quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Piadas sobre o Vale do Amanhecer

Aconteceu no Templo Tanor (piadas das manhãs de domingo)

A cigana

Num domingo apareceu no templo um carro que não conhecíamos, nem eu, nem a aponara. Aproximamos para dar boas vindas e desceu do carro uma mulher muito bonita e um homem que a companhava. Ela se aproximou sorrindo. Me abraçou.
_ Muito prazer_ disse-me ela- Sou uma cigana de verdade.
_ Muito prazer_ respondi_ Eu sou uma cigana de mentira.
_ Sou da tribo Romanusch- Ela prosseguiu.
_ E eu, _ falei, não dando o braço a torcer_ sou da tribo Kastmosky.
Depois, explicamos para ela que no vale do Amanhecer tem as Falanges Doutrinárias e eu integro a Falange das Ciganas Aganaras.
Incorporação
No templo Tanor tinha um médium muito rebelde, um doutrinador, que não se preocupava em participar de trabalhos; estava sempre sem sintonia, conforme dizia.
Um dia ele chegou e disse que sabia o motivo pelo qual ele não gostava de participar dos trabalhos, nem de assistir palestra. Ele decobrira que não era um doutrinador e, sim, um apará.
Enquanto ele dizia isto, tinha uma doutrinadora que escutava com muita atenção e disse:
_ Se você for apará vai incorporar espírito de porco. No trono quando perguntar para você quem se faz presente no aparelho, sabe o que vai responder?
_ Não- O que eu vou responder?
_ OINC...OINC...OINC...- respondeu ela imitando um porco.
O povo riu até cansar.
Depois deste dia o doutrinador tomou jeito.
Conversa com Seta Branca
Uma mulher apareceu no templo tanor para se desenvolver; muito agitada, queria conversar sobre tudo, interferir em tudo e tentar explicações para tudo.
Um dia, uma paciente reclamou que estava com uma dor de cabeça muito forte e a medium desenvolvente, que fizera a 2ª aula naquele dia, falou.
_ Fala com o pai Seta Branca, um dia eu estava com uma dor de cabeça, falei pro tal de Seta Branca e ele me falou o que tinha que fazer.
Eu estava perto e fiquei curiosa, perguntei:
_ Pai Seta Branca falou com você?
_ Falou-respondeu ela.
_ Mas, falou como?_ perguntei ,ainda mais curiosa.
_ Ora, como - Ela respondeu_Falando com a boca, como é que a gente fala?
_ E você escutou o que ele falou, escutou a voz dele? Como é a voz dele?_ Insisti.
Ela começou a ficar nervosa e já estava a ponto de avançar no meu pescoço; mas, eu ainda perguntei:
_ Você quer dizer que ele te falou no pensamento, não é?
Ela me olhou com bastante séria e disse:
_ Nossa, minha filha, você é burra, hein? Ele abriu a boca e falou com voz de homem. ele não é homem?
_ È..Falei_ Mas, é que até hoje ele nunca falou com ninguém... só com você...
Nisto, ela olha para o lado e grita apontando o dedo:
_ Olha lá, fala com ele_ falava ela com a paciente que estava com dor de cabeça_ Aproveita que ele saiu do templo, corre lá, fala com ele!
Olhamos todos espantados, esperando ver Seta Branca andando pela àrea do templo e vimos o Ajunto que, tranquilamente, ia ao banheiro!
De vez em quanto nossa irmã nos premia com alguma pérola deste tipo, mas, todos gostam dela por sua simplicidade.

Um comentário:

Gp Leonel disse...

Salve Deus, linda princesa!!!
Eu me recordo de 2 desses dias!!!

Graças a Deus, as coisas vão melhorando!

Trouxe os defumadores?

1000Beijos!