve Deus!" Este é um dos meus encontros com os Encouraçados, que você também deve ter. Observe!

A parábola do leão e do passarinho- Mensagem para o seu coração!

Amados, um espírito de muita luz me contou esta parábola, linda e instrutiva, que eu contarei agora para vocês. Espero que gostem e contem para alguém, para que a "luz ilumine a todos" e não seja colocada debaixo do alqueire!


             A parábola do leão e do sabiá.

   Jesus parou próximo ao deserto e uma multidão, ansiosa, se acomodou em volta Dele, ansiosa, para ouvir Suas palavras. O Mestre começou a ensinar com meiguice e amor e todos ficaram maravilhados com ano conhecimento e fé.
Neste momento, um homem se levantou para se dirigir à Jesus. Era um importante mercador de longínquas terras e que maravilhado com a lições de Jesus buscava meios de levar as palavras divinas para seu país, como se fossem suas e, assim, ganhar notoriedade e fama.
  _ Mestre, que posso fazer para transmitir suas palavras para os da minha pátria?- perguntou o homem. Podes me ensinar mais?- continuou.
Jesus olhou o homem e viu que ele não era sincero pois pretendia pregar nas ruas de sua cidade sem convencimento e com muito alarde para se fazer co amor e nhecido e obter poder e reconhecimento. falaria muito alto, com grande impostação de voz e arrogância dos que pensam saber tudo. Tudo isto Jesus leu no coração daquele homem. Porém, baixando sobre o homem um olhar de amor e compaixão, jesus respondeu, mansamente, formulando outra pergunta:
   _ Filho, quem você acha que é ouvido por mais pessoas: o ruir de um leão ou o piar de um passarinho?

    O rugir de um leão- falou o homem sem nem mesmo pensar.
   _ Em verdade, em verdade vos digo, aquele que quiser pregar a minha mensagem deve ser como o passarinho enão como o leão que ruge.
   _ Mas Mestre, o leão quando berra se faz ouvir por léguas e léguas de distância, ao passo que o passarinho quando canta quase não faz barulho!
   _ Em verdade, em verdade vos digo: o leão ao berrar afasta todos que estão perto e o pequeno passarinho quando canta faz o homem se calar, o faz parar em silêncio se aproximando para ouvir tão lindo som! Assim como o passarinho cantando deve ser a voz de quem fala em meu nome.
E o homem com vergonha no coração se afastou discretamente pois percebeu que não conseguiria transmitir os ensinamentos do Cristo como o passarinho transmite a sua alegria em seu canto: mansa e serenamente. Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo.


terça-feira, 20 de setembro de 2011

Vale do Amanhecer no cinema!!!!

Meus amados irmãos, realmente o acaso não existe!
Logo após fazer a postagem sobre a nossa Doutrina como patrimônio nacional, deixando claro o grande reconhecimento sobre a mesma , bem como o crescimento constante em número de médiuns e de Templos, fui acessar meu e-mail e tive a grata satisfação de saber que um sonho pessoal está prestes a se realizar: a vida de nossa Mãe e Mentora no cinema. 
Pelo que soube a Wolf Maia, conhecido diretor de novelas e de cinema está em negociação com os familiares de Tia Neiva para a possível realização do filme, sendo que o roteiro está sendo elaborado por Carmem Lúcia e provavelmente quem encarnará na tela a nossa Mãe será Cristiane Torloni.
Eu creio que a vida desta Grandiosa mulher, mãe, médium clarividente merece ser conhecida pelo grande público, não para incentivar ou atrair grande número de pessoas para o Vale, mas, para que sua missão seja conhecida e seus ensinamentos sejam levados a um grande número de pessoas e, através de sua vida, seja espalhado pelo Brasil e, quem sabe pelo mundo, as palavras de Seta Branca, que tanto bem nos fazem e que pode fazer por toda a Humanidade!  

VAMOS ENVIAR MENSAGENS E E-MAILS AO VALE DO AMANHECER REFORÇANDO E APOIANDO ESTA IDEIA DESTE GRANDIOSO PROJETO DO CINEMA NACIONAL. salve Deus!

Vale do Amanhecer "PATRIMÔNIO CULTURAL DO BRASIL"!!!-Palavra de Aganara

Salve Deus, meus irmãos!
Graças a Deus. Enquanto muitas Doutrinas, Religiões e Seitas estão sofrendo a ação do Vale das Sombras e caindo no velho padrão, sendo objetos de processos judiciais e escândalos, nós, temos nossa consciência tranquila por estarmos numa Doutrina trazida diretamente do Astral Superior por nossa Mãe Clarividente, com todas as orientações necessárias para sermos, na verdade mais pura, medianeiros entre o Céu e a Terra, sem nos contaminarmos com os vícios deste mundo. Isto tudo no tocante ao recebimento de doações, do uso desnecessário e tão perigoso de propaganda e chamamento de seguidores, quanto ao uso do álcool e outras drogas, e, especialmente nas atividades com as crianças no Pequeno Pajé. Seguindo à risca os ensinamentos e esclarecimentos de Koatay 108, nossa Doutrina conservará o cunho estritamente religioso e doutrinário, na pratica da caridade pára e gratuita, Não seremos JAMAIS ( Salve Deus!) confundidos com empresários da fé, aliciadores de humildes e necessitados, comerciantes da fé e do sofrimento alheio nem tampouco como doentes usuários de drogas e traficantes desta desgraça da humanidade, nem praticantes do vil crime da pedofilia... Seremos conhecidos como A ESPADA RESPLANDECENTE DA DOUTRINA CRÍSTICA, a iluminar por todo este universo.
Jaguares do Sol e da Lua, é divina a nossa missão. Somos escolhidos não por nosso bom coração ou por sermos melhores do que os outros seres da Terra, mas, por termos uma dívida de milênios a saldar, na condução de irmãos encarnados e desencarnados perdidos no ódio, na vingança e na destruição. Espíritos Espartanos que não sabíamos perdoar somos, agora, chamados por Seta Branca para não só perdoar, mas, para amar incondicionalmente na humildade e na tolerância.
Por isto tudo é que, com grande alegria, nós Jaguares, estamos vibrando em prol de nossa Doutrina, que não foi criada nem inventada por nenhum ser humano, mas, vinda diretamente do astral Superior, por intermédio de Espíritos de Alta hierarquia e pela missão do aguerrido espírito que conhecemos por Neiva Chaves Zelaya pois está em estudo no IPHAN, Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional a inclusão da Doutrina do Vale do Amanhecer como PATRIMÔNIO CULTURAL BRASILEIRO, eis parte da notícia:



