terça-feira, 14 de junho de 2011

Quem foi na verdade Tia Neiva- a verdadeira História!

Meus queridos, meus amados irmãos em Jesus. Quero crer que esta postagem não lhe trará nada de novo nem nenhuma novidade, pois n verdade, ela se destina a todos os que não são da doutrina do Amanhecer e, especialmente, nossos irmãos evangélicos, que tanto prezam este e outros blogs que são destinados aos jaguares e que tão gentilmente nos deixam, em seus comentários, páginas inteiras da Bíblia exaltando a Grandeza de Deus pai Todo Poderosos e a Divindade do Divino e Amado Mestre Jesus, coisas que tão bem conhecemos e que estes caridosos irmãos se esforçam para que não esqueçamos.

Porém, muitos não conhecem nossa Mãe Clarividente e, hoje, peço que as Forças benditas dos Grandes Iniciados me orientem para escrever a verdadeira história desta mulher que o mundo inteiro merece conhecer, Salve Deus!
PRIMEIRAMENTE, esqueça tudo que você, meu leitor tenha ouvido falar. Esqueça de sua mediunidade, esqueça que esta mulher formou neste plano uma das maiores Doutrinas da atualidade, esqueça que ela incorporava espíritos, limpe toda a tua alma e todo o coração para que, ao final você tenha condições de responder com sinceridade uma pergunte que lhe farei.