" Depois de inventariar toda as obras de Oscar Nemeyer o Instituto de patrimônio Histórico e Artístico Nacional- Iphan -parte para uma nova cruzada da qual começa a obter os primeiros frutos: o Inventário Nacional de Referência Cultural do Vale do Amanhecer, que a Superintendência do Iphan do Distrito Federal acaba de lançar.
Durante dois anos um grupo de pesquisadores, formado por antropólogos e historiadores do Iphan, desdobrou-se sobre a história e a organização do Vale do Amanhecer com a intenção de produzir um documento que servisse como registro detlhado das atividades iniciadas por Tia Neiva em 1960-( 08.12.2010) Diário de Pernambuco- Diariodepernambuco.com.br)
Salve Deus, amados, foram dois anos de estudos e pesquisas! E ao que nos leva a crer nada que desabone a nossa Doutrina foi encontrado que nos desmerecesse como seguidores de Jesus e maculasse nossa Crença e fé! Por isto vamos atentar, cada vez mais ao nosso bom comportamento social e familiar, vamos cuidar da nossa conduta doutrinária, vamos verdadeiramente nos portar como nossa Mãe tantas vezes nos pediu.... àqueles que gostam de promover e espalhar escândalos, postando a intimidade de nossa Doutrina para todos, mostrando cenas de brigas e discussões na internet, usando sites e blogs para difamar este ou aquele Adjunto, Trino, dirigente ou Ninfa, que coloque amão na cabeça e deixe que cada um siga a sua jornada da forma que lhe manda a evolução pessoas! NÃO EXPONHA ESTA DIVINA DOUTRINA àqueles que nem mesmo sabem o que é um passo iniciático, que não conhecem Seta Branca, que não receberam as emanações de amor da mulher que se fez tão pequena para caber em nossos corações, que sucumbiu no serviço de Amor incondicional para que nós, seus filhos espirituais tivéssemos a chance de, desta vez, não cairmos no velho erro do orgulho, das competições, da desarmonia.
Jaguares! Vamos trabalhar! O universo espera por nós! O reconhecimento e até mesmo o crescimento desta Grandiosa Doutrina não deve ser para nós motivo de orgulho mas, de certeza que muito ainda precisamos trabalhar até que toda a nossa Tribo tenha evoluído e, assim, nos reencontrarmos na nossa Origem. Salve Deus!

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

a TRANSCEDENTALIDADE NA DOUTRINA DO AMANHECER







A Raiz dos Hiperbóreos


Os hiperbóreos eram segundo os gregos " um povo que habitava além do Vento Norte", numa região de paz e sabedoria, até hoje não localizada, mas compreendendo a atual região ártica, que corresponde ao atual Pólo Norte. Essa Raiz foi o povo de Apolo, que deixava Delfos entregue a Dionísio e para lá ia uma vez por ano, no inverno. A Hiperbórea era totalmente inacessível por terra ou por mar. Na Mitologia grega há a história de Perseu, que conseguiu ser recebido pelos hiperbóreos. É deles que se originaram os Esquimós, os Vikings, os Anglo-saxões, os Eslavos e os Celtas.

OS CELTAS:
Mesclando-se com os Arianos, a linha celta ocupou a região setentrional dos Alpes, formando, a partir do século XII AC, tribos que se espalharam pela Europa, ocupando grandes àreas entre Gilbratar, na Península Ibérica,e a Europa Central, no Norte de Gália. Desde as nações do Norte, os Celtas avançaram para outras regiões, combatendo junto a Alexandre Magno e tendo invadido a Grécia. Foi grande a sua influência na Boêmia, na Àustria Superior e na Baviera. Os reis das tribos eram eleitos dentro de uma mesma família. Depois, o poder passou a ser exercido pelos equites, magistrados membros das famílias ricas. Os druidas formavam uma das castas dirigentes entre os Celtas, com grande influência político-social, mas essencialmente religiosa, pois exerciam múltiplas funções de adivinhos, médicos filósofos,  além de serem sacerdotes
( "dru" significa intensivo e "uid" é sábio, vidente). Existiam druidas em todas as tribos nórdicas e tinham um "superdruida", autoridade máxima, com quem faziam reuniões anuais, num ponto central. A eleição do superdruida era fato muito concorrido e motivo de muitas lutas, pois representava o poder máximo entre as tribos. Aos druidas cabiam os grandes sacrifícios comuns, a ligação entre os vários deuses tribais e regionais, onde  eram cultuadas divindades ligadas á Natureza e a planos superiores, especialmente deuses que tinha relação com Apolo e a educação, mesmo dos guerreiros. Um druida, levava em média, vinte anos de aprendizado até estar apto a assumir suas funções, aprendendo Medicina e Teologia, além de Astronomia, 
geologia e Ciências Naturais. Para Aristóteles, os druidas teriam inventado a Filosofia, com suas teorias sobre as origens eo destino do Homem e estudos da Metempsicose. Atualmente, a ideia é que eram xamãs ou magos. Com o domínio romano, os druidas eram considerados curandeiros e feiticeiros, sendo exterminados. Os druidas são a nossa principal ligação com essa Raiz, nos transmitindo o conhecimento das energias do Sol e da Contagem das Estrelas e a manipulação da natureza, por um xamanismo puro e extremamente energético, de onde as força telúricas nos chegam em trabalhos de Contagem e de Unificaçao, quando nós liberamos nossa força nativa.

OS VIKING
Conhecedores das estrelas, os vikings foram exímios construtores de barcos e ferozes guerreiros, navegando por toda a costa da Europa e incursionando pelos grandes rios como o Danúbio e o Volga,  assaltando vilas e povoados, além de terem chegado às Américas, em arriscadas viagens, mas sem terem tomado posse das terras. Assim, existe uma hipótese de que os grandes navegadores portugueses e espanhóis já saberiam da existência destas terra, tendo providenciado as expedições para conseguirem mais terras e tesouros para seus reis, importante foi o entrelaçamento das raízes feitos pelos vikings, através de suas viagens, embora o que resta dessas tribos dizem respeito somente à perfeição de sua construção naval.


RAIZ DA ATLÂNTIDA

Um verdadeiro continente situado entre a África a as Américas, desenvolveu elevado nível de civilização, sendo submerso quando esta cultura se afastou das origens e caiu na ambição de ser maior do que a Espiritualidade, achando-se verdadeiros deuses pelo progresso científico que conseguiram obter. De pele avermelhado migraram para a America do Norte,dando origem aos índios Peles Vermelhas, formando as raças indígenas do Caribe e da região do marajó, alcançando os Povos do Amazonas e do Roncador. Em livro escrito pelo txukarramãe Kaká Werá Jecupé- "A Terra dos mil povos"- é relatado: " Esses clãs, tribos povos têm uma árvore em comum que remete aos nomes: Tupy, jê, Karibe Arauak. Mas antes da chegada das Grandes Canoas dos Ventos, no século XVI, o que podemos chamar de povo nativo era olhado e nomeado, do ponto de vista Tupi, como Filho da Terra, ou seja, os povos que foram  denominados como Tapuia pelos Tupy remanescentes da raça vermelha, depois do Grande dilúvio da Terra, que, segundo a Sabedoria Sagrada, foi o encerramento do Ciclo de Tupã". Segundo Kaka, antes de chegarem os colonizadores europeus, três raízes- Tupinambás(tradição do sonho), Tupy-Guarani( Tradição do Sol) e Tapuia(tradição da Lua)- deram origem aos 206 povos indígenas brasileiros, cultuando todos a Mãe Terra. Também se mesclaram os Atlantes das tribos do México, formando os Toltecas. Outros grupos de Atlantes- os Semitas- chegaram às costas da África, onde se mesclaram com os povos da 6ª raiz, originando fenícios, libaneses e árabes, sendo que outros sobreviventes aportaram na Penísula Iberica.Desta raiz recebemos uma grande força xamanística, que se desenvolveu por todas as Américas, gerando os poderes dos Grandes Pajés e feiticeiros indígenas que propiciaram o desenvolvimento dos trabalhos com Caboclos e Caboclas que fazemos em nossa Corrente do Amanhecer. A manipulação de forças do Povo das Águas e das Sereias de Yemanjá também são derivadas desta raiz.
* Acervo Tumarã
Outras postagens sobre o assunto:23.11.2010- 20.01.11-- 17.06.2011-29.07-2011

Mistificação- cuidado, muito cuidado!!

"TIRA-ME A VOZ QUANDO POR VAIDADE ENGANAR OS QUE ME CERCAM".

   " Eis porque não tenho medo de mistificação destes benditos de Deus. Seus bônus são luminosos porque fluem de seu plexo, que reserva, também, o seu Sol Interior e suas três naturezas. Isto digo do Apará e do Doutrinador". (Tia Neiva, 27.10.81)


Sabemos que a mistificação é uma coisa muito séria para um médium... porém devemos estar bem conscientes do que é mistificar:
Mistificar e´ abusar da credulidade de laguém, iludindo a boa fé das pessoas, e quando um médium usa artifícios, fingindo estar incorporado com esta ou aquela Entidade, dizemos que está havendo mistificação.
Mistificar é um perigo, pois muita coisa desagradável pode ser fruto da pseudo Voz Direta, gerando conflitos e desarmonia, além do se´rio comprometimento do médium que o pratica., por contrariar o julgamento que fez quando de sua iniciação. A mistificação é uma forma de interferência, embora chamemos de interferência a manifestação  de um espírito Inluz que se faz passar por um de Luz, truncando mensagens e fazendo profecias. Na mistificação a interferência se faz pela vontade do médium que, passa a dizer coisas de acordo com seus desejos e visando obter efeitos em benefício próprio. Koatay 108 confiava nos médiuns do Amanhecer, pois sabiam a força e a responsabilidade de uma iniciação Dharman Oxinto. Apesar disto, na prática está sendo muito encontrada a mistificação por parte de mestres e ninfas aparás que buscam, em suas comunicações, aproveitar-se da situação em benefício próprio, sugerindo ajudas materiais e ligações físicas com doutrinadores e pacientes, alé de determinarem a troca de mediunidade e prisões.

Vovó Marilu e FaUstina

Atendendo a pedidos, vou postar o "teatrinho: V´vó Marilu e Faustina" para que outros Templos, caso interessem, possam fazê-lo no Pequeno Pajé. Salve Deus. A apresentação no Templo Tanor está postado no Youtube bem como neste Blog.

Personagens: Vovó Marilu, Faustina, crianças e um narrador (a).
Narrador(a)- Vamos falar de um Espírito muito querido e que olha por todas as criancinhas da Terra e também do Espaço: a vovozinha Marilu!( Entra em cena a Vovó Marilu).
Tudo começou quando os traficantes buscavam as pessoas para trabalhar como escravos Eles queriam pessoas fortes e que aguentassem o serviço. Por isto eles levavam até as crianças maiores, os pequeninos eram abandonados.
A Vovozinha do Espaço, então, começou a recolher as criancinhas abandonadas e que estavam sofrendo muito de fome e frio, muitas no bercinho e cuidou delas com todo o amor, dando comida, água e ensinando a bondade, o amor e construiu para elas uma mansão!
Mas, todo Espírito bom sofre a perseguição dos maus e invejosos e assim aconteceu...
( entra em cena a Faustina)
Faustina- Vovó Marilu onde a senhora consegue essas crianças... Eu quero algumas criancinhas para me fazer companhia. Porque ninguém gosta de mim... ninguém me visita.... Sou muito sozinha!