Neiva Chaves Zelaya nasceu em Propriá e casando-se cedo também enviuvou muito cedo ficando com quatro filhos pequenos e uma filha de criação. Para sobreviver, fez muitas atividades profissionais , sendo  mais conhecida a de motorista profissional de caminhão, em Brasília, quando da construção da capital, constando que foi a primeira mulher motorista de caminhão do Brasil. Mulher de grande beleza, facilmente conseguiria outro marido, se quisesse; mas, sua moral ilibada a direcionava apenas à criação de seus filhos, mesmo porque era muito religiosa, assim como toda a sua família católica apostólica romana, tendo inclusive entre seus familiares alguns padres e irmãs de caridade.
Foi residir na Serra do outro, com um grupo de pessoas e lá dava abrigo, alimentos e carinho a todos... Dexando o conforto que estava costumada, vendeu até seu caminhão, fez uma fábrica de farinha e alguma plantação para o sustento daquele povo faminto de comida e de conhecimento das leis Divinas.
Quando mudou-se para perto de Planaltina-DF, criou uma comunidade, que levantou do chão e conseguiu ali criar uma escola, um hospital que acolhia doentes de toda a espécie e um orfanato onde, de pouco em pouco, as crianças órfãs de pais vivos eram abandonadas à porta desta mulher, que os acolhia a todos, dando alimento, instrução e amor. E ela, que tinha quatro filhos de seu sangue, além de uma filha de criação, abriu seu coração a outras duzentas e tantas crianças, que criava sem praticamente nenhuma ajuda.
No povoadozinho que criou, deu um jeito de que todos tivesse seu lar, luz e àgua que, com grande dificuldade ali fez chegar.
Aproveitando todo aquele povo, não perdeu tempo... conduziu-os a Deus, não uma condução vaga e fictícia mas, de forma concreta evangelizou aquela gente, que TODOS os dias se reuniam em torno do evangelho prático para não só falar, ler e comentar, mas, para praticar efetivamente a lei de Cristo de "amai-vos uns aos outros".
Sempre transmitindo o Boa Nova de Cristo, esta mulher sempre pregou que entre os filhos de Deus deve haver a humildade, a tolerância e o amor( incondicional). Tirou centenas de pessoas do vício ensinando os perigos do tóxicos para a pessoa que quer seguir a Jesus pois interfere no seu espiritual, transmitiu conhecimentos filosóficos, éticos, morais...
 Adoeceu e teve a doença agravada pela missão de falar de Deus a todos os que lá chegassem, independente de dia e hora, sempre os acalentando com os ensinamentos do Grande Mestre, incentivando-os a aceitar sua provações sem revolta, buscando sempre em Jesus o que necessário fosse para acalmar suas dores. Jamais pregou qualquer palavra contrária ao Evangelho e à Doutrina de Jesus.
Hoje, anos após ter ido para Deus, ainda alivia as dores de muitos que desesperados e perdidos na escuridão de uma vida sem Jesus acorrem para os Templos que construiu em busca de paz e de conforto para suas dores, sendo que a estes é proibido fazer qualquer julgamento e pedir qualquer pagaento. Esta mulher sempre ensinou que não existe demônio ou satanás, pois estas criaturas são seres sofredores que precisam de nosso perdão e esclarecimento para que possam voltar para Deus. Ensinou que somos nós os responsáveis por nosso sofrimento quando desrespeitamos as leis Divinas, que devemos cumprir nossa existência sempre mantendo a sintonia da caridade aos menos esclarecidos, que tudo é bom e por isto podemos nos libertar do mal, ensinou que Jesus é o Divio e Amado Mestre e Deus, um Pai de amor que muito nos ama e espera nosso crescimento e evolução, jamais nos desamparando.
Esta mulher, meiga, bonita, especial e inteligente, que era feliz e que tinha uma vida feliz e sem maiores preocupações passou frio e necessidades mas não abandonou sua missão, sempre aquecendo e alimentando os que batiam à sua porta. Esta mulher, podia ter sido o que quisesse nesta vida, mas ela escolheu ser apenas a Tia Neiva, a Mãe Neiva, a nossa Koatay 108.
Agora, responda, meu irmão, esta mulher não é verdadeiramente uma serva de Jesus...Ah, irmão querido, você ainda precisa saber que tudo ela fez e nos ensinou a fazer, além, é claro de seguirmos firmemente o Mestre Jesus é não recebermos doação de nenhuma espécie pelo serviço espiritual prestado, nem um muito obrigado, nem uma moeda.. nos ensinou a "dar de graça o que de graça recebemos" bem como respeitar TODAS as religiões e doutrinas porque todas levam o Homem à evolução!
O CERTO É QUE neiva criou comunidades em que os moradores eram levados ao conhecimento religioso e amor a Deus, acolheu crianças órfãs e abandonadas, tratou de pessoas doentes e indigentes, entre estas doentes mentais e indigentes, alimentou famintos, mostrou o caminho do bem e da vida digna a tantos, ensinou a todos o perdão, a humildade, a certeza do amanhã...
Esta é a verdadeira história de Neiva Chaves Zelaya se mais alguma coisa quiser que  seja acrescentada,  pergunte a um missionário do Vale do Amanhecer e você vai ter o final da historia mais linda e verdadeira que já ouviu...
SALVE DEUS!

6 comentários:

  1. AD; Mapoá mestre Francisco welliton de Parauapebas-PA, os meus parabéns pelo texto minha Irma em CRISTO JESUS SALVE DEUS.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns gostei muito do texto!
    Salve Deus

    ResponderExcluir
  3. conheci,Tia NEIVA,TINHA UNS 07 ANOS,SEI DE SUA CAPACIDADE ESPIRITUAL,SUA CAPACIDADE DE AMAR O PROXIMO.

    ResponderExcluir
  4. quais eram os nomes dos filhos desta digna mulher. por favor

    ResponderExcluir
  5. Nossa. Que linda história de vida. Exemplo a ser seguido

    ResponderExcluir
  6. Conheço o Vale do Amanhecer aqui em Montes Claros. Faço desenvolvimento mediúnico lá há pouco tempo. O trabalho espiritual de lá é muito bom. Não conhecia nada da vida dessa abnegada irmã. Aos poucos a gente vai se inteirando das coisas e aprendendo a amar e a dedicar mais a nossa missão. Salve Deus e Gratidão.

    ResponderExcluir