Vovó Marilu- Eu pego s criancinhas que ficaram abandonadas. Os pais delas foram levados para o Brasil pelos traficantes e esses pobrezinhos ficaram para trás.

Narrador(a)-Faustina começou a invejar a vovozinha do espaço e começou a ir também recolher crianças abandonadas. Porém, recolhia as criancinhas para judiar. Batia nas criancinhas xingava, dava mamadeira fervendo para os pequenos...

Vovó Marilu- Não faz isso, Faustina! Não judie dos pequenos! Devemos ensinar o amor e a bondade!

Narrador(a)- Vovó Marilu chora, faustina ri.
Vovó Marilu teve uma ideia: ir buscar as crianças da mansão da Faustina e levar para a sua mansão! Mas, as crianças estavam muito malzinhas: brigavam, xingavam e batiam uns nos outros.

Vovó Marilu: Venham comigo, crianças!

Narrador( a)- E as crianças bateram em Faustina.

Faustina- Ai! Ai! Ai!
Vovó Marilu: Não meus filhos, a violência não resolve nada! Salve Deus!

Narrador(a)- As crianças araram de bater em Faustina e foram com a Vovó Marilu cantando o Mantra do pequeno Pajé
Até hoje quando uma criança fala, faz ou pensa uma coisa feia, Faustina vem bem depressa para castigar com um tombo, uma topada, faz o sorvete ou o doce cair no chão!
Crianças, o mundo está cheio de malzinhos. Mas, a criança que estuda, obedece o pai, a mãe, os professores e é um bom amiguinho é um bom pajézinho... esta criança é feliz e todos gostam dela. Salve Deus! 

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Templo Pegaro do Amanhecer- Festa cigana!!!

Salve Deus, queridos ciganos de Seta Branca!
Mais uma festa cigana dentro dos princípios de nossa Doutrina!
pelas bênçãos de Deus acontecerá, dia 24 de setembro, sábado, a partir das 15 horas a festa cigana do Templo PEGARO DO AMANHECER, de São Bernardo- SP.
Você já sabe:
Muitas brincadeiras, comes e bebes... alegria sem fim e distração sadia...
endereço:  Rua José Rodrigues 108- Cerro Azul- Alvarenga Rod. 21- João Firmino- Praça Geovane Breda.
Salve Deus!





Templo Olamor do Amanhecer- Festa cigana

Salve Deus, amados irmãos!
Acontecerá dia 30 de setembro, a partir das 19 horas a MARAVILHOSA FESTA cigana do TEMPLO OLAMOR do Amanhecer de Vila Velha-ES
Mulheres deverão levar um prato de comida ( doce ou salgada)
Homens devem contribuir com refrigerante 2L ( pet- entregues com antecedência) ou sucos...
Programação:
* música e ornamentação cigana
* tradicional leitura de mãos e cartas
Se você puder chegue cedo para ajudar na ornamentação!
contato: secretaria@amanhecerdevilavelha.com.br
NÃO PERCA, É IMPERDÍVEL!!!!

Você ainda pode contar com o carinho e calor fraterno do grandioso POVO OLAMOR!

terça-feira, 13 de setembro de 2011

RIR AINDA É O MELHOR REMÉDIO: tipos de jaguar








Salve Deus! Um dia desses surgiu no Templo o termo jaguatirica; sabendo que jaguatirica é um animal que parece um gato mas não é, jaguartirica é o jaguar que parece jaguar, mas não é...
Desta brincadeira, surgiram outros tipos de jaguar:


jaguaraná- è o jaguar que só aparece em dia de festa.
jaguardanapo- é aquele que se acha indispensável, mas não é.
jaguararaca- aquele que só vai ao Templo para destilar veneno.
jaguararara- é o jaguar que vai ao templo mais para conversar do que para trabalhar.
jaguarturista- é o que vai ao templo de vez em quando, para passear.

Salve Deus, meus amados, com certeza nenhum de nós nos enquadramos nos termos acima e queira Deus que nem em nosso Templo tenham tal espécie...

Palavra de Aganara: o Perdão.

Meus amados, sabemos a importância do perdão para a nossa evolução. e sobe este assunto tivemos grandes ensinamentos do nosso amado Mestre Jesus, que nos orientou a perdoar infinitas ezes e Ele próprio deu o divino exemplo, quando na hora de seu desencarne perdoou e pediu o perdão de Deus aos seus agressores.
Nós, seres limitados espiritualmente muitas vezes não temos a grandeza de perdoar as ofensas que recebemos, e, infelizmente, a capacidade de perdoar nos aproxima de Deus e mostra nosso nível evolutivo.




Ontem, num afamado programa de televisão abordou-se o tema do perdão e sua importância para os que praticam sofensas bem como para as vítimas e alguns casos foram apresentados. Um desses casos me fez pensar mais profundamente sobre a capacidade de perdoar e, emocionada assisti uma das mais lindas cenas de minha vida. Me tornei um pouco mais forte e muito, muito mais feliz ao assistir a uma cena de perdão incondicional. H´alguns anos atrás, um homem ansiando pela segurança de sua família e tendo condições financeiras, contratou alguns seguranças para proteger sua residência.
Algum tempo após, os seguranças formaram uma quadrilha e invadindo a casa do homem, roubou objetos e sequestrou o filho caçula do mesmo, que à época tinha 5 anos, pelo que sei. As negociações sobre o valor do resgate tiveram início porém, dois dias após o sequestro, os bandidos mataram a criança com dois tiros no rosto. Quem se lembra deste crime hediondo, deve lembrar da enorme dor estampada no rosto daquele pei e, muitos chegaram a pensar que o mesmo sucumbiria à dor da perda do filho, de forma tão cruel e covarde.
O que não se esperava é que este pai quisesse se colocar na frente do assassino de seu filho, não por uma atitude de ódio e vingança, mas, com um ato de perdão que se não nos ensinar algo é porque somos realmente seres sem qualquer expectativa de crescimento espiritual.
Após conversar calmamente com o assassino,  querer saber e, talvez entender os motivos que o levaram amatar a criança, este pai lhe entregou algo, que penso ser u livro sobre o perdão e lhe disse claramente de sua dor e das consequências do crime na sua vida e na via de sua família, falou de seu filho, como era uma criança alegre e dócil e como sua falta era um tormento novo a cada dia. Porém, este homem, do fundo de sua dor teve o mais lindo gesto que se pode esperar de um ser humano: perdoou o assassino de seu filho e, ao final do encontro, apertou-lhe a mão!
Irmãos. Não sei se este homem é cristão pois sua descendência é oriental. Mas, sei que, dentro da Doutrina Crística, ele segue a grande lição do Mestre: perdoar o irmão.
vendo a atitude daquele homem eu percebi que o perdão que ele concedia ao outro lhe fazia um bem enorme e também libertou o assassino da teia de ódio e vingança que poderia lhes aprisionar nesta existência e, provavelmente em outras. Eu pensei:" Se este Homem é capaz de perdoar o assassino de seu filho, eu posso perdoar aquela palavra ofensiva que ouvi, posso perdoar a fofoca que fui alvo, posso perdoar o soco que levei no rosto, posso perdoar àquele que me roubou uma bolsa...
Meus irmãos, jamais esquecerei atitude deste pai e sei que ele não conhece Seta Branca, não é um Iniciado na Alta Magia de Jesus, jamais deve ter ido a um tempo do Amanhecer mas, conduziu-se  na prática efetiva do Evangelho: agiu como um verdadeiro jaguar. Salve Deus!

Rainha de Sabá- para saber mais um pouquinho

Esta postagem é uma transcrição de postagem datada de 20 de dezembro de 2007, do Blog " Jaru do Amanhecer" e é um perfil espiritual descrito por JAIRO ZELAYA LEITE:

A rainha de Sabá é mencionada no Antigo Testamento e no Corão como a soberana de um reino muito rico- o reino de Sabá- que teria visitado Salomão.
os árabes chamam esta mulher de Bilqus ou Balkis; na Etiópia, Makeda, Magda, Maqda ou Maquera, que significa "grandeza". A Ordem do Graal, na Terra a chama "Biltes". Anos mais tade, o historiador judeu Flavius Josephus referiu-se a ela como " "Nikaulis, rainha da Etiópia"; na Bíblia ela é descrita como "negra e bonita".
O Reino de Sabá localizava-se no Sudoeste da Arábia entre 900 e 1000 anos a.C.O incenso qu produzia era muito procurado. Em Sabá não havia miséria e seu povo era sadio e feliz. A figura da Rainha de Sabá tornou-se muito conhecida principalmente por sua viagem à Jerusalém onde foi exortar Salomão a não se descuidar de sua importante missão na Terra
protegida geograficamente, de tal modo, que o difícil acesso isolou Sabá da impureza que já naquela época grassava pelo mundo, turvando e transformando a vida dos seres humanos num vale de lágrimas. Profetas e enviados especiais foram sendo encarnados para advertir a humanidade sobre o futuro que estavam preparando para si mesmos o que fez necessária a vinda do Messias a escuridão como raio de luz proveniente das alturas máximas, porque os seres humanos se encaminhavam para a ruína e destruição, antes mesmo da chegada do tempo da colheita.
No Kebra Negast, ou " Gloriosas Memórias do Império", um livro Sagrado da Etiópia, diz que a própria Makedda teria criado uma regra segundo a qual" apenas uma mulher pode reinar". Aparentemente Sabá era uma sociedade matrilinear, em que o poder é passado aos descendentes pela via feminina.A ranha de Sabá era muito bonita, rica e poderosa, com toda a sorte de luxos e regalias. Contam que, com a morte de seu pai, ela assumiu o trono com apenas 15 anos de idade.Sua coroação foi festejada pelos súditos, uma vez que, em Sabá, homens e mulheres tinham direitos iguais.
Segundo a Religião, a soberana tinha que se manter virgem e tinha que seguir os costumes de seu povo. Já que não podia se entregar aos prazeres da carne, ela passava grande parte do tempo estudando Filosofia e Misticismo. O encontro com a rainha de Sabá foi a grande encruzilhada na vida do Rei Salomão. Com o seu livre arbítrio devia ter mudado de rota, abandonando a volúpia e as baixarias a que se entregava, mas Salomão falhou espiritualmente, permitindo a contaminação da crença pura coma nefasta degeneração e lascidão decorrentes do culto de Baal que destacava o desvairado comportamento sexual como fonte de felicidade, a perversidade e astúcia como formas de manter o poder. 
Afirma-se que a dinastia de reis da Etiópia provém do filho do rei Salomão e de Makedda, e ainda que foi desta união que a Lei Mosaica foi trazida para a Etiópia.

sábado, 3 de setembro de 2011

Templo Sumaro do Amanhecer: festa cigana





Amadinhos, dia 10 de setembro próximo acontecerá, pelas bênçãos de Deus, a festa cigana do Templo Sumaro do Amanhecer em Contagem-MG. Está programado muitas atividades, entre danças e músicas, jantar cigano, mesa de frutas, sucos e chás deliciosos e refrigerantes.
Se possível, levante acampamento e se dirija a uma festividade dentro dos preceitos de nossa Doutrina!!!
Gitanos de Seta Branca esta é uma das melhores festas ciganas do Brasil! Opchá!

Agamá- veja se você conhece este trabalho

O Trabalho de Abatá da forma que conhecemos nem sempre teve o mesmo ritual.
No começo se chamava AGAMÁ, era realizado diante da porta do templo, com a aparás e doutrinadores formando um "V" entrelaçados, tendo um em seu vértice, o Reino Central, e o outro um Vancares. Entre os dois ficava um ajanã e uma doutrinadora. Formado pelos médiuns, o Mestre Reino Central faz sua emissão e seu canto; em seguida, assim procedia o Mestre Vancares, as ninfas fazem as suas emissões em conjunto e, depois, incorporavam os abnegados Pretos Velhos; o ajanã, ao centro, incorporava o Ministro. Os mestres fazem suas emissões e emitem mantras, os pacientes tomam passes nos projetores. Depois de algum tempo o Reino Central encerra, agradecendo a presença do Ministro e dos Pretos Velhos. Emite a prece de Simiromba e a formação se desfaz.
Houve apenas uma realização do Trabalho de AGAMÁ, que foi suspenso por querer o povo consultar os Pretos Velhos, não se conformando em somente receber o passe.
Depois de algum tempo, foi o Trabalho de Agamá modificado pela Espiritualidade, transformando-se no Trabalho de Alabá, que é realizado nos sete dias da lua cheia, com a incorporação de Pretos Velhos e a presença do Cavaleiros da Luz, especialmente a do Cavaleiro da Lança vermelha da Cura desobssessiva.
Salve Deus.
( Acervo Tumarã)

Moedas espirituais: Linda história para seres especiais!!

SALVE DEUS! RESGATEI ESTA LINDA HISTÓRIA O ROTEIRO DO PEQUENO PAJÉ;ESPERO QUE ELA ILUMINE TODOS OS CORAÇÕES DAQUELES QUE A LEREM.



Em uma cidade grande, havia uma família que amava a Deus sobre todas as coisas e compreendia ser o trabalho uma necessidade para o seu sustento digno e honesto. O chefe da casa levantava-se todos os dias bem de manhãzinha ia para o trabalho, contente e feliz, pela saúde que gozava. Embaixo do braço levava a sua marmita, que não tinha muita coisa mas, quando a fome viesse, lá pela onze horas.. hum... que gostoso o feijão com arroz, a farinha. E também o pedaço de pão! Não estava lá muito macio, mas como era bom comê-lo.
Sua esposa, senhora também muito dedicada, não media esforços para auxiliar o marido no sustento da casa. Mal ele saía para o trabalho, lá ia ela para o tanque, esfregar roupas.
Não reclamara nunca da vida, porque confiava em Deus.
Possuía dois filhos:um se dedicava ao estudo, com grande vontade de aprender. Desejava ser médico, engenheiro, qualquer coisa de importante, para poder auxiliar seus semelhantes.Desejava, também, quando crescesse, construir uma família mas que não fosse tão pobre como a sua agora. Que ão houvesse tanto sacrifício para ganhar o pão de cada dia.
Desde muito crianças, ambos já ouviram do pai e da mãe a leitura do Evangelho. Quantas coisas bonitas Jesus ensinava, mas fazia também tudo aquilo que pregava. os meninos gostavam das reuniões que seus pais faziam todas as quintas-feiras à noite, quando eram lidas as passagens daquele maravilhoso livro. Sentiam-se profundamente emocionados com aqueles ensinamentos e prometiam a si mesmos ser sempre bons e procurar seguir todos aqueles conselhos.
O tempo foi passando e, muitos anos depois, ambos eram homens feitos. O primeiro havia estudado bastante e havia virado um juiz famoso.  Embora gozasse do respeito e estima de todos os habitante da cidade, não se esqueceu da promessa que fizera quando criança. Estudando sempre o Evangelho  defendeu os humildes, auxiliou os pobres e libertou os prisioneiros condenados injustamente. De juiz tornou-se legislador, e fez muitas leis benéficas e edificantes. casou-se também, e possuía uma família muito feliz. Viveu sempre honrado, rico, feliz e correto.
O irmão porém, era paralítico. Não podia trabalhar para acumular algum dinheiro, Não possuía cultura também apara melhorar de vida, Como compara-se ao irmão, se não tinha recursos, não possuía sabedoria, não possuía forças, tinha até as pernas mirradas1 Oleito sempre fora a sua residência. Buscou, entretanto no estudo do Evangelho um meio para que pudesse, de alguma forma, ser util aos seus semelhantes.Lembrou-se do serviço da oração. Desde pequenin gostava de orar. Começou seu trabalho pela humilde mulher que lhe fazia a limpeza doméstica. Viu-a triste e chorosa e procurou discretamente conhecer a razão de sua mágoa. Confortou-a com ternura de irmão. Convidou-a a orar e suplicou para ela as bênçãos divinas. A senhora sentiu-se melhor e, em breve trazia outros sofredores que pediam o auxílio da prece. O aposento singelo encheu-se de necessitados. O paralítico orava em companhia de todos, oferecia-lhes o sorriso de confiança na bondade celeste. Comentava os benefícios da dor, expunha suas esperanças no Reino de Deus, dando de si mesmo, gastando emoções e energias no santo serviço do bem. Escrevia diversas cartas, consolando viúvas e órfãos, doentes e infortunados, aconselhando-os a ter esperança e coragem. Comia pouco e repousava menos. Tanto sofreu com as dores alheias, que chegou a esquecer-se de si mesmo, e tanto trabalhou à noite que perdeu o dom da vista. Cego, contudo, não ficou sozinho. Continuou rodeado de sofredores aos quais ajudava, cada vez mais, através da prece e dos conselhos.
Desencarnaram ambos os irmãos em idade bastante avançadas, com pequena diferença de tempo.
Quando se reuniram no plano espiritual, apareceu um Mensageiro que vinha pesar as ações de cada um, do tempoem que viveram na Terra.
O primeiro, o juiz trazia uma grande bolsa recheada de dinheiro e muitas sentenças que havia distribuído em benefício dos outros. Muito auxiliara seus semelhantes quando em serviço no mundo.
O outro, paralítico, trazia apenas um livro pequeno, onde costumava escrever suas preces e rogativas.
Ao examinar a pasta que trazia o primeiro, O Mensageiro de Deus o abençoou pelo conforto e pela justiça que havia espalhado na Terra. Seria feliz no mundo dos espíritos, porque fizera o Bem e a lei assim o indicava.
Quando o Mensageiro abriu o livro do ex-paralítico, uma luz intensa saiu de suas páginas, tudo envolvendo numa coroa resplandecente. A justiça foi incapaz de indicar-lhe a grandeza.
Então o Mensageiro lhe disse:
_ Teu irmão é bendito na Casa do Pai, pelos recursos que distribuiu em favor do próximo; entretanto o dinheiro e a fama multiplicaram-se com facilidade na Terra. Ele distribuiu o dom da vida- Tu, porém, serás mais feliz  ainda, porque deste de ti mesmo, no amor santificante. Gastastes as mãos, os olhos, o coração e as forças, os sentimentos e o tempo em beneficio dos semelhantes. Por isto a lei determina que tua morada seja mais alta. Não distribuístes os dons da vida: irradiastes os dons de Deus.

Quando plantares a alegria de viver nos corações que te cercam, em breve as flores e os frutos de tua sementeira teenriquecerão o caminho.


PALAVRA DE AGANARA: OS ENSINAMENTOS DIVINOS.

Salve Deus, meus irmãos e irmãs, que a Força Luz do Amado Mestre esteja sobre todos nós!
Amados, sem querer criticar, julgar ou desmerecer, dia desses ao ligar a televisão pela manhã, me deparei com um pastor oferecendo obras literárias relacionados à crença que ele professa e comanda, até aí tudo bem, nós também temos nosso acervo Doutrinário que podemos adquirir para nosso conhecimento e formação de nosso acervo pessoal. Porém, o que me chamou a atenção foi uma obra que se propõe a "traduzir" os ensinamentos de Deus para os seres humanos e aí o subtítulo do livro" a palavra de Deus ao alcance de todos". Isto me intrigou muito pois tenho um visão muito pessoal e particular da forma pela qual o Criador fala às suas criaturas, além, evidente daquela forma que conhecemos como Voz Direta, que Deus Pai Todo Poderosos nos orienta através de Espíritos de Luz encarnados ou desencarnados; também creio, que Ele nos fala constantemente, nos orientando e nos alertando nos nossos caminhos materiais. Pai amoroso que é jamais nos abandona sem uma palavra e em cada decisão que tomamos, das mais fúteis e simples até as mais complexas, Deus sempre nos fala sobre como agir. O que acontece é que muitas vezes não ouvimos ou não queremos ouvir esta Voz Divina que ecoa dentro de nós preferindo ouvir nossa própria voz. Por vezes, também, esta Voz vem quando menos esperamos numa frase solta que alguém fala, num filme que assistimos, uma música que ouvimos...
Muitos que ouvem Esta Voz e A obedecem resolvem, muitas vezes problemas ou evitam situações perigosas e desagradáveis, esta Voz, que conhecemos por INTUIÇÃO, que vem diretamente do Poder e Permissão Divinas deve ser a nossa condutora de nossa vida. Já ouvimos relatos de pessoas que tem a intuição de não entrar no transporte e este se acidenta, tem a intuição de ir ao médico e se descobre uma doença grave em fase inicial, que se não diagnosticada a tempo lhe levaria ao desencarne; evita passar por algum lugar e depois vem a saber que ali houve um atentado que ceifou vidas.
Também os textos bíblicos do Antigo Testamento que consideramos a Voz de Deus ao Homem, por ser cheio de alegorias e figuras, supertições e crenças de tempos antigos cada um entende dentro de sua evolução espiritual. Quando eu tento ouvir esta Voz Divina pelo entendimento, pela explicações de outra pessoa não estou usando a minha ligação com este Ser Supremo e Superior, e, sim, me colocando aberto às vivências, concepções e entendimentos desta outra pessoa, que geralmente não são os meus e não estou buscando as orientações que Ele tem para mim, especificamente. Deus não precisa que ninguém interprete Sua Palavras para ninguém, porque Ele fala, em todos os tempos e civilizações a Voz do Amor e esta todo ser humano, encarnado ou desencarnado é capaz de entender.
Amados, sabemos que temos um Criador amoroso que nos criou à Sua imagem e semelhança, nos fazendo por isto, também deuses,   que está sempre nos velando e orientando diretamente ou através de nossos Mentores, que muitos dizem " anjos da guarda" ( que seja!). Nós Jaguares, ainda temos um Mestre Amoroso, o Divino e Amado Jesus Cristo, um Pai Espiritual que nos acolhe e nos garante o direito de trabalhar na Lei do Auxílio, nosso Pai Seta Branca e, se não bastasse, temos nossa Mãe Clarividente que trilhou um sofrido mas, certeiro caminho para a evolução espiritual; resta a nós aprendermos a ouvir tudo o que nos é dito! Mãe Neiva nos alerta em uma de suas aulas que não devemos dar nem um passo quando sentirmos algo ou precisarmos de algo sem pedirmos a orientação de nossos Mentores. Nós, cada um de nós, temos conhecimento e capacidade suficiente para ouvirmos e entendermos as palavras destes Amigos espirituais e não só destes Abnegados, mas, também do nosso Pai Celestial, sem intérpretes ou tradutores. Nós sabemos disto, peçamos a Deus que Todos os seus filhos, criaturas feitas à sua imagem e semelhança possam, um dia, ouvir e entender a Sua Voz, sem intérpretes ou mediadores, gratuitamente sem terem de pagar por isto!
Querido irmão, querida irmã, ouça a Voz de Deus dentro de você, siga-a, movimente-se por Ela, cresça, realize... seja feliz!
Salve Deus!

Homicídio- inimigo- adultério: Sermão da Montanha na visão da Doutrina do Amanhecer.

Esta é mais uma postagem da série " Sermão da Montanha na visão do Vale do Amanhecer", transcrita do Acervo Tumarã. Amados, é muito importante para o nosso Acervo Espiritual a leitura de Textos relacionados ao Mestre Jesus, com explicações à luz da nossa Doutrina; explicações estas que não buscam alterar nosso conhecimento e convicção sobre as passagens crísticas, mas, apenas nos trazer elementos formadores de nosso acervo espiritual, fortalecendo através de uma séria reflexão, nos levando a mudar de atitude, se necessário, ou fortalecer nossa fé e nos incentivar no caminho evolutivo. Boa leitura! Boa reflexão!

"OUVISTES O QUE FOI DITO AOS ANTIGOS: NÃO MATARÁS! QUEM MATAR SERÁ RÉU NO JUÍZO. EU, PORÉM VOS DIGO QUE TODO AQUELE QUE SE IRAR CONTRA SEU IRMÃO SERÁ RÉU NO JUÍZO. E O QUE DISSER AO SEU IRMÃO: RACA, SERÁ RÉU NO CONSELHO. E O QUE DISSER LOUCO, SERA RÉU NO FOGO DO INFERNO! PORTANTO, AO APRESENTARES A TUA OFERTA ANTE O ALTAR, TE LEMBRARES AÍ DE QUE TEU IRMÃO TEM ALGO CONTRA TI, DEIXA AÍ TUA OFERENDA ANTE O ALTAR E VAI, PRIMEIRO, RECONCILIAR-TE COM O TEU IRMÃO. E DEPOIS VIRÁS FAZER A TUA OBLAÇÃO.
   Raca é um termo injurioso,que significa vazio de qualidades, pecador. Aos antigos a lei abrangia somente aquele que matasse; Jesus acrescentou que os que entram em conflitos com o seu irmãos e os caluniam e os desprezam. Como alguém com o seu coração cheio de ódio, emitindo forças negativas, pode fazer uma oferenda a Deus. Não é possível, como também não se pode realizar um trabalho com baixo padrão vibratório. Tudo o que fazemos com amor é uma oferenda a Deus. Mas só teremos condições de impregnar co amor nosso ectoplasma se estivermos em paz conosco mesmo e com aqueles que se dizem nossos inimigos. Mesmo que estes não queiram se reconciliar conosco, temos o poder do perdão e de cessar nossas más vibrações. Lembramos do que nos dizia Koatay 108, sobre nossa jornada, nos advertindo para que não seguíssemos deixando alguém chorando ou emitindo uma melodia diferente da nossa- a misericórdia e a harmonia. Com isto temos que manter nossos Mentores junto a nós, nossa ligação com a Voz Direta e nossa condição de poder fazer nossa oferenda a Deus.

ENTRA LOGO EM ACORDO COM O TEU INIMIGO, ENQUANTO ESTÁS COM ELE A CAMINHO, PARA NÃO SUCEDA TE ENTREGUE O ADVERSÁRIO AO JUIZ E O JUIZ AO SEU MINISTRO E SEJAS LANÇADO AO CÁRCERE. EM VERDADE TE DIGO QUE NÃO SAIRÁS DE LÁ ATÉ PAGARES O ÚLTIMO CENTIL.

Este conselho é vital para a perfeito cumprimento de nossa jornada, pois nos previne sobre a necessidade de nos reajustarmos com aqueles que estão junto a nós antes que sejamos separados pelo desencarne. Enquanto estamos nesta existência terrena, temos as condições privilegiadas do espirito encarnado, que tem a assistência de seus Mentores, tem as oportunidades de se aprimorar pelo tabalho na Lei do Auxílio e, por consequência pode influir profundamente nas situações de seus próprios obsessores e cobradores, aliviando suas cargas pela ação de seu mediunismo. Após o desencarne o espírito fica entregue sofrendo, sem poder ter atenuadas as influências daqueles espíritos, o que pode gerar situações tristes e d sofrimento. Conscientes de que devemos saldar nossas dívidas, integralmente, com cada um deles, é importante que o façamos enquanto eles estão perto de nós, também encarnados, nos cobrando e nos provocando, mas sensíveis à Doutrina e à ação de nossa conduta doutrinária, ao alcance de nosso ectoplasma.

OUVISTE O QUE FOI DITO AOS ANTIGOS: NÃO ADULTERARÁS! EU, PORÉM, VOS DIGO: TODO O QUE OLHAR PARA UMA MULHER, COBIÇANDO-A, JÁ ADUTEROU COM ELA EM SEU CORAÇÃO. E SE TEU OLHO DIREITO TE SERVE DE ESCÂNDALO, ARRANCA-O E LANÇA-O FORA DE TI, PORQUE TE É MELHOR PERDER UM DOS TEUS MEMBROS DO QUE SER LANÇADO TODO O TEU CORPO NO INFERNO. E SE TUA MÃO DIREITA TE SERVE DE ESCÂNDALO, COTA-A E LANÇA-A FORA DE TI, PORQUE TE É MELHOR QUE SE PERCA UM DOS TEUS MEMBROS DO QUE IR TODO O TEU CORPO PARA O INFERNO.

Na vida moderna, em que, decorridos quase dois mil anos procura-se nova versão do que nos foi deixado pelos Evangelistas, a moral está sendo enfocada sobre novos valores e parece que a Humanidade relega o toque divino a detalhes sem importância para as grandes realizações. A união do Homem e da Mulher, em sua maior parte, desconhece as premissas  do amor e do romantismo, e os casamentos se fazem por mil outros motivos. Não são duráveis, porque sem amor, é difícil a convivência, o respeito e a confiança. Se existe atração física, interesses financeiros e outros motivos que não o amor, seria melhor não se deixar envolver pelos compromissos de um casamento. E Jesus chama a atenção para este fato., pois aquele que não se sente bem com uma união está a caminho do adultério e, por diversas passagens, o Divino mestre nos ensina que o que mais vale é a intenção e não a ação. Não podemos ceder âs tentações. Elas existem, mas temos que nos proteger por nossa conduta doutrinária e pela evolução de nosso conhecimento,sabendo que tudo o que temos e o que precisamos está dentro de nós mesmos, dependendo de nossa força e de nosso amor incondicional. Não devemos nos envolver em escândalos, porque estaremos caindo em nossa evolução, e temos de ter a maior atenção co todos os que nos cercam para evitarmos cair nas tentações da vaidade, da luxúria e da ambição. Jesus acentua essa preocupação que devemos ter quando diz que é melhor perder um olho ou uma mão a perder todo o corpo.

SALVE DEUS!